Quero me cadastrar
Se você ainda não está cadastrado no iArremate, clique aqui para continuar.
logo iArremate
Idiomas
menu
Não existem lotes nos leilões atuais.
A relação abaixo mostra os leilões passados.
Lotes encerrados para
Ordenar
Exibir
48
Antiga cômoda papeleira em madeira nobre, estilo inglês. Três gavetas e porta de abrir, tendo em seu interior escaninhos e duas gavetinhas . Puxadores e espelho da fechadura em bronze trabalhado. Med. 95x84,5x45,5cm.
49
Cômoda papeleira em madeira de lei, estilo D. JOSÉ I.
É um móvel sóbrio, rico em detalhes típicos das papeleiras da época, com escaninhos, gavetinhas e um engenhoso jogo de caixas superpostas, localizadas no fundo falso de um pequeno compartimento, com porta entalhada. Quando aberto, o tampo configura a mesa de escrever. Espelhos das fechaduras em bronze ricamente lavrado e puxadores em madeira torneados.
MEDIDAS: 108x112x50 cm.

(...)A cômoda-papeleira é um móvel de guarda geralmente formado por três gavetões e duas gavetas, que serve para guardar roupas e pequenos objetos. Este móvel já é uma evolução da arca (caixa com tampo), que com o tempo foi sendo modificada e além da caixa, apareceram duas gavetas na parte inferior de sua estrutura. No século XVII, nos Países Baixos, surgiu um outro móvel de guarda, composto, que era uma cômoda, acrescida na parte superior de um escritório com escaninhos, nichos e gavetinhas, e um tampo móvel, que passou a ser conhecido com cômoda-papeleira.
A cômoda-papeleira só se tornou comum em Portugal na segunda metade do século XVIII. As mais belas peças em jacarandá datam desse período, nos estilos D. João V e D. José I, apresentando grande detalhamento nos entalhes e ferragens. As de estilo D. Maria I, final do século XVIII, são retilíneas, com inscrustações, muitas delas construídas com "segredos", disfarçados entre os escaninhos, com a finalidade de ocultar documentos.
A cômoda-papeleira de tampo inclinado é um móvel muito importante no mobiliário luso-brasileiro, que continuou a ser produzida até o início do século XIX; foi o tipo de escrivaninha de uso doméstico, urbano e rural.
FONTE: http://museucostapinto.blogspot.com.br/p/pecas-em-destaque_19.html
50
CASSONE- Arca em nogueira,estilo Renaissence - Itália séc. XVIII. Fina talha, brasonada ao centro: figuração de cruz, sobreposta por elmo, ladeada por figuras fantásticas meio-humanas de lanceiros, entrelaçados. Ferragens originais. 73 x 131 x 66cm _________________FONTE: CASSONE O BAÚ DE CASAMENTO DA RENASCENÇA________O Cassone é uma caixa ou baú de casamento da Renascença. Normalmente encomendados em duplas, eram peças importantes de mobília, muitas vezes a peça mais cara da casa. Eles eram encomendados para um casamento, a fim de acomodar o dote da moça. Os noivos recebiam um dote da família da moça quando eles pediam suas mãos. Nas famílias conterrâneas, este consistia de uma quantia em dinheiro, bem como uma boa coleção de enxovais e tecidos para confecção de roupas, uma tradição. Eram altamente decorados. No século 15, eles foram muitas vezes pintados, enquanto na transição ao século 16, a madeira esculpida tornou-se o meio preferido. Pinturas de cenas da vida cotidiana ou da mitologia, geralmente com uma moral apontada para as virtudes da noiva. Caso contrário, eles podem ser apenas decorativos, com brasões das famílias e Grotescos: mascarões, ornamentos de arte aplicada redescobertos nas escavações romanas dos anos 1500 no Renascimento.
DETALHE FOTO: Assim, neste exemplo pintado no museu Horne (Florença) a partir de 1480, atribuído a Lorenzo di Credi, juntou-se os brasões de duas famílias: Rossi e Pitti, é pintado dentro de uma decoração grotesca que apresenta puttis. Estavam em uso em toda a Itália, eram muito populares em Florença, e muitos dos exemplos que vemos em museus do mundo são Toscanos (especialmente os mais pintados).
http://www.turismo.intoscana.it/allthingstuscany/tuscanyarts/cassone/
56
Jardineira, estilo Império, século XIX em madeira nobre entalhada. Espelho bisotado. Guarnições em bronze cinzelado. Medidas: 221 x 87 x 38 cm.
Móvel para hall de entrada, conhecido pelos ingleses como: "Hall Tree", e pelos franceses como "Miroir Jardiniére".
69
Tilt-Top - mesinha de apoio com tampo de abater e pé de galo.
Estilo inglês, século XIX. Medidas: 70 x 70 x 70 cm.
99
Antiga cadeira D. João V em madeira de lei e assento de couro pirogravado. Espaldar alto de tabela recortada e lisa, ao centro, que desce até o assento. Conchas no cachaço, na aba e nas joelheiras volumosas no estilo Barroco Português. Minas Gerais, século XVIII. Medidas: 117 x 57 x 44 cm
71
JOAQUIM TENREIRO
"Mesa ninho em madeira e fórmica."
55 x 45 x 3 cm
55 x 41 x 27 cm
51 x 25 x 36 cm
Ex. Coleção Cristina Faria de Paula.
72
CHARLES RENNIE MACKINTOSH
"Hill House Chai"
Cadeira em madeira e assento revestido em veludo.
140 x 30 cm
73
JORGE ZALSZUPIN
"Escrivaninha em jacarandá e cortiça"
Déc. 60
73 x 210 x 110 cm
252
IRMÃOS CAMPANA
"Blow-Up Bamboo Table"
Mesa em bambu e vidro
40 cm altura x 40 cm diâmetro
2010
Faz parte da coleção 'Blow-Up Bamboo' da dupla brasileira para Alessi
254
SERGIO RODRIGUES
"Kilin"
Par de poltronas em madeira de lei maciça e assento em couro.
70 x 65 x 65 cm
66
Mesa marroquina - 50 x 35 cm - séc. XIX
128
Poltrona em jacarandá maciço anos 60 - mobila contemporânea - 76 x 58 x 56 cm - Brasil, C. 1960
144
Le Corbusier - Chaise longue - assinado e numerado - 1,60 x 60 x 70 cm - França, séc. XX
181
JOHN GRAZ - Belo bar com duas portas laterais e uma central decorada com medalhão Art Deco. Interior revestido com espelhos, falta um puxador – Brasil, séc. XX - 125 x 88 x 38 cm
12
Três feixes de talha rústica à guisa de penas com caráter indígena; um maior de 15,5 x 59 cm de comprimento (ou altura), com sinais de pintura; as duas outras à semelhança da maior medem cada uma 9,5 x 29 cm de comprimento. Brasil, séc. XVIII.
14
Poltrona de jacarandá torneado estilo manoelino, assento e encosto revestido de sola lavrada e tacheada. 119 cm de altura, o espaldar. Portugal, séc. XIX.
17
Mocho executado em madeira de lei desenho D.José I .Brasil Séc XX - 46 cm de alt, 54 x 54 cm.
24
Antiga banqueta de braços, de carvalho, assento estofado e revestido de tecido, quatro
pernas circulares torneadas. 60 x 44 x 63 cm de altura. Europa, séc. XX.
38
Par de cadeiras de braço de baixa estatura executadas em madeira de lei com palhinha . França Séc XVIII/XIX. 76 cm de alt, 61 de comp e 48 de prof.
44
Banqueta de jacarandá, estilo D. José I, assento estofado e revestido.
65 x 50 x 50 cm de altura. Brasil, séc. XX.
54
Peanha sobre cabeça de anjo, madeira com vestígios de pátina e douração.
64 x 15 x 20 cm de altura. Brasil, séc. XX.
57
Palma de metal expessurado a prata repuxada e cinzelada com alma em madeira lavrada .Sul America Séc XVIII/XIX. - 48 x 37 cm.
64
Magnífica poltrona de jacarandá entalhada, estilo chippandele assento e encosto de couro capitonê. Pernas recurvas terminadas em pés de garra e bola. 128 cm de altura, o espaldar. Portugal, séc. XVIII/XIX.
74
Grande trono de inspiração gótica, de jacarandá entalhado e torneado, encosto vazado e assento de palhinha.
160 cm de altura, o espaldar. Portugal, séc. XIX.
94
Aparador estilo Sheraton, de mogno, de linhas retas, caixa com duas gavetas, sobre cavalete
com quatro pernas retas de seção quadrada. 122 x 60 x 93 cm de altura. Inglaterra, c. l890.
95
Cômoda em miniatura, D.Maria em jacarandá, séc XIX. 27 cm de alt, 34 de comp e 20 de prof.
99
Par de poltronas de nogueira trabalhada . Europa Séc XVIIIXIX.- 88 cm de alt, 60 de comp e 43 de prof.
103
Pequena arca oriental, de madeira lavrada, policromada e com douração, tampa retangular basculante, sobre caixa de linhas retas com reservas em baixo relevo, saia recortada e pequenas rodas de madeira. 75 x 36 x 55 cm de altura. Princípio do séc. XX.
104
Pequena arca de madeira lavrada, linhas retas, tampa retangular basculante, sobre caixa com face frontal apresentando ornamentação em baixo relevo com policromia e douração. 70 x 39 x 40 cm de altura.
Sudeste asiático. Princípio do séc. XX.
Institutos
apóiam
Contato
Telefone: (35) 99948-4697 / 99935-4693
Durante os pregões: (35) 3332-4478
E-mail: suporte@iarremate.com
Onde estamos
Rua dos Andradas, n.240, sl.5
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
© iArremate - Portal de Arte (2013-2016) - powered by PPSW
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta página da web pode ser reproduzida de nenhum modo, ou por qualquer meio, sem a prévia autorização por escrito de iarremate.com.
O uso ou cópia não autorizada de qualquer conteúdo deste site, incluíndo contas de usuários ou produtos oferecidos resultará no cancelamento permanente da conta.