I want to sign up
If you are not yet registered, click here to continue.
languages
log in
subscribe
Catalog
Notice
Terms of Use
Payments and Withdrawals
Gallery Galeria Paiva Frade
Next auction: 04/05/2021, 00:00h
Exhibition
at Galeria Paiva Frade
Av. Getulio Vargas, 350, Centro - São Lourenço - MG
Gallery contacts
Phone: 55 (35) 3332-4150 / 55 (35) 3331-6966
Email: paivafrade@paivafrade.com.br
The Gallery
Avaible Pieces
Pagination
1
2
3
Sort
9
"BRASIL HOLANDÊS"- Barlaei, Casparis. Rerum per octennium in Brasilia et alibi gestarum: sub praefectura illustrissimi comitis I. Marutii Nassaviae. 724 pp.; 9,5 x 15,8 cm, 1660. Clivis: Ex officina Tobiae Silberling.

Primeira edição em latim, do mais belo e luxuoso livro da época do Brasil Holandês. Patrocinado por Maurício de Nassau para celebrar sua estadia quando administrador da ocupação das capitanias do norte do Brasil - Pernambuco, Itamaracá, Paraíba e Rio Grande - pela Companhia das Índias Ocidentais neerlandesa. Contém 3 mapas, 5 vistas desdobráveis. Acrescentada com quatro textos do médico Moritz. Encadernação de época, em pergaminho. BORBA DE MORAES: Barleus, Gaspar. Res Brasiliae imperante illustrissimo D.I.Mauritio Nassoviae etc. Principe, per C. Barleum. Accedi G. Pisonis Tractatus de Aere Aquis et Locis cum S.C.M.Privilegio Clivis, Apud Tobiam Silberling, 1660. 15 x 9; retrato de Nassau com as armas de Nassau na p. seguinte (ao lado) , seguido de deic., 4 fls. s.n., 664 pp., 11 fls. c/ índice, 8 gravs e mapas desdobr., (Não tem a gravura do eclipse que Borba observa faltar em vários exemplares.)

Bid
R$ 38.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 38.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
10
"BRASIL HOLANDÊS"- NIEUHOF, JOHAN GEDENKWEERDIGE - BRASILIAENSE ZEE - en LANTREIZE
PRIMEIRA EDIÇÃO DESTA OBRA CLÁSSICA SOBRE O BRASIL HOLANDÊS- Apresenta muitas imagens junto ao texto e algumas gravuras desdobráveis que reúnem as principais espécies de árvores e frutas do Brasil. Incontestavelmente, uma das fontes mais importantes que existe para o estudo do Brasil Holandês. O autor viveu no Nordeste de 1640 a 1649 e teve, portanto, tempo suficiente para estudar o país, aprender o português e anotar com cuidado todos os acontecimentos ocorridos nesse período de nossa história. Barleus foi o cronista dos feitos nassovianos e Nieuhof o historiador de tudo quanto aconteceu posteriormente a Nassau. (Rubens Borba de Moraes, 1942: XIII). COMPLETO, EXCELENTE ESTADO DE CONSERVAÇÃO. Medidas: 32 x 20 cm.

NIEUHOF, JOHAN GEDENKWEERDIGE BRASILIAENSE ZEE-en LANT-REIZE. Behelzende Al het geen op dezelve is voorgevallen. Beneffens Een bondige befchrivjving van gantfch. NEERLANTS BRASIL Zoo van landschappen, steden, dieren, gewaffen, als drachten, zeden en godsdienft der inwoonders: En inzonderheit. Een wijtloopig verhael der merkwaardigste voorvallen en geschiedenissen, die zich, gedurende zijn negenjarige verblijf in Brazil, in donzen, zich sedert het jaer 1640 tot 1649 hebben toegedragen. Door gaens versiert met verfcheide afbeeldingen na het leven aldaer getekend AMSTERDAM. Voor de Weduwe van Jacob van Meurs, op de Keizers -gracht, 1682. 573 pp. p. 40 e 47 dupl.. (32 x 20 cm).
Bid
R$ 50.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 50.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
11
"BRASIL HOLANDÊS"- HISTORIA NATURALIS BRASILIAE - DE INDIAE UTRIUSQUERE NATURALI ET MEDICA- 1658- Guilherme PISO, WILLEM e George MARCGRAF.
Guilielmi Pisonis medici Amstel aedamensis de Indiae Utriusquere naturali et medica Libri quatuordecim, Quorum contenta pagina sequensexhibet. Amstelaedami, Apud Ludovicum et Daniel em Ezevirios, Aº. CI ) I ) C LVIII [1658]. 36 x 22; 11 fls. s.n., c/prefácio, dedic., etc., seguido de : ‖Historiaenaturalis et medicae Indiae Occidentalis...‖ por Piso, 327 pp., e 5 fls. s.n. c/ìndice, seguido pelo ―Tractatus topographicus et metereologicus Brasiliae . . .‖ por Marcgraf, 39 pp. -Encadernação em couro moderna

Segue-se a ―Historiae naturalis et medicae Indiae Orientalis. . .‖ por Jacobus Bontius, 160 pp, seguido por ―Mantissa aromatica . . .‖ por Piso, 161 pp. até 226, e 2 fls. s.n. c/índice. Numerosas ilustrações no texto. Frontispício gravado.

William Pies, cujo nome ficou conhecido na história sob a forma latina Pisonius e Piso, nasceu em Leyde, em 1611. Estudou medicina na sua cidade natal e em Caen, e praticou em Amsterdam até a sua partida para o Brasil, a fim de substituir o médico de Nassau, que falecera quando de sua chegada. Piso regressará à Holanda com Nassau. Ao que tudo indica, ele não apenas foi o médico do governador do Brasil Holandês, mas também chefe da missão científica enviada para aqui pela Companhia das Indias Ocidentais, a pedido do príncipe. Durante sua permanência no Brasil, Piso realizou estudos comparáveis aos de Marcgraf, alguns dos quais haviam sido publicados dez anos antes, na Historia naturalisBrasiliae, no capìtulo intitulado ―Medicina Brasiliensi.‖

Piso não aprovou a maneira pela qual Laet havia editado essa obra, que continha erros e fora publicada, como ele explica no prefácio, durante sua permanência no Brasil. Por conseguinte, decidira reorganizá-la inteiramente e publicá-la de novo sob o tìtulo ―De Indiae utriusquere naturali et medica‖. Esta edição reúne quatro obras diferentes: a primeira parte (em cinco livros) contém o ―MedecinaBrasiliensi‖, Reliure d'art Nicole Chalifouxe Piso, e a ―Historiae rerumnaturalium Brasiliae‖, de Marcgraf, ambas completamente revisadas.

O primeiro livro da primeira parte trata da ―aeribus, locis et aquis‖; o segundo da natureza e das curas para as doenças mais comuns no Brasil; o terceiro dos animais; o quarto das árvores e ervas medicinais e comestíveis; e o quinto dos venenos e antídotos.

A segunda parte contém um tratado de Marcgraf: ―Tractatus topographicus et metereologicusBrasiliae, cum ObservationeEclipsis Solaris‖.

A terceira parte é inteiramente de autoria de JacobusBontius e contém a ―Historiaenaturalis et medicaeIndiaeOrientalis.‖ Piso editou o trabalho cientìfico que Bontius, morto nas Índias Orientais, não pudera publicar, provendo-o de notas e comentários.

A quarta parte, que completa o volume, contém um tratado de Pìso sobre a ―Mantissimaaromatica.‖

Piso foi acusado de plagiar Marcgraf e de ter omitido o nome desse último na descrição de inúmeras novas espécies. O próprio irmão de Marcgraf o acusou veementemente. Contudo, na p. 107 desta obra, Piso escreve que emprestou muitos desenhos e notas ao ―optimo et diligentissimomeo domestico Dr. Marcgravius, in nostrisperegrinationibusobservatusmutatusmutatus sum.‖ Mais adiante, declara que o fato de serem atribuúidas a ele ou Marcgraf o mérito das novas descobertas lhe era indiferente. O que importava era serem úteis aos médicos e pacientes do Novo e do Velho Mundo.
Na verdade, muitos cientistas preferem o modo como o material encontra-se disposto na HistoriaNaturalisBrasiliae, do que tal como na obra de Piso.
As pranchas são majoritariamente as mesmas da outra edição, assim como o são até mesmo os frontispícios gravados. Embora não levem o nome, seja do artista, seja do gravador, são provavelmente de Matham. Os desenhos originais encontram-se na Biblioteca Albertina, em Viena.

A Historia Naturalis Brasiliae e a De India e Utriusquere naturali et medica, são obras intimamente relacionadas, e os nomes de Piso e Marcgraf estão tão entrelaçados que é impossível dissociá-los. Encadernação moderna pleno couro.

De India Utriusque Re Naturali et Medica é o título do livro de Guilherme Piso, médico holandês que viveu no Brasil Holandês durante o período nassoviano, publicado em 1658, como uma segunda edição da obra Historia Naturalis Brasiliae.
Bid
R$ 50.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 50.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
14
Bilhete da Casa de Administração Geral dos Diamantes. Criada em 1771, a Casa de Administração Geral dos Diamantes emitia vales, quando se via sem moedas para pagar mantimentos, empregados, aluguel de escravos. Aceito por todos como dinheiro, esses vales eram pagos quando a Casa recebia moedas de Lisboa. Datado de 7 de agosto de 1777. É o 1o. Papel moeda do Brasil. Reproduzido na Coleção História Econômica do Brasil em 5 volumes. Ouro , diamantes, Minas Gerais
Bid
R$ 2.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
15
RARO E MAIS IMPORTANTE LIVRO PORTUGUÊS DE CAVALARIA.
ANDRADE, Manuel Carlos de
"LUZ DA LIBERAL, E OBRE ARTE DA CAVALLARIA, OFFERECIDA AO SENHOR D. JOAO, PRINCEPE DO BRAZIL" por Manoel Carlos de Andrade, Lisboa, por Ordem de Sua Magestade na Regia Officina Typographica - 1790. XXVI, 454, 2 p. : il., 1 retr., 93 gravuras.
Dimensões: 25 x 36 x 7 cm.
Encadernação antiga em couro, gravado com douração, livro cotação internacional e muito procurado , somente um exemplar a venda no mundo. PRIMEIRA EDIÇÃO, RARÍSSIMA de um dos mais importantes títulos da bibliografia equestre portuguesa.

Manuel Carlos de Andrada (c. 1755-1817) foi discípulo do mestre Rodrigo Quaresma e picador da Picaria Real. Autor da obra Manejjo Real, oferecido a D. José I, inspirou este seu trabalho no Tratado de Equitação de François Robichon de la Guerniére. Segundo Inocêncio, a obra conheceu 1000 exemplares, dos quais apenas 200 foram postos à venda, e foi composta com os melhores gravadores e impressores da época. Além do merecimento do próprio texto, tido como referência durante muito tempo, as gravuras são de belíssima qualidade e figuram, entre os seus executores, nomes como Fróis Machado, Manuel Alegre, Fernandez Piedra, Martini, Gregório de Queiroz e Carneiro da Silva. Alguns bibliógrafos atribuem a autoria da obra ao Marquês de Marialva, D. Pedro de Alcântara de Menezes Coutinho, conhecendo esta obra como A Arte de Marialva. Inoc., V, p. 386 | Salema Garção, 2.ª parte, 153 | Hist. Gravura Art., I, p. 304.; BNP - PURL 29638
Bid
R$ 40.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 40.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
28
CORONELLI - VENICE, 1696
Title : A set of 3 Coronelli Globe gores,showing Brazil, Argentina, Chile and Peru..Map maker :
Size : 18.5 x 11.4 inches. / 47.0 x 29.0 cm.
Colouring :
Description: These globe segments were published in 1696 as part of the atlas entitled "Libri dei Globi".
This atlas contained the sheets from which his two globes (one of the Earth and one of the Heavens) could be formed. The book was published in a small number, and is excessively rare: no more than 6 surviving copies are known.

The separate sections appear on the market every now and then, but are still very rare. To see an interlinking set like this on the market, is quite special. Coronelli's maps are among the best representations of the geographical knowledge of his time. He only used information that was confirmed by different sources (for example, the globe shows no Antarctic continent, because Coronelli did not believe any information about it reliable enough to use it on his map).

The segments offered here show all of South America below the Amazon river: Brazil, Paraguay, Uruguay, Argentina, Chile and Peru.
Beautifully composed with eye for detail and many nice small figures of Cannibals, Mythical animals, etcetera.
The cartouche on the eastern section shows Pope Alexander VI dividing the New World between Spain and Portugal.
Bid
R$ 9.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 9.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
36
AMAZÔNIA - RARO E IMPORTANTE LIVRO DE VIAGENS
Autor: La Condamine, Charles Marie de
Título: Relation abregée Dun voyage Fait Dans l'Interieur De l'Amerique Meridionale depuis la Côte de la Mer du Sud, jusquaux Côtes du Brésil & de la Guyane, en descendant La Rivière Des Amazones Lue a l'Assemblée publique de l'Academie des Sciences le 28 Avril 1745 Par M. de La Condamine, de la même Académie Avec une Carte du Maragnon ou de la Rivière des Amazones Levée par la même. A Paris, chez la veuve Pissot, M.DCC.XLV. 1745. 20 x 12; 1 folha em branco, 1 fl. com certificado da Academia, prefácio xvi, mapa, 216 pp., 3 pp. s.n. c/privilegio, - Lettre a Madame... sur l'Emeute Populaire excitée en la ville de Cuenca au Perou, le 29 Août 1739 Contre les Academiciens M.DCC.XLVI 1746, 1 prancha da émeute, 48 pp., - Pièces justificatives pour servir de preuve à la plupart des faits alleguées... M.D.C.C.X.L.V 1745 da p. 51 à 108. 1º Edição. Bibliographia Brasiliana, Rubens Borba de Moraes, Tomo I pags. 512 e 513. Esta expedição tornou-se famosa não apenas por suas descobertas científicas, mas igualmente por uma série de circunstâncias trágicas e pitorescas que a acompanharam, algumas atribuíveis ao acaso e outras à natureza conflictiva dos temperamentos de seus membros. Encadernação em couro. Med.: 19,5 x 12,4 cm.Completo
Bid
R$ 12.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 12.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
37
BAHIA. RARO E IMPORTANTE LIVRO COM CITAÇÕES DA BAHIA
Autor: Pyrard de Laval, François
Título: Voyage de François Pyrard de Laval
Informações: ContenantsanavigationauxIndesOrientales, Maldives, Moluques&auBrésil, &les divers accidensquiluysontarrivezence Voyage pendant sonsejour de dixansdanscesPais. Nouvelleedition, reveue, corrigée et augmentée de divers Traitez et Relationscurieuses. . . par lesieur Du Val, geographeordinairedu Roy. Paris, Louis Billaine, MDCLXXIX 1679.24 x 18; Part 1: 4 fls. s.n., 1 mapa desdobr., 327 pp.; Part 2: 218 pp.; Part 3:144 pp., 12 fls. s.n., c/índice. Brasiliana Rubens Borba de Moraes: Pyrard de Laval nasceu aproximadamente em 1570. Partiu para a Índia em 1601, em busca de aventuras, a bordo de um navio fretado por particulares com objetivos comerciais. O relato de Pyrard de sua estada na Bahia, por dois meses, em 1610, é o mais antigo de que se tem notícia sobre a vida em uma cidade brasileira, e daí sua importância para os estudos brasileiros. Ele descreve o primitivo elevador conectando as partes altas e baixas da cidade, a caça à baleia, o contrabando, o alto custo de vida, a opulência dos donos de engenhos de açúcar, e suas próprias aventuras na Bahia. RODRIGUES 2007. LECLERC 1638.
Bid
R$ 12.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 12.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
72
FRIEDRICH GOLDSCHEIDER (Austrian, 1845-1897)
Faiança policromada marcada no selo: "Reproduction Reserve", no estado.
73x33x16 cm
AUTORIA: Arthur STRASSER (1854-1927)
"ABLA"- filha do rei Zoheir- Prometida a ANTAR, filho do emir Cheddad, que morreu de pé em seu cavalo, de uma flecha envenenada, trazendo de volta os mil camelos Açafir que lhe dariam o direito de se casar com ABLA. REPRODUZIDA NO LIVRO de Stéphane Richemond, "Orientalistas de terracota dos séculos XIX", L'Objet d'Art, abril de 1995.


REFERÊNCIAS: https://www.lotsearch.net/lot/abla-epreuve-en-terre-cuite-polychrome-signee-et-cachet-de-goldscheider-37926259?page=1&orderBy=dollarBasedPrice-hammerPrice&order=DESC
REFERÊNCIAS: https://www.invaluable.com/auction-lot/Friedrich-GOLDSCHEIDER-1845-1897-,-Jeune-orienta_32B4672A6C/#
REFERÊNCIAS: https://www.christies.com/lot/lot-friedrich-goldscheider-1845-1897-buste-de-berbere-5697518/
Bid
R$ 3.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
73
FRIEDRICH GOLDSCHEIDER (Austrian, 1845-1897)
«Antar, fils de l'Emir Cheddad».
Faiança policromada e marcada com selo: "Reproduction Reserve". No estado.
MEDIDAS: 73x56x22 cm
Escultura policromada, autor: Arthur Strasser (1854-1927) Escultor e pintor vienense, que fez várias esculturas para Goldscheider.

HISTÓRICO: “Antar era um guerreiro e poeta árabe, filho do emir Cheddad e Zebiba, um escravo negro adquirido em uma incursão, ele obteve o posto de homem livre por sua bravura. Ele morreu de pé em seu cavalo, de uma flecha envenenada, trazendo de volta os mil camelos Açafir que lhe dariam o direito de se casar com Abla, filha do rei Zoheir. "

BIOGRAFIA: Páginas 24 e 68 em Goldscheider de O. Pinhas Ed. R. Dennis 2006.
Página 224 N ° 5 em Terres cuites orientalistes et africanistes, de Stéphane Richemond, les éditions de l'amateur 1999.
Modelo N ° 903

REFERÊNCIAS:https://www.galerieorigines.com/en/artwork/collections/art-nouveau/goldsheider-manuf-polychrome-sculpture

Bid
R$ 3.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
75
SATZUMA - JAPAN-. (6) XÍCARAS COM PIRES, BULE, LEITEIRA, AÇUCAREIRO E MANTEGUEIRA. Porcelana "casca de ovo". Pintura manual, esmaltagem de alto relevo figurando entidade com instrumento de percussão. Cor predominante em sfumatto: azul. Marcada ao fundo em ideogramas. Década de 1940. *No estado: uma xícara com restauro.
Bid
R$ 1.200,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.200,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
76
Aristocrático Serviço de jantar em porcelana ROYAL VIENNA- PORTRAIT PLATES- AUSTRIA- SÉCULO XIX. Cenas mitológicas distintas em policromia, fundo azul nas peças de serviço e verde nos pratos, excepcional trabalho em ouro brunido. Orlas em faixas finamente decoradas. Peças pesadas e graudas. Consta de: Grande sopeira, terrina com presentoir, molheira com presentoir, Três travessas ovais grandes, 36 rasos , 12 fundos, 12 sobremesa. Total: 68 peças.
Peças de exposição em móvel louceiro, sem uso.
HISTÓRICO: O termo "Royal Vienna" refere-se a um estilo de pintura em porcelana que se tornou muito popular durante o final do século 19 e início do século 20. Não havia um único fabricante chamado Royal Vienna. Em vez disso, dezenas de grandes e pequenos decoradores de porcelana na Alemanha e na Áustria produziram magníficos pratos para retratos e vasos que hoje são muito colecionáveis. Os retratos reais de Viena eram cópias pintadas à mão de pinturas a óleo sobre tela de artistas como Joseph Karl Stieler, Angelo Asti e Jean-Baptiste Greuze.
78
AGATHON LÉONARD ( Aghaton Van Der Weyderveld, Belgian 1841 - 1923 ).
Figura número 13. Criação do ano 1.899. Consta da marca número 54: (1850-1899)*
*Página, 344. Acrescida da inscrição:V-1900-10.
*Marca Reproduzida no livro: "SÉVRES- Des origines à nous jours",1978. Página, 344.

COTAÇÃO INTERNACIONAL, VENDIDA NA CHRISTIE'S POR MAIS DE US$ 40.000 E COM REPLICAS VENDIDAS NA EXPOSIÇÃO DE SEVRES EM PARIS, NO ANO DE 2005, POR 7.911 EUROS.

“LE JEU DE L’ECHARPE”, “THE SACARF GAME”: UMA COREOGRAFIA REVELADA.
Em 1897, Alexandre Sandier (1843-1916), novo diretor artístico da Manufacture de Sèvres, notou durante uma exposição os modelos de um projeto de decoração destinado a enfeitar um salão de dança, fez grande sucesso. O artista AGATHON LÉONARD , foi então convidado a adaptar essas figuras de dançarinos a um projeto maior, especialmente em porcelana BISQUIT. O vestido fluido, de cintura alta e mangas largas, lembra o da DANÇARINA AMERICANA LOÏE FULLER , pioneira da dança moderna que inventou, em 1891, um espetáculo coreográfico que brincava com projeções luminosas em seu traje e véus.
O conjunto é composto por quinze estatuetas: onze dançarinas, duas musicistas e duas portadoras de tochas. Foi apresentado naEXPOSIÇÃO UNIVERSAL DE PARIS DO ANO1900,onde foi saudado pela crítica e pelo público e premiado com umaMEDALHA DE OURO.  Essas estatuetas graciosas e sinuosas traduziram de maneira brilhante para o espaço o espírito doMOVIMENTO ART NOVEAU, tornando-as EMBLEMÁTICAS .
Um exemplar foi dado comopresente diplomático ao Czar e à Imperatriz da Rússia em outubro de 1901.Conjuntos completos são mantidos na Embaixada da França em Praga, no Victoria & Albert Museum em Londres e no Museu Nacional de Cerâmica de Sèvres.

REFERÊNCIAS: https://www.sevresciteceramique.fr/galerieshowroom/les-univers-de-sevres/product/surtout-du-jeu-de-l-echarpe.html
https://www.sevresciteceramique.fr/galerieshowroom/les-univers-de-sevres/product/les-danseuses.html

BIOGRAFIA: AGATHON mudou-se para Paris ainda muito jovem e estudou escultura na École des Beaux-Arts de Paris com Eugène Delaplanche. Tornou-se membro da Société des Artistes Français em 1887 e membro da Société Nationale des Beaux-Arts em 1897.Expôs regularmente em toda a França e foi nomeado chevalier da Légion d'Honneur em 1900.
Alguns de seus melhores trabalhossão estudos de dançarinos, como La Cothurne, modelado em 1895 e fundido em 1900. “O Jogo da Echarpe”, executado em um estilo
fin-de-siècle , Art Nouveau;
Versões em bronze da obraforam realizadas pela fundição Susse Frères Editeurs. Produziu trabalhos em mármore, quartzo e marfim. Seu baixo-relevo de Santa Cecília pode ser encontrado no Museu Abbeville ; o Museu de Nantes abriga um busto intitulado “O Saqueador de Naufrágios.”

Bid
R$ 25.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 25.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
79
Par de imperadores MANCHU, DINASTIA QING . Em marfim, China século XIX.Peso:2.400 g. Cada. Medidas:27x17x17 cm.
Acompanha par de peanhas expositoras em madeira entalhada ao gosto Rococó, recobertas com folha de ouro. Medidas:39x39x25 cm. Altura total do conjunto:66 cm.
A ERA QING, foi a última dinastia imperial da China, governada por 12 imperadores em 268 anos
(1644-1912).
Encontram-se entronizados em majestade ladeado por seus símbolos: Imperador- Dragões no espaldar do trono. Imperatriz: Fênix.

80
Aparelho em fina porcelana MANDARIM, CHINA ANOS 1940. Formato quadrangular, pintura manual com esmaltes "FAMÍLIA ROSA":rosas, pássaros, borboletas, libélulas, medalhões com ideograma em vermelho. Composto de 12 pratos rasos, 12 de sobremesa, 12 de entrada, 12 para pão, 1 travessa oval, 8 lavandas individuais, 11 xícaras com pires, chaleira e açucareiro. Total: 70 peças.

81
Conjunto com (12) xícaras de café- Manufatura FUJI - Made in Japan- Cerca de 1950. Porcelana "Casquinha de ovo". Delicada pintura manual figurando paisagens e pagodes, fios de ouro.
Gueixas no fundo das xícaras, na técnica litofania.
Bid
R$ 1.200,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.200,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
82
Lote com (3) peças chá em prata 800 mls. Contraste "Coroa e Lua", Alemanha 1886. Bule, açucareiro, leiteira. Profusamente cinzelado e burilado, em puttis brincantes, estilo Rococó.Peso total: 750 g.
83
Antigo lustre BACCARAT - FRANCE - SÉC. XIX. Estrutura e anéis em bronze fundido de fina lavra. Sãoem cristal 33% de chumbo: haste e braços "canelures", contas, pingentes e bola na terminação . Corpo e bobeches em Opalina, leitosa,moldada em babados, pintura em sfumatto rosae delicada pintura manual de flores. Constam 4 mangas. Medidas:100x75x75 cm.
86
ESPELHO estilo português DOM JOSÉ, SÉCULO XIX. MEDIDAS: 99X57 cm.
Executado em madeira de Jacarandá. Fina talha de Rocalhas, Volutas, Florões e Concheados. Vazados na cimalha em penacho.
Bid
R$ 1.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.800,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
87
KPM -BERLIM- GERMANY - Constam: (13) pratos rasos; (11) fundos; (7) sobremesa; (3) travessas ovais; (1) molheira com presentoir; (1) legumeira com tampa e presentoir; (1) bowl com presentoir; (1) sopeira com tampa. No estado. Total: 38 peças.
https://antique-marks.com/berlin-porcelain-marks.html
88
KPM - BERLIM- GERMANY- (6) Xícaras com pires; (1) bule; (1) jarra para água/suco; (1) leiteira; (1) açucareiro; (1) cremeira com presentoir; (6) pratinhos; (4) recipientes para ovos quentes; (1) saleiro. Total: 22 peças.
https://antique-marks.com/berlin-porcelain-marks.html
89
PORCELANA "BARÃO DO RIO BRANCO".RIO DE JANEIRO- JANTAR: Consta de: (12) Pratos rasos; (12) pratos fundos; (12) pratos de sobremesa; Sopeira; Travessa quadrada; (3) travessas ovais. CHÁ: Bule, leiteira, açucareiro, (5) xícaras com pires. Total:54 peças.
https://www.porcelanabrasil.com.br/m-rio-branco.htm
Bid
R$ 1.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.800,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
90
APARELHO DE JANTAR LIMOGES MONOGRAMADO "C" REFERENTE A FAMÍLIA CAVALCANTE.
O CONJUNTO PERTENCEU AO HISTÓRICO TENÓRIO CAVALCANTI (O HOMEM DA CAPA PRETA), HOJE ACERVO PESSOAL DE SUA FILHA.
MUITOS NA HISTORIA RECENTE DO BRASIL DEVEM TER SERVIDO-SE NELE, TORNANDO-O UMA PEÇA PARA ALÉM DE RARA: HISTÓRICA.

DA PORCELANA:

LIMOGES - FRANCE
L. ERNIE- Exposition 1878,
Medaille d' argent,
Rue de Paradis, Paris.
Aparelho porcelana de Limoges, monogramado.
COMPOSTO POR:

(2) terrinas com tampa;
(2) fruteiras com pé;
(1) prato para bolo com pé;
(1) molheira;
(3) travessas ovais;
(3) covilhetes;
(38) pratos rasos;
(8) fundos;
(19) sobremesa.
Total: 77 peças.
91
PICKMAN & Co. - La Cartuja - SEVILLA- (1841)- (20) partos rasos; (11) fundos; (9) sobremesa; (5) para pão, (1) sopeira com tampa, (1) legumeira; (1) covilhete; Século XIX.
https://es.wikipedia.org/wiki/La_Cartuja_de_Sevilla-Pickman
https://decoracion.trendencias.com/complementos/las-marcas-de-la-loza-la-ceramica-y-la-porcelana-sinonimo-de-autenticidad-y-calidad-ii
(...) "Recibe su nombre de su fundador, el inglés Charles Pickman que compró un antiguo monasterio cartujo Santa María de Las Cuevas (época de la desamortización del trienio liberal, sobre 1820) para instalar allí su fábrica. No vamos a hablar de los clásicos diseños tan conocidos por todos, sino a darle la vuelta a las vajillas y los objetos de tocador para encontrarnos con diferentes sellos."(...)
Bid
R$ 3.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.000,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
92
W.M.F. Württembergische Metallwarenfabrik - GERMANY- NIROSTA PATTERN 1925- (6) facas para peixe; (6) garfos para peixe; (6) facas; (6) garfos; (6) garfos sobremesa; (6) colheres de sobremesa.Monogramas no verso. Total: 36 peças.
http://20thcenturyredux.com/WMF/WMF_Backstamps.html
Bid
R$ 2.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.500,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
96
FRANCISCO BRENNAND (1927-2019)
"CORUJA".
ESCULTURA EM CERÂMICA VITRIFICADA QUEIMADA EM ALTA TEMPERATURA, ASSINADA EM ALTO RELEVO: FB.

CONSTA DE CERTIFICADO DE AUTENTICIDADE EM PAPEL TIMBRADO, ASSINADO E DATADO: 18/04/2017.
Peso:3.125 g.
Med:24x16x16cm

DADOS BIOGRÁFICOS: Em 1948, em Paris, deparou-se com uma exposição de cerâmicas de Picasso. Percebe ai que muitos artistas da Escola de Paris haviam produzido cerâmica: Picasso, Chagall, Matisse, Braque, Gauguin, e Miró.
Na década de 1950, em Barcelona, Brennand descobre a tradicional técnica catalã na obra Antonio Gaudí.
Em 1952 inicia estágio em uma fábrica de majólicas na cidade de Deruta, na Itália, onde experimenta o uso de esmaltes cerâmicos, queimas, temperaturas, variados, esmaltes, c ores e texturas.
De volta ao Brasil produz freneticamente.

Juntamente com seu amigo desde a escola, Ariano Suassuna, Brennand participa do Movimento Armorial.

No seu antigo ateliê, instalado nas terras do antigo Engenho e Cerâmica São João, em Recife, está exposto o monumental conjunto de sua magistral obra. Brennand é sem duvida o maior artista ceramista Brasileiro.

101
RODRIGUES, José (1936-2016)
Escultor português, nascido em 1936, em Luanda, Angola.
ESCULTURA Nº 27
Medidas: 34 x 10 x 10 cm.

Escultor português, nascido em 1936, em Luanda, Angola.

Destacou-se por ter sido fundador da Cooperativa Árvore e da Bienal de Cerveira.
Em Portugal, formou-se na Escola Superior de Belas Artes do Porto, tornando-se professor nesse estabelecimento até 1998.

Expôs nas bienais de arte importantes como as de Veneza (Itália) e São Paulo (Brasil).

Em 1976, foi inaugurado o Cubo da Ribeira, no Porto, uma escultura que se viria a tornar um símbolo da cidade.
Outra obra polémica de José Rodrigues é o Monumento ao Escultor, situado no Porto na junção da Avenida da Boavista com a Avenida Marechal Gomes da Costa. Esta escultura foi inaugurada em 1993.

Foi um dos fundadores da Bienal de Cerveira, uma mostra de arte contemporânea e pela instalação da Escola de Artes e Ofícios e da Escola Superior de Arquitetura.

Já em 2007, lançou as bases para a criação no Porto de uma fundação onde pretende expor a sua obra e incentivar a criatividade de jovens artistas.

Bid
R$ 3.200,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.200,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
110
Pierre le Faguays
Escultura ART DECO em bronze representando mulher arremessando lança.
Base em Ônix e mármore.
Medidas:34x22x22 cm. Peso:3.800 g.

Pierre le Faguays , nasceu em Rezé em 1892 e morreu em8 de setembro de 1962em Paris , é um escultor francês de estilo Art Déco .

Biografia
Estudou na École des Beaux-Arts de Genebra. Trabalhou com Max Le Verrier, Susse e Etling.

Participou do Salão da "Société des Artistes Français" em 1922. Recebeu menção honrosa em 1926 e1927.

Fundou o grupo, "Stèle et evolution".

Usou pseudônimos como Guerbe e Fayral, sobrenomes de sua mãe e de sua esposa.

Apresentou, em Paris, dois grupos de esculturas no pavilhão de A. Goldscheider, na Exposição de Artes Decorativas e Industriais.

Participou como designer de interiores com dois baixos-relevos monumentais para a sala de aviação civil durante a Exposição Especializada de 1937 em Paris.

A agência de decoração Olivier Berni Intérieurs doou uma escultura de Pierre le Faguays ao Musée La Piscine em Roubaix em 2014 . Esta escultura, que é uma terracota, é chamada de " O Pensador ". Foi produzido na década de 1930

Bibliografia
Bryan Catley, Art déco e outras figuras , Clube de colecionadores de antiguidades, 2003,
Benezit , Dicionário de Pintores e Escultores , p.426
Bid
R$ 2.400,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.400,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
111
Charles Korschann (1872-1943)
Escultura em bronze Art Nouveau
Medidas: 49 cm.

Charles Korschann (1872-1943) escultor e medalhista, depois de se formar na Escola de Belas Artes de Viena e Berlim, permanece em Paris onde desenha uma série de bronzes Art Nouveau, a maioria fundidos pelo parisiense Paul Louchet.
Expos nas exposições anuais da Sociedade dos Artistas Franceses, de 1894 a 1905.
Expos cinquenta no Musée Galliéra em 1901.
Em 1904 fez o busto de Alphonse Mucha para o Museu de Brno na República Tcheca.
Este completo artista, amigo Lalique, Daum e Majorelle desempenha um trabalho atencioso particularmente elegante.
Na exposição Universal de 1900, exibiu várias obras e foi premiado com a Medalha de Bronze.
112
Marcel-André BOURAINE & ETLING - PARIS.
Pontoise 1886 - Paris 1948
Escultura em bronze polido
30 X 57,5 X 12 cm. Base: 45 cm.
"Amazone" - Circa 1925

Importante escultor, estudou com Joseph-Alexandre Falguière.
Foi capturado pelos alemães durante a Guerra de 1914-1918.
Expôs no Salon des Tuileries em 1922.
Atuou na "Societe des Artistes Francais" e no "Salon d'Automne" de 1923.
Membro dos Stele and Evolution Groups.
Apartir de 1928, junto com Pierre Le Faguays, trabalhou para: Susse Freres, Etling, Arthur Goldscheider e Max Le Verrier.
Em 1937, participou na Exposição Internacional de Paris com duas Esculturas Monumentais.

Bibliografia:
Bryan Catley, Art Deco e outras figuras, Antique Collectors 'Club, Woodbridge, 1978, modèle référencé et reproduit p. 52.

Obras em exposição no Museu Hermitage

Cotações internacionais superiores a US$ 4.000
Bid
R$ 7.200,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 7.200,00 (BRL)
Cotações
$ 0.00 (USD)
$ 0.00 (EUR)
$ 0,00 (ARS)
Pagination
1
2
3
Contact
Horário de Atendimento: 08 às 12h e das 14 às 18h
Phone iArremate: (35) 99935-4693
E-mail: sac@iarremate.com
Where are we
Pça Ismael de Souza, 11, sala 9H - Estação
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
Plantão durante o pregão
Telefone: (35) 99948-4697
E-mail: suporte@iarremate.com
© iArremate - Portal de Arte (2013-2021) - powered by PPSW
All rights reserved. No part of this web page may be reproduced in any way or by any means without the prior written consent of iarremate.com.
The unauthorized use or copying of any content of this site, including user accounts or products offered will result in permanent account cancellation.