I want to sign up
If you are not yet registered, click here to continue.
languages
log in
subscribe
Catalog
Notice
Terms of Use
Payments and Withdrawals
Gallery Galeria Paiva Frade
Next auction: 04/05/2021, 00:00h
Exhibition
at Galeria Paiva Frade
Av. Getulio Vargas, 350, Centro - São Lourenço - MG
Gallery contacts
Phone: 55 (35) 3332-4150 / 55 (35) 3331-6966
Email: paivafrade@paivafrade.com.br
The Gallery
There are no pieces in the current auction.
The list below shows the past auctions.
Auctioned Pieces
Sort
0
SANT'ANA MESTRA, Século XVIII, MINAS GERAIS- Terracota, modelagem e policromia. Sant' Ana está sentada, em posição frontal, com o corpo levemente virado para esquerda e olhar para baixo. Nossa Senhora está em pé, à esquerda da mãe, de perfil, com o olhar voltado para o livro, ambas seguram o livro aberto sobre os joelhos de Ana que envolve a menina com o braço esquerdo. Os panejamentos são movimentados, resolvidos em linhas sinuosas em curvas e contracurvas. O modestino de Sant'Ana é preso por firmal em botão, e a cabeleira da menina está descoberta. A cadeira tem espaldar alto com frisos nas laterais, volutas e Rocalhas ao centro, típicas do período Barroco e mostra o braço de acabamento curvo a destra.
A base é ovalada e ocada para queima. MEDIDAS:19X12X8 CM. PESO:850 G.
1
MESTRE SANTEIRO MINEIRO, SÉCULO XVIII. Imagem de N. Sra. do Rosário em madeira carnada, dourada e policromada. Coroas esculpidas em monobloco. Cabelos em zigue-zague aparentes sob o manto azul por fora, vermelho por dentro. Menino sem as mãos. Pousa sobre nimbo barroco de rebuscadas nuvens concêntricas. Medidas: 58x20x20 cm. Peso: 2,900 kg.


https://cruzterrasanta.com.br/significado-e-simbolismo-de-nossa-senhora-da-cabeca/22/103/#c
1
BORDALLO PINHEIRO-Desde 1884-, VASCO- Personagem em cerâmica esmaltada. Medidas:31x11x11 cm.
https://bordallopinheiro.com/figuras-movimento-civil-poiliceman-prd-pt
Vasco (Agostinho Vasco da Rocha e Castro) nasceu em Vila Real, a 10 de agosto de 1935, tendo frequentado a Faculdade de Direito de Lisboa. Os seus primeiros desenhos satíricos aparecem na imprensa em 1954, no Riso Mundial e, a partir do ano seguinte, em Picapau, Cara Alegre, Diário Ilustrado, Mundo Ilustrado, Diário de Lisboa, República e Parada da Paródia. Recusando a guerra colonial, exilou-se em Paris a partir de 1961, onde criou a União dos Estudantes Portugueses em França, mantendo uma intensa atividade política e associativista. Sob a assinatura “Tinho” colaborou com numerosas publicações francesas tendo, em meados da década, passado a assinar apenas como “Vasco”. Fundou, em 1969, o semanário lx, o primeiro jornal francês underground – logo suspenso pelo ministério do interior local. Participou em diversos filmes como ator. Em 1972, foi editado um primeiro álbum de cartoons seus, ainda em França. Em 1973, fundou as Éditions Champ du Possible e criou o Prix du Dessin Abject, enquanto continuava a publicar em numerosas outras edições francesas. Com o jornalista e escritor espanhol Xavier Domingo, colaborou em algumas BD sobre figuras de escritores como Hemingway, André Breton, Mauriac, entre outros. O regresso a Portugal dá-se no pós-25 de Abril. Aqui colabora na imprensa portuguesa, designadamente: Sempre Fixe (2ª série), República, Diário de Lisboa, O Bisnau, Página Um, Mais, O Jornal, JL, Diário de Notícias, Opção, Pão com Manteiga, Cadernos do 3º Mundo e, mais recentemente, com o jornal Público. Vasco é um dos cartoonistas portugueses contemporâneos mais reputados, estando representado em diversas antologias nacionais e estrangeiras da especialidade.

In Dicionário dos Autores de Banda Desenhada e Cartoon em Portugal, Leonardo de Sá e António Dias de Deus, Edições Época de Ouro, 1999
1
Busto em bronze – representando Mozart – medindo 31 cm. altura – sobre base em mármore
1
Atelier Camille Le Tallec, Paris. Palmatória-Castiçal porcelana francesa, fundo bordeaux, pintura floral manual. Inscrição no verso: "Dessine et peint étirement a la main par la Tallec à Paris". Base e suporte para vela com bobeche em bronze lavrado. Medidas: 8 X 23 X 20 cm.
REFERÊNCIA: Cada porcelana decorados pelo Atelier Camille Le Tallec em Paris é assinado por um motivo LT em uma marca de Sèvres-like. Dentro do motivo LT aparecem duas séries de cartas. Em primeiro lugar, uma letra de código na parte superior indicando a data de produção da peça, e segundo as iniciais do pintor da peça na parte inferior. Este sistema de namoro foi adotada a partir de 1941. As peças de Le Tallec sem essas marcas são susceptíveis de ser produzido entre 1930 e 1941. O incremento do sistema de namoro foi feito a cada período de seis meses 1941-1991, em seguida, todos os anos desde então. Em 1978, data da transferência do atelier de Belleville a rue de Reuilly em Paris, a marca de data começa em R (para Reuilly), então a carta. Por volta de 1995, correspondendo à nova instalação na avenida Daumesnil em Paris, a marca de data começa por D (para Daumesnil), então a carta. [2]
As sentenças dessiné et peint entièrement peint à la par principal Le Tallec à Paris França ou Tiffany & Co - confidencial Stock e Le Tallec Paris - Made in France tambémsão desenhados. FONTE: https://en.wikipedia.org/wiki/Le_Tallecs_marks
2
Imagem de Santa Luzia, de fatura erudita, Salvador - BAHIA, século XIX. Madeira entalhada, carnada, dourada e policromada, olhos de vidro, acrescida coroa de bronze. Faltam-lhe os atributos, geralmente em prata: prato com olhos a destra e palma da vitória na mão esquerda. Base marmoreada e faiscada em azul. Medidas: 50x21x15 cm. Peso: 2,200 kg.
2
CAPITAIN CANTER- Antigo par de garrafas de navio, em vidro soprado e canelado. Tampa de pitanga. Marca em alto relevo no fundo de uma delas: "2Z". Cerca de 1910. Medidas: 33x15x15 cm.
2
MÍSULA- Antiga Peanha Sacra no estilo "Gótico Flamejante". Madeira de lei, de cor escura. Entalhada e torneada. medidas: 43,5 x 35,5 x 36,5 cm.
3
MESTRE SANTEIRO MINEIRO, SÉCULO XVIII- Cristo morto. Madeira talhada, carnada e policromada. De fatura popular: costelas marcadas, corte seco no estofado da base . Medidas: 50x14x18 cm. Peso: 1,700 kg.
3
E. & J.B. SHEFFIELD -ENGLAND & U.S.A. - Século XIX. Original conjunto de refresqueira e (6) copos. Montada em bandeja de orla vazada: "laçarotes de fitas", base quadriplóide e alça. Cristal moldado, canelado e lapidado a mão, temática floral. Jarra: 27 x 16 x 16 cm. Copos: 10 x 7 x 7 cm. Medida total: 40 x 30 x 30 cm.
http://www.silvercollection.it/englishsilvermarksXJ2.html
3
Antigo oratório, estilo gótico flamejante, em madeira maciça. Frontão recortado no formato ogival, com roseta ao meio e crucifixo. Torrões, pináculos com terminações "flambeau". Porta e laterais envidraçadas. Med. 92x38x26,5cm.
4
Cristo Crucificado, Goiás Velho, século XVIII. Imagem de fatura popular. Madeira entalhada, carnada e policromada. Base marmorizada e faiscada, tonalidade azulada. Filactério em madeira. Três cravos e resplendor em bronze. Medidas: 62x28x12 cm. Peso: 1,600 kg.
5
Santo Antonio. Minas Gerais século XVIII. Madeira entalhada, carnada e policromada, cabelos em tonsura, olhos de vidro. O menino sentado sobre o livro, o traje típico dos Franciscanos. Medidas: 27x14x8 cm. Peso: 350 g.
5
SATZUMA - JAPAN-. (6) XÍCARAS COM PIRES, "casca de ovo". Pintura manual em esmaltagem de alto relevo figurando entidade com instrumento de percussão. Cor predominante: azul. Marcada ao fundo em ideogramas. Década de 1940. No estado: um pires consta restauro. Medidas:6X13X13 cm.
6
N. Sra. da Imaculada Conceição, Goiás Velho, século XVIII. Imagem de fatura popular.Madeira policromada. Encontra-se faltosas as mãos postas.Medidas: 20x8x8 cm. Peso: 230 g.
6
Casal de "Cães de Fó", entalhados em madeira "Rosewood", a fêmea tem filhote sob o pé, China cerca de 1940. Medidas:13x9x8 cm.
6
Imagem de "SANTO ANTONIO DOS POBRES"- MINAS GERAIS, SÉCULO XIX.Imagem erudita em madeira esculpida, carnada, policromada e dourada. . Serena expressão, cabelos em tonsura, olhos de vidro. Pés com sandálias, mantilha para receber o MENINO JESUS. Pronunciado entalhe dos três nós em seu cordão:" obediência, pobreza e castidade". Medidas:23x11x8 cm.
7
N. Sra. da Conceição. Fatura popular. Goiás século XVIII. Madeira policromada. Base trapezoidal, corte seco, dois anjos . Medidas: 23x9x9 cm. Peso: 240 g.
7
MIGUEL LANGONE.- Medalhão em bronze, década de 1930, assinado pelo escultor italiano Miguel Langone - 14/04/1892
Placa em bronze circular imagem de "COSME E DAMIÃO",ICONOGRAFIA ESTILO BIZANTINA.Medidas: 21 cm de diâmetro.
8
São João Batista menino. Goiás Velho, século XVIII. Madeira entalhada, carnada, dourada e policromada. Medidas: 24x11x7 cm. Peso: 240 g.
8
ANTIGO TINTEIRO DE MESA EM MÁRMORE NEGRO DE BRUXELAS, DOIS RECIPIENTES EM ÔNIX VERDE, PARA TINTAS . ENCIMADO POR GRUPO ESCULTÓRICO EM "ODE AO TRABALHO", COM REPRESENTAÇÃO DA RODA DA VIDA, MALHETE, ESQUADRO E BIGORNA. MEDIDAS: 19 X 20 X 41 CM.
8
MIGUEL LANGONE - Medalhão em bronze, década de 1930, assinado pelo escultor italiano Miguel Langone - 14/04/1892). Placa circular em bronze com imagem de SÃO CRISTOVÃO. Medidas: 19 cm de diâmetro.
DA DEVOÇÃO: "ESTE MENINO PARECE TER O PESO DO MUNDO", exclamou Cristóvão, um homem de grande compleição física que ajudava os peregrinos a atravessarem um rio. A "BOLA-MUNDI", que o MENINO JESUS traz nas mãos é seu SÍMBOLO: "SALVATORI MUNDI".

9
N. Sra. da Conceição Barroca, Minas Gerais, século XVIII. Madeira com resquícios de policromia, sofreu ataque biológico e foi reconstituída em cedro, por hábil entalhador: na face, mãos, ponta do manto e três cabeças de anjos. Panejamento sinuoso, véu esvoaçante.Acrescida de coroa com resplendor de 12 estrelas. Medidas: 19x15x12 cm. Peso: 490 g.
9
ORIGINAL TINTEIRO CAPODIMONTI ITALIANO, EM FAIANÇA VIDRADA DO SÉCULO XIX. PROTUBERANTES FIGURAS EM RELEVO.SUSTENTADA POR QUATRO PÉS, ANTROPOMORFOS FIGURANDO VITÓRIA ALADA. DOIS RECIPIENTES PARA TINTA REMOVÍVEIS (CONSTA PEQUENOS BICADOS). TÍPICAS ALEGORIAS MARÍTIMAS DE BACANTES E CABEÇAS DE ANJOS. EXUBERANTE PINTURA MANUAL, LEITO PARA PENAS EM DOURAÇÃO.
MEDIDAS:16 X 34 X 23 CM.
9
Centro de mesa Murano Italy Vintage 1950. Degradê laranja-vermelho, doublé e bolhas. Medidas: 13 x 22 x 22 cm.
9
MIGUEL LANGONE.- Medalhão em bronze, década de 1930, assinado pelo escultor italiano Miguel Langone - 14/04/1892
Placa em bronze circular com a imagem de NOSSA SENHORA DE BELÉM, a partir da pintura
de Melchior-Paul von Deschwanden (Swiss,1811 – 1881) encomendada em 1873 para o Acervo da Catedral de Belém do Pará, Brasil.
Medidas: 24 cm de diâmetro.
9
"BRASIL HOLANDÊS"- Barlaei, Casparis. Rerum per octennium in Brasilia et alibi gestarum: sub praefectura illustrissimi comitis I. Marutii Nassaviae. 724 pp.; 9,5 x 15,8 cm, 1660. Clivis: Ex officina Tobiae Silberling.

Primeira edição em latim, do mais belo e luxuoso livro da época do Brasil Holandês. Patrocinado por Maurício de Nassau para celebrar sua estadia quando administrador da ocupação das capitanias do norte do Brasil - Pernambuco, Itamaracá, Paraíba e Rio Grande - pela Companhia das Índias Ocidentais neerlandesa. Contém 3 mapas, 5 vistas desdobráveis. Acrescentada com quatro textos do médico Moritz. Encadernação de época, em pergaminho. BORBA DE MORAES: Barleus, Gaspar. Res Brasiliae imperante illustrissimo D.I.Mauritio Nassoviae etc. Principe, per C. Barleum. Accedi G. Pisonis Tractatus de Aere Aquis et Locis cum S.C.M.Privilegio Clivis, Apud Tobiam Silberling, 1660. 15 x 9; retrato de Nassau com as armas de Nassau na p. seguinte (ao lado) , seguido de deic., 4 fls. s.n., 664 pp., 11 fls. c/ índice, 8 gravs e mapas desdobr., (Não tem a gravura do eclipse que Borba observa faltar em vários exemplares.)

10
N. Sra. do Rosário, Goiás Velho, século XVIII, fatura popular. Madeira talhada, carnada e policromada. Medidas: 23x8x6 cm. Peso: 300 g.
10
Vaso MURANO-ITALY, década de 1960. Tonalidade rosa. Todo trabalhado em drapeados e bolhas de ar. Medidas: 19x17x17 cm.
10
"BRASIL HOLANDÊS"- NIEUHOF, JOHAN GEDENKWEERDIGE - BRASILIAENSE ZEE - en LANTREIZE
PRIMEIRA EDIÇÃO DESTA OBRA CLÁSSICA SOBRE O BRASIL HOLANDÊS- Apresenta muitas imagens junto ao texto e algumas gravuras desdobráveis que reúnem as principais espécies de árvores e frutas do Brasil. Incontestavelmente, uma das fontes mais importantes que existe para o estudo do Brasil Holandês. O autor viveu no Nordeste de 1640 a 1649 e teve, portanto, tempo suficiente para estudar o país, aprender o português e anotar com cuidado todos os acontecimentos ocorridos nesse período de nossa história. Barleus foi o cronista dos feitos nassovianos e Nieuhof o historiador de tudo quanto aconteceu posteriormente a Nassau. (Rubens Borba de Moraes, 1942: XIII). COMPLETO, EXCELENTE ESTADO DE CONSERVAÇÃO. Medidas: 32 x 20 cm.

NIEUHOF, JOHAN GEDENKWEERDIGE BRASILIAENSE ZEE-en LANT-REIZE. Behelzende Al het geen op dezelve is voorgevallen. Beneffens Een bondige befchrivjving van gantfch. NEERLANTS BRASIL Zoo van landschappen, steden, dieren, gewaffen, als drachten, zeden en godsdienft der inwoonders: En inzonderheit. Een wijtloopig verhael der merkwaardigste voorvallen en geschiedenissen, die zich, gedurende zijn negenjarige verblijf in Brazil, in donzen, zich sedert het jaer 1640 tot 1649 hebben toegedragen. Door gaens versiert met verfcheide afbeeldingen na het leven aldaer getekend AMSTERDAM. Voor de Weduwe van Jacob van Meurs, op de Keizers -gracht, 1682. 573 pp. p. 40 e 47 dupl.. (32 x 20 cm).
Contact
Horário de Atendimento: das 12:30h às 17:30h, das 19:00h às 22:00h e em plantão durante os leilões.
Phone iArremate: (35) 99935-4693
E-mail: sac@iarremate.com
Where are we
Pça Ismael de Souza, 11, sala 9H - Estação
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
Plantão durante o pregão
Telefone: (35) 99948-4697
E-mail: suporte@iarremate.com
© iArremate - Portal de Arte (2013-2021) - powered by PPSW
All rights reserved. No part of this web page may be reproduced in any way or by any means without the prior written consent of iarremate.com.
The unauthorized use or copying of any content of this site, including user accounts or products offered will result in permanent account cancellation.