Quero me cadastrar
Se você ainda não está cadastrado no iArremate, clique aqui para continuar.
logo iArremate
Idiomas
menu
Ordenar
Exibir
1
MANOEL SANTIAGO ( Manoel Colafante Caledônio de Assumpção Santiago, Manaus AM 1897 - Rio de Janeiro RJ 1987).
Medidas: 14,5 x 11,5 cm. Emoldurado:
Desenho em guardanapo de mesa de bar.
Inscrição no verso: "Esta só pensa em orgulho e passear".
Década de 1940.
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
6
BIANCO, Enrico (1918 - 2013)
Menino com carneiro
1976 Óleo s/ eucatex 25 x 35 cm Ass. inf. direito
Lançar
3x 2.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.000,00
11
IVAN SERPA (Rio de Janeiro, 1923 – 1973)
59X28 cm. Técnica mista sobre cartão.
Figuras.
Reproduzido no catálogo do Leilão TNT, 28 de Setembro de 2017
Consta de certificado assinado por seu filho Yves Cardoso Serpa.
Lançar
3x 2.500,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.500,00
12
JUAREZ MACHADO
"Luz e Sombra"
100 X 70 cm.
Pastel oleoso e nanquim sobre papel Fabriano Cotton, número 5.
1978
Lançar
3x 8.333,33
seja o primeiro a lançar
3x 8.333,33
15
Burle Marx
Sem título
Medidas: 19 x 19 cm.
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
23
MABE, Manabu (1924 - 1997)
Sem título
1985 Óleo s/ tela 51 x 51 cm ass. inf. esquerdo e verso
Apresenta no verso etiqueta da Galeria Contorno Obra catalogada e registrada no Instituto Mabe
Lançar
3x 11.666,67
seja o primeiro a lançar
3x 11.666,67
30
BIANCO, Enrico (1918 - 2013)
Nu
1975 Óleo s/ eucatex 35 x 25 cm Ass. inf. direito
Lançar
3x 2.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.000,00
34
TERUZ, Orlando (1902-1984)
Cavalos, Rio, 1968
O.S.T.
Ass. inf. direito
Medidas: 81 x 65 cm.

Biografia:
Pintor, professor. Estuda na Escola Nacional de Belas Artes - Enba entre 1920 e 1923, é aluno de Baptista da Costa e Rodolfo Chambelland, tendo, no ano seguinte, sua primeira participação na Exposição Geral de Belas Artes do Rio de Janeiro. Em 1934, recebe Prêmio de Viagem ao Exterior, que usufruí apenas em 1939, quando viaja para França, Holanda e Itália, mas é obrigado a interrompê-la devido à deflagração da Segunda Guerra Mundial, 1939-1945. Trabalha com Lucio Costa e Candido Portinari pela implementação da divisão moderna no Salão Nacional de Belas Artes, que passa a vigorar em 1940. No ano de 1944, integra a Exposição de Pinturas Modernas Brasileiras, realizada na Burlington House, sede da Royal Academy of Art de Londres. Participa em 1951 e 1953 da 1ª e 2ª Bienais Internacionais de São Paulo. Trabalha como professor de pintura no Instituto de Belas Artes da Guanabara em meados de 1950. Seus trabalhos são expostos em diversas mostras individuais, tanto no Brasil quanto exterior, durante os anos 1960, passando também a interar importantes coleções de todo mundo, como as do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp, do Museu Nacional de Belas Artes - MNBA e do Museu Hermitage, de São Petesburgo, Rússia. Na década de 1970, inicia com a família a formação de seu museu particular no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Fonte: Itaú Cultural
Lançar
3x 5.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 5.000,00
39
STOCKINGER, Francisco (Traun, Áustria 1919 - Porto Alegre RS 2009)
Guerreiro
Escultura em bronze 76 x 18 x 5 cm
Escultor, gravador, desenhista, caricaturista, xilógrafo, professor. Vem para o Brasil em 1921. Em 1929, fixa-se em São Paulo e faz curso de desenho com Anita Malfatti (1889-1964) no Colégio Mackenzie. Em 1937, passa a viver no Rio de Janeiro e inicia estudos no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro em 1946. Trava contato com Bruno Giorgi (1905-1993), e freqüenta o ateliê do artista, no antigo hospício da Praia Vermelha, entre 1947 e 1950. Convive também com Oswaldo Goeldi (1895-961), Marcelo Grassmann (1925-2013) e Maria Leontina (1917-1984). Realiza caricaturas e charges políticas para jornais. Em 1954, transfere-se para Porto Alegre, para trabalhar na diagramação do jornal A Hora. Nesse período, começa a realizar xilogravuras. Em 1956, ano em que se naturaliza brasileiro, é eleito presidente da Associação Rio-Grandense de Artes Plásticas Francisco Lisboa, cargo que ocupa em 1957 e em 1978. É fundador e primeiro diretor do Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre, em 1961, e diretor do Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli - Margs e da Divisão de Artes do Departamento de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura do Estado, em 1967. Ministra curso de escultura com modelo vivo com Vasco Prado (1914-1998), no Margs em 1985. Recebe, em 1994, o título de cidadão honorário de Porto Alegre e, em 1997, o prêmio do Ministério da Cultura na área de artes plásticas.
FONTE:http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa9462/francisco-stockinger
Lançar
3x 2.500,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.500,00
43
Sylvio Pinto( 1918, Rio de Janeiro, RJ 1997)
65x81 o.s.t.
Boulevard parisiense, déc. 1960
Procedência Galeria Dom Quixote - Rio de Janeiro
Lançar
3x 1.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 1.000,00
44
Sylvio Pinto ( 1918, Rio de Janeiro, RJ 1997)
65 x 46 cm. o.s.t.
Casario do interior, década 1970.
Lançar
3x 900,00
seja o primeiro a lançar
3x 900,00
50
Oscar Pereira da Silva (1867- 1939)
São Paulo, 1931
Ass. inf. direito
O.S.T.
Medidas: 35 x 50 cm.
Do mesmo ano, 1931 é a tela "Aclamação de Amador Bueno", (65 × 87 cm) acervo do Masp e estudo para o grande painel (170 x 225 cm) conservado no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.
Lançar
3x 6.100,00
seja o primeiro a lançar
3x 6.100,00
51
BELMIRO de Almeida (Serro MG 1858 - Paris França 1935)
Paisagem francesa
Guache s/ papel 23 x 34 cm ass. inf. esquerdo
(...)"Em obras como Retrato de Abigail Seabra, 1900 ou Paisagem em Dampierre, 1919, o artista inspira-se na técnica PONTILHISTA, as pinceladas curtas valorizam os tons, mas obedecem à orientação dos planos. Já Mulher em Círculos, 1921, dialoga com a estética do futurismo.

Belmiro de Almeida revela, ao longo de sua carreira grande ecletismo: experimenta constantemente novas técnicas, às quais alia a interpretação pessoal e a maestria na fatura das obras. Paralelamente à carreira de pintor, tem uma importante atividade como caricaturista, à qual deve boa parte de seu prestígio, trabalhando em importantes jornais e revistas da época: O Malho, Diabo a Quatro e A Cigarra, entre outros, e fundando O Rataplan (1886) e João Minhoca (1901). Manifesta na caricatura o interesse por assuntos sociais, representa os contratempos do cotidiano, no trabalho e no lazer, em charges cáusticas. Artista de espírito polêmico e inconformado, sua obra tem caráter inovador no panorama das artes brasileiras."
FONTE: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa22617/belmiro-de-almeida
Lançar
3x 12.666,67
seja o primeiro a lançar
3x 12.666,67
56
FLEXOR, Samson (Soroca- Bessarábia, Rússia 1907 - São Paulo SP 1971)
Sem título, 1965
Aquarela s/ papel
Ass. inf. direito
Medidas: 34 x 48 cm.
Lançar
3x 6.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 6.000,00
57
GOELDI, Oswaldo (1895-1961)
O Ladrão
Xilogravura s/ papel arroz
Sem assinatura
Medidas: 22 x 17 cm.
Lançar
3x 2.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.000,00
61
ROMANELLI, Armando (1945)
Ovelhas, 1983
Ass. inf. direito e verso
O.S.T.
Medidas: 60 x 60 cm.
Apresenta no verso etiqueta da Galeria Contorno
Lançar
3x 2.500,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.500,00
66
Bianco, Enrico
100 x 81 cm. o.s.t.
Figura feminina, década de 1950.
Consta restauro e reforço das bordas da tela.
Procedência Galeria Dom Quixote - Rio de Janeiro
Lançar
3x 3.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 3.000,00
67
Bustamante Sá (Rio de Janeiro/RJ, 1907 - idem, 1988)
Medidas: 38 x 55 cm
O.S.T.
Igreja da Penha

Biografia:
Pintor, exerceu também o magistério de arte. Estudou na Escola Nacional de Belas Artes, onde foi aluno de Amoedo e Rodolfo Chambelland. Em 1931, integrou o grupo fundador do Núcleo Bernardelli, em cujo aprendizado teve orientação de Manoel Santiago. No Salão Nacional de Belas Artes, conquistou, entre outros prêmios, o de viagem ao país em 1938 e o de viagem ao estrangeiro em 1949 (este na Divisão Moderna). Com o prêmio de viagem, estudou em Paris na Academia Julian, de 1950 a 1952. Integrou o júri do Salão Nacional de Arte Moderna nos anos 60, e realizou individuais em galerias do Rio de Janeiro e de São Paulo. Entre 1976 e 1977, expôs na Venezuela, na Grécia, no Canadá e nos Estados Unidos. A MCR Galeria de Arte, de Salvador, realizou mostra póstuma do artista em 1995. Em 1983, Walmir Ayala escreveu a seu respeito: "Instintivo e sensorial, com todos os gostos aguçados para os prazeres legítimos da vida, Bustamante transmite na pintura este sentir orgânico. Não sensualiza propriamente as atitudes, mesmo quando se trata de um nu, mas infiltra a cor, a luz e a sombra, de um prazer visual que se revela na calidez da pintura celada, no ouro da terra, no mistério dos verdes. Nesta clave foi nitidamente original, timbrando de imediatismo e passionalidade o espaço de suas projeções. Livrou-se, assim, sabiamente, das influências impressionistas de Manoel Santiago, enveredando por uma pintura menos clínica e mais transpirada."

Referências: O Brasil por seus artistas (MEC, 1979) e Arte brasileira (Colorama, 1985), de Walmir Ayala; 100 obras Itaú (MASP, 1985); A pintura de Bustamante Sá (Cabicieri, 1986), de Quirino Campofiorito; 150 anos de pintura no Brasil: 1820/1970 (Ilustrado pela coleção Sergio Fadel, Colorama, 1989), de Donato Mello Júnior, Ferreira Gullar e outros; Núcleo Bernardelli: arte brasileira nos anos 30 e 40 (Pinakotheke, 1982) e Cronologia das artes plásticas no Rio de Janeiro 1816-1994 (Topbooks, 1995), de Frederico Morais.

FONTE: CDA
Lançar
3x 666,67
seja o primeiro a lançar
3x 666,67
78
Oscar Horácio Palácios (Córdoba, Argentina, 14/08/1926)
Medidas: 19 x 24 cm.
O.S.E.
Nu feminino
1 lance
Lançar
3x 450,00
1 lance
3x 450,00
84
GOELDI, Oswaldo (1895-1961)
O Ladrão, déc. 1950
Xilogravura
Ass. inf. direito
Medidas: 21,5 x 17 cm.
Intitulado e num. 278/400 inf. esquerdo. Reproduzido na pág. 28 do livro Oswaldo Goeldi (Rio de Janeiro: Pactual - Instituto Cultural The Axis, 2002), na pág. 89 do livro Goeldi (São Paulo: Cosac Naify, 1999), de Rodrigues Naves, e na pág. 45 do livro Oswaldo Goeldi - um autorretrato, de Noemi Silva Ribeiro.
Lançar
3x 2.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 2.000,00
91
Henrique Cavalleiro (1892-1975)
Vaso de flores, 1925
O.S.T.
Ass. inf. direito
Medidas: 53 x 73 cm.
Ex-coleção Ruth Aklander
BIOGRAFIA: Henrique Campos Cavalleiro (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1892 – Idem,1975). Pintor, desenhista, caricaturista, ilustrador e professor. Começa estudando desenho e, cedo, faz ilustrações para a revista O Malho. A partir de 1910, na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), é aluno de Zeferino da Costa (1840-1915) e Eliseu Visconti (1866-1944) que se torna seu sogro. Ganha o prêmio de viagem ao exterior em 1918, ano em que se matricula na Académie Julian, em Paris, na qual estuda por seis meses. Em seguida, monta ateliê próprio, onde trabalha até o final da estada. Em 1923 e 1924, expõe na Société Nationale des Beaux-Arts e no Salon des Artistes Français. Volta em 1925 e faz uma individual no Rio de Janeiro e outra em São Paulo. As atividades de ilustrador e caricaturista continuam, e ele colabora com os periódicos Fon-Fon, A Manhã, O Teatro, O Jornal, Ilustração Brasileira e O Cruzeiro. Em 1930, retorna a Paris para estudar artes decorativas. A partir de 1938, ocupa, interinamente, a cadeira de arte decorativa na Enba e, mais tarde, torna-se professor de pintura por concurso. Participa da 1ª Bienal de São Paulo, em 1951, e, no ano seguinte, da mostra Um Século de Pintura Brasileira, no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), Rio de Janeiro. Em 1965, recebe o título de professor emérito da Enba. Abre uma retrospectiva no MNBA em 1975, pouco antes de sua morte.
FONTE: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa6110/henrique-cavalleiro
Lançar
3x 2.333,33
seja o primeiro a lançar
3x 2.333,33
95
TOMIE OHTAKE
"Máscara"
46x29x13 cm.
papier marché com haste de bronze em box de acrílico.
Lançar
3x 8.333,33
seja o primeiro a lançar
3x 8.333,33
96
TOMIE OHTAKE
"Máscara"
46x29x13 cm.
Escultura de papier maché com haste em bronze, em box de acrílico, 1989.
CERTIFICADO DE CATALOGAÇÃO NO INSTITUTO: (21/06/2000)- Ópera: Um Baile de Máscaras. Teatro Municipal do Rio de Janeiro e Teatro Municipal de São Paulo: http://www.institutotomieohtake.org.br/tomie_ohtake/interna/exposicoes-individuais-brasil.
Lançar
3x 8.333,33
seja o primeiro a lançar
3x 8.333,33
106
Desiré Thomassin (Viena, 1858)
MEDIDAS: 21,5 x 34 cm.
TÉCNICA: O.S.M.
TEMÁTICA: Caminho
MOLDURA: sob medida, madeira laqueada e folha ouro.

Désiré Thomassin, nasceu em 11 de fevereiro de 1858 na cidade de Viena, Áustria.
Cotação internacional média: € 7.000 / 10.000 (vide fotos)
Filho de um oficial de alta patente e atuante no comando administrativo do duque de Parma e de uma mãe alemã.
Em 1877, aos 19 anos, Thomassin ingressa na Real Escola de Música de Munique, onde, até 1881, foi aluno de professores Josef Gabriel Rheinberger e Hieber Max.
Após graduar-se em 1883, Thomassin trabalhou em diversas instituições como professor de música. Apesar de algum reconhecimento nesta área, ele não poderia alimentar sua família com o baixo ganho da musica. Portanto, ele se concentrou em pintura, ingressou na “Royal Academy of Arts” e tinha Wilhelm von Diez como um dos seus professores e principal orientador em Munique.
Apesar de seu talento para a pintura, ele não conseguiu melhorar a sua situação econômica precária e se sujeitou a trabalhar na casa “Anger leilões”, lá pintava quadros comerciais aos quais assinava com o pseudônimo, Renardt.
O foco de obras de Thomassin foram as cenas campestres de gênero e paisagens costeiras apoiadas no estilo naturalista.
Thomassin fez parte da colônia de artistas Dachau e foi membro da Associação Nacional dos Artistas Plásticos da Alemanha.

Lançar
3x 600,00
seja o primeiro a lançar
3x 600,00
109
SUED, Eduardo (1925)
Sem título, 2003
O.S.T.
Ass. verso
Medidas: 90 x 155 cm.
Lançar
3x 12.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 12.000,00
110
Bruno Giorgi (1905-1993)
Sem título
Escultura em mármore branco
Assinatura na peça
Medidas: 37 x 65 cm.
Lançar
3x 6.000,00
seja o primeiro a lançar
3x 6.000,00
1
Artur Pereira
Pássaros e frutos - madeira
29 x 18 x 13
1 lance
Lançar
4.500,00
1 lance
4.500,00
2
Isabel Mendes da Cunha
Mãe e filho - cerâmica
83 x 35 x 40
Lançar
9.000,00
seja o primeiro a lançar
9.000,00
3
Bité
São José de botas - madeira
139 x 28,5 x 24
1 lance
Lançar
1.500,00
1 lance
1.500,00
4
Jadir João Egidio
Sem título - madeira
91 x 38 x 7
Lançar
5.500,00
seja o primeiro a lançar
5.500,00
Institutos
apóiam
Contato
Telefone: (35) 99948-4697 / 99935-4693
E-mail: suporte@iarremate.com
Onde estamos
Rua dos Andradas, n.240, sl.8
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
© iArremate - Portal de Arte (2013-2016) - powered by PPSW
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta página da web pode ser reproduzida de nenhum modo, ou por qualquer meio, sem a prévia autorização por escrito de iarremate.com.
O uso ou cópia não autorizada de qualquer conteúdo deste site, incluíndo contas de usuários ou produtos oferecidos resultará no cancelamento permanente da conta.