I want to sign up
If you are not yet registered, click here to continue.
Avaible Pieces
Sort
Display
15
Guerras Holandesas no Brasil - Commelyn, J. Frederick Hendrick Van Nassaun Prince van Orangien Zyn Leven en Bedryf; Door I. Commelyn in't licht chebracht. Met Koopere Figuren versçiert. [Tot Amsterdam by Jadacus Janssonius Anno 1651].1a edição - 21 x 20; Eersten Deels: página de rosto sem imprenta, frontisp. gravado com curto título inserido no motivo alegórico e acima da mencionada imprenta, abaixo da gravura, 2 fls. s.n. c/dedicatória assinada Jodocus Janssonius (retrato de ―Fredericus Henricus A Nassav ‖ no verso da segunda fl.). Texto: 276 pp., 3 fls. s.n c/índice. Tweede Deel: 1 fls.n. c/ meia página de título, 216 pp, 2 fls. s.n. c/índice.

A primeira parte tem 24 gravuras e a segunda 10, quase todas em página dupla, algumas desdobráveis. A última gravura, desdobrável, representa um funeral e seis são de tipos brasileiros (Bahia, Olinda e Recife, Rio Grande, forte de Santo Agostinho, forte da Paraíba, Arraial).Completo texto e plates com todas as gravuras do Brasil

Bibliografias: Sabin, Bosch. Borba de Moraes, pág. 194. Na Holanda, na livraria Asher Rare Books encontra-se um exemplar. Cod. MMC-440

Isaac Commelyn nasceu em Amsterdam, aos 19 de outubro de 1598, falecendo na mesma cidade, em 3 de janeiro de 1676. Livreiro, editor e escritor, foi autor de várias outras obras relativas aos período Brasil Holandes
Bid
R$ 60.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 60.000,00 (BRL)
Cotações
$ 10,800.00 (USD)
$ 9,000.00 (EUR)
$ 1.050.600,00 (ARS)
Cotações
$ 10,800.00 (USD)
$ 9,000.00 (EUR)
$ 1.050.600,00 (ARS)
24
DÉCIO VILLARES (1851-1931) - Pintor responsável por executar a primeira pintura da bandeira do Brasil.
CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEO
Escultura em bronze: "República".
Medidas: 21 x 19,3 x 11,4 cm. com base; 18 x 16 x 10 cm. (escultura).

Décio Villares em muito explorou o tema da República: Nesta representação rara em bronze, observamos uma senhora com o os seios à mostra, remetendo-nos a Mariane - Representação da República Francesa posta a sanar a fome do povo.

BIOGRAFIA: Em 1889, Benjamin Constant, ministro da Guerra da República Velha, aprovou a arte final, que serviu de base à pintura a óleo de Villares. Esta foi molde para que as costureiras confeccionassem as primeiras bandeiras da República.

Os republicanos, defendiam a separação de Estado e Igreja e apoiaram o desenho da Bandeira Nacional, concebido por Raimundo Teixeira Mendes em novembro de 1889, após a Proclamação da República. Os rascunhos foram feitos em dois papéis, sendo que Décio Villares foi o responsável pelo desenho da esfera, onde vem as estrelas e os dizeres "Ordem e Progresso".
Em 2010, foi furtada. A Polícia Federal e a Interpol foram acionadas, mas a obra até hoje não foi recuperada.
Filho de um monarquista detentor do título de Cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa, garantiu-lhe a entrada no Colégio Pedro II e depois na Academia Imperial de Belas Artes, onde matriculou-se na principal instituição de ensino superior em Artes Plásticas do país, relevante para a vida cultural do Império.
A partir 1870, Villares foi caricaturista na Comédia Social, publicada por Pedro Américo e seu irmão Aurélio de Figueiredo. Posteriormente, Aurélio e Villares trabalharam juntos no atelier de Pedro Américo em Florença.
Estudou na Europa por nove anos no exterior, tendo em 1872, quando foi para Paris e matriculou-se no atelier de Alexandre Cabanel, artista francês dos mais influentes na pintura acadêmica e opositor dos impressionistas - era o preferido de Napoleão III.
Villares foi premiado no Salão de Paris de 1874, ganhando a medalha de ouro de melhor pintura de artista estrangeiro.
Em sua estadia em Paris, Villares, deixa o catolicismo e afirma-se na perspectiva positivo-materialista inaugurada pelo filósofo Auguste Comte e, pinta a obra Virgem da Humanidade para o Templo Positivista de Paris. O positivismo torna-se uma constante na sua obra, inclusive o lema "Ordem e Progresso", que usou na bandeira nacional.
Por suas ideias positivistas, se recusa a se naturalizar francês, e perde o cargo de professor da Académie des Beaux-Arts de Paris, conquistado em concurso.
Regressado ao Brasil em 1881, trabalhou esculturas e vários bustos de personagens históricas.
Após seu retorno da Europa, Villares juntamente com Aurélio de Figueiredo recebem uma grande encomenda oficial: 18 telas retratando índios Botocudos para a Exposição Antropológica de 1882, no Museu Nacional com a presença do imperador, D. Pedro II, e da princesa Isabel.
Em 1887, foi eleito professor de pintura histórica na Academia Imperial de Belas Artes, mas nunca assumiu, pedindo inclusive a extinção da Academia de Belas Artes.
Morreu considerado insubordinado recusou o cargo de professor na Ècole de Beaux Arts de Paris e, ao voltar ao Brasil, na Escola Nacional de Belas Artes.
No Museu Nacional de Belas Artes se encontram 22 trabalhos de Villares.
No dia seguinte à sua morte parte de suas obras é incendiada por sua esposa, que num acesso de loucura ateou fogo em seu ateliê.
Bid
R$ 3.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.000,00 (BRL)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 450.00 (EUR)
$ 52.530,00 (ARS)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 450.00 (EUR)
$ 52.530,00 (ARS)
26
LIVRO ARTE DE G. MATHIEU COM AQUARELA DO ARTISTA
Georges Mathieu. - 1º Edição autografada, com aquarela original e dedicatória dentro do texto, datada 69, envelope e uma carta com 5 fls. Manuscritas endereçadas a uma Baronesa de Cabrol com desenhos nas cartas
Hachette-Fabbri / L'Art de notre temps 1969. Fort in-4 cartonnage éditeur pleine toile rouge sous jaquette illustrée & emboitâge. Photo de l'artiste en frontispice. Etude de François Mathey avec une foultitude de reproductions en noir & en couleurs, très souvent à pleine page ou en planches dépliantes. Tirage sur couché. Edition originale en superbe état avec coupures de presse jointes. Unique & précieux exemplaire orné d'une magnifique dédicace autographe de l'artiste, enrichie d'une peinture originale double page avec collage en feutrine (la colle ayant servi à fixer cette dernière a un peu bavé en page de garde)
237 pp. In-fólio menor (31x26).
Bid
R$ 8.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 8.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,440.00 (USD)
$ 1,200.00 (EUR)
$ 140.080,00 (ARS)
Cotações
$ 1,440.00 (USD)
$ 1,200.00 (EUR)
$ 140.080,00 (ARS)
27
Mapa do Regno di Persia, 1679
ROSSI, GIOVANNI GIACOMO DE (1627-1691) / GIACOMO CANTELLI DA VIGNOLA (1643-1695)

Impressionante mapa aquarelado do final do século 17 da região do Mar Negro e do Mar Cáspio ao Golfo Pérsico, Estreito de Hormuz e do rio Indo, a partir de Mercurio Geographico de Rossi. Mapa altamente detalhado, notável, gravado por George Widman. Mostra regiões tribais, cidades, rios, lagos, montanhas, ilhas, baías, rios e muitos outros detalhes.

Regno di Persia con le notizie delle Province Antiche, che più probabilmente corrispondono alle divisioni moderne d'essoregno / descritto con ogni possibile sforzo de Giacomo Cantelli da Vignola sopra le relationi de l'itinerario, e navigationi di Pietro della Valle, dell'Oleario, di Tauernier, di Taueno, di Ienkinson e d'altriillustri Viaggiatori e piloti del nostro secolo; E data in luce da GioIacomo De Rossi in Roma alla Pace Con Pr. del S. Ponl'Anno 1679.
Bid
R$ 1.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.500,00 (BRL)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
46
AUGUSTE MOREAU (1834 / 1917)
"Le Sentier Perdu- Medaille d’or"”.
Escultura bronze A. Moreau.
MEDIDAS: 60 x 31 x 26 cm.

Nascido 1834, Dijon, França e falecido 1917, Le Malesherbois, França
Terceiro filho do escultor e pintor Jean-Baptiste-Louis-Joseph Moreau, formou-se na Escola de Belas Artes de Paris.
Iniciou-se na escultura junto com seu irmão mais velho, Mathurin. Em 1861, ele fez sua estreia no Salon, onde exporia regularmente até 1913.
Seus temas eram principalmente cenas de gênero, pastorais e alegorias; seu estilo era realista e elegante, revelando sua relação com os outros membros da dinastia Moreau.
A semelhança dos nomes às vezes provoca confusão na atribuição de certas obras com o pintor Louis Auguste Moreaux (Rocroi, França 1818 - Rio de Janeiro RJ 1877) que veio para o Brasil no fim da década de 1830.
O artista Auguste Moreau foi membro do Salon des Artistes na França por cerca de 50 anos.

Conviveu com artistas famosos, Henri Matisse e o entalhador Georges Gimel, seus contemporâneos na "École des Beaux-Arts", Auguste se tornou muito conhecido no século XIX, quando a capital francesa foi várias vezes palco de famosas e grandes feiras mundiais.

A primeira feira mundial francesa foi realizada em 1855. Pela primeira vez houve um palco para as tendências artísticas modernas e um pavilhão especial, o "Palais des Beaux-Arts", foi construído para isso.
Outras feiras mundiais aconteceram em 1867, 1878 e 1889. Para a feira de 1889, a famosa Torre Eiffel foi construída e tornou-se um símbolo internacional de Paris.

A "Exposition internationale des Arts Décoratifs et industriels modernes", aconteceu em 1925 e foi dedicada às artes e ofícios e ao design industrial. A exposição tornou-se um grande palco para a vanguarda tendência artística Art déco.

Auguste Moreau certamente tinha pontos de contato com as artes decorativas, mas estava mais interessado no Art Nouveau. Tornou-se um importante representante desta tendência artística marcada pelos motivos e ornamentos florais, pelas linhas curvas e, pela procura de fundir a vida com a arte.

O extraordinário artista Faleceu em 1917.

1 bid
Bid
R$ 2.500,00 (BRL)
1 bid
Valor do lote
R$ 2.500,00 (BRL)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
47
Imperador Dom Pedro I do Brasil
Esculturação em placa em cobre, por A. Rojo a partir da obra de Simplício de Sá, do ano 1826, hoje exposta no Museu Imperial.
Medidas: 60 x 50 cm.
Bid
R$ 750,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 750,00 (BRL)
Cotações
$ 135.00 (USD)
$ 112.50 (EUR)
$ 13.132,50 (ARS)
Cotações
$ 135.00 (USD)
$ 112.50 (EUR)
$ 13.132,50 (ARS)
55
NICOLAS BELLIN, MAPA DA AMÉRICA MERIDIONAL Séc XVIII - CARTE DE L'AMERIQUE MERIDIONALE Publicado no Livro A História Geral das Viagens (L'Historie Generale des Voyages) escrito por Prévost e publicado por Didot em Paris.

Medidas:34 x 45cm, na moldura 48 x 60cm. T'ome 12, in 8°, page 386.

De 1745 a 1759, o Padre Prévost lançou por assinatura sua obra que foi publicada desde 1759 até agora nas diferentes línguas de todas as nações. Mais conhecido por seus romances ( Manon Lescaut, Cleveland), o padre Prévost está também na origem da primeira grande compilação de relatos de viagens. A sua obra ficcional faz parte do despertar de um renascimento romântico, baseando uma estética na referência ao natural. Para fazer isso, ele usa trechos de certos relatórios de viagens.
Bid
R$ 1.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.500,00 (BRL)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
87
TEIXEIRA LOPES, Antonio (escultor português, 1866-1942)
BRONZE MACIÇO,
SELO: E. A. TEIXEIRA LOPES- GAYA- PORTUGAL

44X26X17 CM.
1 bid
Bid
R$ 2.500,00 (BRL)
1 bid
Valor do lote
R$ 2.500,00 (BRL)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
96
Noticia da MORTE da RAINHA D. MARIA ISABEL ao GOVERNADOR DO PIAUÍ COLONIAL

Carta endereçada á ELIAS JOSÉ RIBEIRO DE CARVALHO (o ÚLTIMO GOVERNADOR DO PIAUÍ COLONIAL) onde a a câmara municipal da província do piauínotifica o recebimento de oficio entregado pelo Governador relatando a Noticia da MORTE da RAINHA D. MARIA ISABEL.
JOSÉ ELIAS foi o ultimo governador do piauí colonial, suas obras contemplam a criação dos correios do Maranhão, instalação de uma vara de juiz de fora em Oeiras, e enfrentar planos revolucionários para a derrubada de seu governo.
D. Maria isabel foi a terceira filha de DOM JOÃO VI, era a irmã mais velha do futuro imperador D. PEDRO I, casou-se com o REI FERNANDO VII DA ESPANHA, morreu em 1818 após lhe retalharem o ventre em uma desastrosa cesariana.
As páginas são do papel italiano GIOR MAGNANI (autenticado por sua marca d’agua que ostenta seu brasão e nome), esta marca era muito bem quista pelos nobres da época e para redigir documentos oficiais. Tanto, em 1810 o famoso papel produzido por Cartieri Magnani foi utilizado por NAPOLEÃO BONAPARTE em seus convites de casamento real com Maria Luiza da Áustria.



Transcrição do documento:

Carta endereçada á ELIAS JOSÉ RIBEIRO DE CARVALHO (o ÚLTIMO GOVERNADOR DO PIAUÍ COLONIAL) onde a a câmara municipal da província do piauínotifica o recebimento de oficio entregado pelo Governador relatando a Noticia da MORTE da RAINHA D. MARIA ISABEL.
josé eliasfoi
D. Maria isabel foi a terceira filha de DOM JOÃO VI, era a irmã mais velha do futuro imperador D. PEDRO, casou-se com o REI FERNANDO VII DA ESPANHA, morreu em 1818 após lhe retalharem o ventre em uma desastrosa cesariana.

Illmo. e Exmo. Im.

Pelo Off. da V. Exmo. de 18 de outubro próximo po…ado do… de..a , fomos scientes da infanita triste noticia do falecimento da sereníssima senhora Rainha Catholica D. Maria Isabel, muito amada, e prezada filha dos nossos augustos soberanos, o que nos deixa inteiramente penalizados; e fassamos respeitar qto. V. Excia. no seu dito oficio nos determina.
Deos G. a V. Excia. .. m. a. como tanto nos há m..ter. Jer.. do Piauhy em secção de 30 de obro. de 1819

Illmo. e Exmo. Sos. Gos. Elias Jose Ribeiro de Carvalho
D. Vs. Excia.

Humes. Substos.

O presidente Vicente Veri. Suims.
O Viriador Ante. Pera. da Costa
O procurador Manoel José de Passos.




MEDIDAS: 30,7 X 42,7cm. Folha Dupla, Papel com Marca d’agua GIOR MAGNANI e Brasão.
Bid
R$ 800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 800,00 (BRL)
Cotações
$ 144.00 (USD)
$ 120.00 (EUR)
$ 14.008,00 (ARS)
Cotações
$ 144.00 (USD)
$ 120.00 (EUR)
$ 14.008,00 (ARS)
107
PABLO PICASSO

Litografia original de Picasso
La Comedie Humaine, produzida em 1954.
Impresso pelo renomado Mourlot Fréres.
Título: Peintre et Femme (Painter and Nude Woman), de Verve, 1954
Litografia colorida em papel tecido
Imagem:10 3/8 pol. X 13 pol. (25,4 cm x 33 cm)

Assinatura:
Esta obra é assinada à mão por Pablo Picasso (Málaga, 1881 - Mougins, 1973) a lápis no canto inferior esquerdo.

Este trabalho está em excelentes condições.

A litografia colorida, reflete sobre a solidão e a velhice, o artista no final de sua vida cria imagens inusitadas e infantilmente ingênuas do mundo do teatro e do circo. Acrobatas, cavaleiros, anões, palhaços coexistem com modelos nus e artistas em máscaras teatrais.

Criada em 1954, Pablo Picasso Peintre et Femme (Pintor e Mulher Nua), da Verve, 1954 é uma litografia colorida sobre papel tecido assinado à mão por Pablo Picasso (Málaga, 1881 - Mougins, 1973) a lápis no canto inferior esquerdo. Numerada a partir da edição de 75 no canto inferior direito, esta obra foi publicada pela Verve e impressa pela Mourlot, Paris.

Catálogo Raisonné & COA:
Pablo Picasso Peintre et Femme (Pintor e Mulher Nua), de Verve, 1954 está referenciado no catálogoraisonnée.

1. Wofsy, Alan, ed. Projeto Picasso: pinturas, aquarelas, desenhos e escultura de Picasso. The Fifties I 1950-1955 . San Francisco: Alan Wofsy Fine Arts, 2000. Desenho original listado e ilustrado como catálogo raisonné

A Comédia Humana é um dos maiores projetos narrativos da história da literatura do escritor francês Honoré de Balzac (1799-1850).
Bid
R$ 12.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 12.000,00 (BRL)
Cotações
$ 2,160.00 (USD)
$ 1,800.00 (EUR)
$ 210.120,00 (ARS)
Cotações
$ 2,160.00 (USD)
$ 1,800.00 (EUR)
$ 210.120,00 (ARS)
108
BRUNO GIORGI
Banhista em pé,
Bronze maciço, Selo Zani
72X15X17 CM.
Bruno Giorgi,
Seus pais vieram da região da Toscana e, em 1905 nasceu Bruno Giorgi em Mococa.

Sua primeira grande obra publica foi Monumento à Juventude Brasileirapara o Ministério da Educação e Cultura, atual Palácio da Cultura, em 1942.

Em 1967, esculpiu o Meteoro para o Palácio do Ministério das Relações Exteriores, o sucesso foi tão grande que precisou esculpir outros em menores dimensões para atender Galerias e Colecionadores. A maquete do Meteoro recebeu o Grande Prêmio de Escultura de Milão, em 1966, e estampou os jornais europeus. Esta serie foi até o fim de sua vida a mais cobiçada.

Em 1989, para o Memorial da América Latina, em São Paulo, criou a obra Integração.

Aos 6 anos, sua família mudou-se para os arredores de Carrara, cidade do famoso mármore, que no futuro, viria a ser a principal matéria-prima para suas obras .

Em Roma, matriculou-se na Academia de Artes. Na Itália, na Italia torna-se anarquista quando seu tio paterno fundou o anarco-sindicalismo italiano.

Com o pai, negociava café, mas dos 25 aos 30 anos, Bruno militou na resistência ao Fascismo. Detido cumpriu quatro anos por conspirar.

Em 1937, foi extraditado e instalou-se no Rio de Janeiro. No mesmo ano transferiu-se para Paris, onde estudou nas academias La Grande Chaumière e Ranson.

Em 1940, ao retornar, convive com Portinari, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade e Victor Brecheret e o amigo Alfredo Volpi, nascido na Toscana, terra natal de seu pai.

Em 1942 foi para o Rio de Janeiro, trabalhar em obras encomendadas por Niemeyer e Lucio Costa, na construção de Brasília.

Nos anos 1952 a 1954, fez parte da Comissão Nacional de Belas Artes.

Entre 1951 participou da Primeira Bienal de São Paulo.

Em 1953, recebeu da Bienal Internacional de São Paulo o Prêmio Nacional de Escultura.

Ainda em 1955 e1957, exibiu nas edições III e IV, da Bienal de São Paulo.

Foi medalhista de prata da Divisão Moderna do Salão Nacional de Belas Artes e, participou de inúmeras exposições no Brasil e Europa. Suas Obras estão em importates Museus do Brasil e do mundo.

Na década de 60, se aventurou em abstração, mas sua escultura volumétrica é figurativa de formas estilizadas. Em 1965, passou à formas geométricas e a trabalhar em mármore branco de Carrara.

Considerado o mais importante escultor brasileiro contemporâneo, faleceu em 1993 deixando uma historia em mais de 60 matrizes e obras.
Bid
R$ 6.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 6.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,080.00 (USD)
$ 900.00 (EUR)
$ 105.060,00 (ARS)
Cotações
$ 1,080.00 (USD)
$ 900.00 (EUR)
$ 105.060,00 (ARS)
111
GIORGI, BRUNO
ESCULTURA Mámore carrara,
Bloco maciço,"LABAREDA"
Ass. B.G.
Dec. 1960
Med. 75x25x25 cm.

Bruno Giorgi,
Seus pais vieram da região da Toscana e, em 1905 nasceu Bruno Giorgi em Mococa.

Sua primeira grande obra publica foi Monumento à Juventude Brasileirapara o Ministério da Educação e Cultura, atual Palácio da Cultura, em 1942.

Em 1967, esculpiu o Meteoro para o Palácio do Ministério das Relações Exteriores, o sucesso foi tão grande que precisou esculpir outros em menores dimensões para atender Galerias e Colecionadores. A maquete do Meteoro recebeu o Grande Prêmio de Escultura de Milão, em 1966, e estampou os jornais europeus. Esta serie foi até o fim de sua vida a mais cobiçada.

Em 1989, para o Memorial da América Latina, em São Paulo, criou a obra Integração.

Aos 6 anos, sua família mudou-se para os arredores de Carrara, cidade do famoso mármore, que no futuro, viria a ser a principal matéria-prima para suas obras .

Em Roma, matriculou-se na Academia de Artes. Na Itália, na Italia torna-se anarquista quando seu tio paterno fundou o anarco-sindicalismo italiano.

Com o pai, negociava café, mas dos 25 aos 30 anos, Bruno militou na resistência ao Fascismo. Detido cumpriu quatro anos por conspirar.

Em 1937, foi extraditado e instalou-se no Rio de Janeiro. No mesmo ano transferiu-se para Paris, onde estudou nas academias La Grande Chaumière e Ranson.

Em 1940, ao retornar, convive com Portinari, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade e Victor Brecheret e o amigo Alfredo Volpi, nascido na Toscana, terra natal de seu pai.

Em 1942 foi para o Rio de Janeiro, trabalhar em obras encomendadas por Niemeyer e Lucio Costa, na construção de Brasília.

Nos anos 1952 a 1954, fez parte da Comissão Nacional de Belas Artes.

Entre 1951 participou da Primeira Bienal de São Paulo.

Em 1953, recebeu da Bienal Internacional de São Paulo o Prêmio Nacional de Escultura.

Ainda em 1955 e1957, exibiu nas edições III e IV, da Bienal de São Paulo.

Foi medalhista de prata da Divisão Moderna do Salão Nacional de Belas Artes e, participou de inúmeras exposições no Brasil e Europa. Suas Obras estão em importates Museus do Brasil e do mundo.

Na década de 60, se aventurou em abstração, mas sua escultura volumétrica é figurativa de formas estilizadas. Em 1965, passou à formas geométricas e a trabalhar em mármore branco de Carrara.

Considerado o mais importante escultor brasileiro contemporâneo, faleceu em 1993 deixando uma historia em mais de 60 matrizes e obras.
Bid
R$ 16.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 16.000,00 (BRL)
Cotações
$ 2,880.00 (USD)
$ 2,400.00 (EUR)
$ 280.160,00 (ARS)
Cotações
$ 2,880.00 (USD)
$ 2,400.00 (EUR)
$ 280.160,00 (ARS)
111a
CARLOS ARAUJO (São Paulo SP 1950)
ESCULTURA EM BRONZE
"BUSTO DE MULHER"
70x50x50 cm.
Pino para fixação.

Carlos Araújo

Nasceu em São Paulo em 1950 onde entre 1971 e 1975 cursa engenharia na Universidade Mackenzie.
Em 1973, foi convidado para a exposição “Imagens do Brasil”, em Bruxelas.
Em 1974 sua a primeira exposição individual acontece, a convite de Pietro Maria Bardino MASP.
Em 1979, novamente expõe no MASP.
Em 1980, o governo brasileiro presenteia o Papa João Paulo II com a obra Anunciação, um painel de sua autoria.
Em 1984, é premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte.
Em 1987, retorna ao MASP, pela terceira vez,com mais uma exposição Individual.
Em 1989 - Paris (França) - Carlos Araújo: pinturas e esculturas, na Galerie Furstemberg
Em 1989, em Paris expõe na Galerie Furstemberg e lança o livro “Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse” que continha uma série limitada de litogravuras.
O artista pintou 900 telas com passagens da Bíblia. Lançou, na Bienal de Arte Contemporânea de Florença, um livro ecumênico com as imagens, de 685 páginas, prefaciado pelo Papa Bento XVI.
1 bid
Bid
R$ 4.000,00 (BRL)
1 bid
Valor do lote
R$ 4.000,00 (BRL)
Cotações
$ 720.00 (USD)
$ 600.00 (EUR)
$ 70.040,00 (ARS)
Cotações
$ 720.00 (USD)
$ 600.00 (EUR)
$ 70.040,00 (ARS)
112
DITINHO E JOANA
ESCULTURA "ARQUITETURA HUMANA - FAZENDO VINHO"
53 X 67 X 58 cm.

Benedito da Silva Santos é o nome de Ditinho Joana, ex – lavrador, nascido em 12 de Março de 1945 no Bairro do Quilombo, em São Bento do Sapucaí na Serra da Mantiqueira.
Iniciou seu trabalho de escultor em 1974 quando encontrou uma raiz com várias formas de bichos como: girafa, gato, cavalo e cachorro. Essa raiz foi a inspiração que o fez começar a esculpir em madeira.
Seu primeiro trabalho foi um padre e um índio feito na luz de lamparina clareado pela sua mãe Maria Joana. Essa escultura permanece até hoje em seu ateliê.
Ditinho Joana tem como principal característica registrar com muita sensibilidade uma parcela representativa do povo brasileiro: a comunidade rural.
Sua primeira exposição foi em 1979 em São Paulo na Avenida Europa onde começou a ser divulgado e neste mesmo ano foi avaliado por Pietro Maria Bardi no MASP e ganhou um espaço para mostrar seu trabalho na Record num programa cultural.
Hoje ainda continua esculpindo com seus três filhos retratando o povo da roça, mas também retrata algumas profissões dos dias atuais, santos, objetos, símbolos, etc.
Bid
R$ 12.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 12.000,00 (BRL)
Cotações
$ 2,160.00 (USD)
$ 1,800.00 (EUR)
$ 210.120,00 (ARS)
Cotações
$ 2,160.00 (USD)
$ 1,800.00 (EUR)
$ 210.120,00 (ARS)
113
DITINHO E JOANA
Escultura em madeira: "BOTINHA", 2012
11x20x10 cm.

Benedito da Silva Santos é o nome de Ditinho Joana, ex – lavrador, nascido em 12 de Março de 1945 no Bairro do Quilombo, em São Bento do Sapucaí na Serra da Mantiqueira.
Iniciou seu trabalho de escultor em 1974 quando encontrou uma raiz com várias formas de bichos como: girafa, gato, cavalo e cachorro. Essa raiz foi a inspiração que o fez começar a esculpir em madeira.
Seu primeiro trabalho foi um padre e um índio feito na luz de lamparina clareado pela sua mãe Maria Joana. Essa escultura permanece até hoje em seu ateliê.
Ditinho Joana tem como principal característica registrar com muita sensibilidade uma parcela representativa do povo brasileiro: a comunidade rural.
Sua primeira exposição foi em 1979 em São Paulo na Avenida Europa onde começou a ser divulgado e neste mesmo ano foi avaliado por Pietro Maria Bardi no MASP e ganhou um espaço para mostrar seu trabalho na Record num programa cultural.
Hoje ainda continua esculpindo com seus três filhos retratando o povo da roça, mas também retrata algumas profissões dos dias atuais, santos, objetos, símbolos, etc.
Bid
R$ 1.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.000,00 (BRL)
Cotações
$ 180.00 (USD)
$ 150.00 (EUR)
$ 17.510,00 (ARS)
Cotações
$ 180.00 (USD)
$ 150.00 (EUR)
$ 17.510,00 (ARS)
114
BRUNO GIORGI
MARMORE carrara e bloco granito preto
"ELIPSE"
20x13x7 cm.

Bruno Giorgi,
Seus pais vieram da região da Toscana e, em 1905 nasceu Bruno Giorgi em Mococa.

Sua primeira grande obra publica foi Monumento à Juventude Brasileirapara o Ministério da Educação e Cultura, atual Palácio da Cultura, em 1942.

Em 1967, esculpiu o Meteoro para o Palácio do Ministério das Relações Exteriores, o sucesso foi tão grande que precisou esculpir outros em menores dimensões para atender Galerias e Colecionadores. A maquete do Meteoro recebeu o Grande Prêmio de Escultura de Milão, em 1966, e estampou os jornais europeus. Esta serie foi até o fim de sua vida a mais cobiçada.

Em 1989, para o Memorial da América Latina, em São Paulo, criou a obra Integração.

Aos 6 anos, sua família mudou-se para os arredores de Carrara, cidade do famoso mármore, que no futuro, viria a ser a principal matéria-prima para suas obras .

Em Roma, matriculou-se na Academia de Artes. Na Itália, na Italia torna-se anarquista quando seu tio paterno fundou o anarco-sindicalismo italiano.

Com o pai, negociava café, mas dos 25 aos 30 anos, Bruno militou na resistência ao Fascismo. Detido cumpriu quatro anos por conspirar.

Em 1937, foi extraditado e instalou-se no Rio de Janeiro. No mesmo ano transferiu-se para Paris, onde estudou nas academias La Grande Chaumière e Ranson.

Em 1940, ao retornar, convive com Portinari, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade e Victor Brecheret e o amigo Alfredo Volpi, nascido na Toscana, terra natal de seu pai.

Em 1942 foi para o Rio de Janeiro, trabalhar em obras encomendadas por Niemeyer e Lucio Costa, na construção de Brasília.

Nos anos 1952 a 1954, fez parte da Comissão Nacional de Belas Artes.

Entre 1951 participou da Primeira Bienal de São Paulo.

Em 1953, recebeu da Bienal Internacional de São Paulo o Prêmio Nacional de Escultura.

Ainda em 1955 e1957, exibiu nas edições III e IV, da Bienal de São Paulo.

Foi medalhista de prata da Divisão Moderna do Salão Nacional de Belas Artes e, participou de inúmeras exposições no Brasil e Europa. Suas Obras estão em importates Museus do Brasil e do mundo.

Na década de 60, se aventurou em abstração, mas sua escultura volumétrica é figurativa de formas estilizadas. Em 1965, passou à formas geométricas e a trabalhar em mármore branco de Carrara.

Considerado o mais importante escultor brasileiro contemporâneo, faleceu em 1993 deixando uma historia em mais de 60 matrizes e obras.
Bid
R$ 2.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.000,00 (BRL)
Cotações
$ 360.00 (USD)
$ 300.00 (EUR)
$ 35.020,00 (ARS)
Cotações
$ 360.00 (USD)
$ 300.00 (EUR)
$ 35.020,00 (ARS)
116
ALFREDO CESCHIATTI
"A Criação do Homem"
Conquistou com "A Criação do Homem", o prêmio de viagem ao exterior no 51º Salão Nacional de Belas Artes.
Placa em bronze
Medindo: 45 x 56 cm. -
Peça assinada
Datada 1944

Foi um dos principais colaboradores de Oscar Niemeyer na integração arte-arquitetura.
Em 1940, entra para na Escola Nacional de Belas Artes.
Em 1944, surge o primeiro projeto com Oscar Niemeyer: O baixo-relevo do batistério da Igreja de São Francisco de Assis, na Pampulha, em Belo Horizonte.
Em 1948 realiza a primeira exposição individual no Instituto dos Arquitetos do Brasil - IAB.
Em 1956, vence o concurso de projetos para o Monumento aos Mortos da II Guerra Mundial, no Rio de Janeiro, alusivo às Três Forças Armadas.
Integrou a Comissão Nacional de Belas Artes em 1960.
De 1963 a 1965 lecionou escultura e desenho na Universidade de Brasília.
De sus famosas obras em Brasília, destacam-se:
As Banhistas, em frente ao Palácio da Alvorada,
A Justiça, em frente ao Superior Tribunal Federal,
Os Anjos e Os Quatro Evangelistas, na Catedral,
As Gêmeas, na cobertura do Palácio do Itamaraty.
Bid
R$ 3.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.800,00 (BRL)
Cotações
$ 684.00 (USD)
$ 570.00 (EUR)
$ 66.538,00 (ARS)
Cotações
$ 684.00 (USD)
$ 570.00 (EUR)
$ 66.538,00 (ARS)
117
Vera Mukhina - 1889-1953
"Rabochy i Kolhoznitza"
(O trabalhador e a menina da Kolkhoz).
Importante e histórica escultura de bronze, representando o monumento original criado em 1937 para o Pavilhão Soviético da Feira Mundial de Paris.
A original, hoje localizada em Moscou, era feita de aço inoxidável laminado e, media 24 metros de altura.
O bronze oferecido aqui é limitadíssimo de uma serie criada em 1937, para agraciar à Chefes de Estado e visitantes soviéticos de alto escalão na exposição de Paris.
O pavilhão soviético ficava em frente ao da Alemanha nazista, projetado por Albert Speer, que era decorado por uma enorme Águia de bronze.
Tanto Speer quanto o arquiteto soviético, Boris Iofan, receberam medalhas de ouro por seus projetos.

O Lote acompanha um cartão postal de 1937 com a representação da ecsultura em tamanho real.

'Rabochy i Kolhoznitza' é aceita como a escultura russa mais significativa do século 20, e sua escultora Vera Mukhina a maior escultora russa.
Bid
R$ 17.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 17.000,00 (BRL)
Cotações
$ 3,060.00 (USD)
$ 2,550.00 (EUR)
$ 297.670,00 (ARS)
Cotações
$ 3,060.00 (USD)
$ 2,550.00 (EUR)
$ 297.670,00 (ARS)
165
BRUNO GIORGI
Banhista sentada,
Bronze maciço
MED 48 X 33 X 30 CM

Bruno Giorgi,
Seus pais vieram da região da Toscana e, em 1905 nasceu Bruno Giorgi em Mococa.

Sua primeira grande obra publica foi Monumento à Juventude Brasileirapara o Ministério da Educação e Cultura, atual Palácio da Cultura, em 1942.

Em 1967, esculpiu o Meteoro para o Palácio do Ministério das Relações Exteriores, o sucesso foi tão grande que precisou esculpir outros em menores dimensões para atender Galerias e Colecionadores. A maquete do Meteoro recebeu o Grande Prêmio de Escultura de Milão, em 1966, e estampou os jornais europeus. Esta serie foi até o fim de sua vida a mais cobiçada.

Em 1989, para o Memorial da América Latina, em São Paulo, criou a obra Integração.

Aos 6 anos, sua família mudou-se para os arredores de Carrara, cidade do famoso mármore, que no futuro, viria a ser a principal matéria-prima para suas obras .

Em Roma, matriculou-se na Academia de Artes. Na Itália, na Italia torna-se anarquista quando seu tio paterno fundou o anarco-sindicalismo italiano.

Com o pai, negociava café, mas dos 25 aos 30 anos, Bruno militou na resistência ao Fascismo. Detido cumpriu quatro anos por conspirar.

Em 1937, foi extraditado e instalou-se no Rio de Janeiro. No mesmo ano transferiu-se para Paris, onde estudou nas academias La Grande Chaumière e Ranson.

Em 1940, ao retornar, convive com Portinari, Tarsila do Amaral, Mário de Andrade e Victor Brecheret e o amigo Alfredo Volpi, nascido na Toscana, terra natal de seu pai.

Em 1942 foi para o Rio de Janeiro, trabalhar em obras encomendadas por Niemeyer e Lucio Costa, na construção de Brasília.

Nos anos 1952 a 1954, fez parte da Comissão Nacional de Belas Artes.

Entre 1951 participou da Primeira Bienal de São Paulo.

Em 1953, recebeu da Bienal Internacional de São Paulo o Prêmio Nacional de Escultura.

Ainda em 1955 e1957, exibiu nas edições III e IV, da Bienal de São Paulo.

Foi medalhista de prata da Divisão Moderna do Salão Nacional de Belas Artes e, participou de inúmeras exposições no Brasil e Europa. Suas Obras estão em importates Museus do Brasil e do mundo.

Na década de 60, se aventurou em abstração, mas sua escultura volumétrica é figurativa de formas estilizadas. Em 1965, passou à formas geométricas e a trabalhar em mármore branco de Carrara.

Considerado o mais importante escultor brasileiro contemporâneo, faleceu em 1993 deixando uma historia em mais de 60 matrizes e obras.
Bid
R$ 7.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 7.800,00 (BRL)
Cotações
$ 1,404.00 (USD)
$ 1,170.00 (EUR)
$ 136.578,00 (ARS)
Cotações
$ 1,404.00 (USD)
$ 1,170.00 (EUR)
$ 136.578,00 (ARS)
191a
YUTAKA TOYOTA (Tendo, Japão, 1931)
"ESPAÇO QUARTA DIMENSÃO", 1976
ESCULTURA DE PAREDE
97X132X12 CM.
Bid
R$ 14.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 14.000,00 (BRL)
Cotações
$ 2,520.00 (USD)
$ 2,100.00 (EUR)
$ 245.140,00 (ARS)
Cotações
$ 2,520.00 (USD)
$ 2,100.00 (EUR)
$ 245.140,00 (ARS)
197d
SILVA PALMEIRA (Santarém, Portugal 1934)
P.A. 2012 cena urbana
Papel Fabriano, mancha no passepartout.
70X86/84X101 cm.

BIOGRAFIA: Nasceu em Santarém em 1934, Iniciou a sua atividade artística como pintor em 1948 na área da cerâmica, altura em que estudou desenho e pintura com Ramos Ribeiro.
Realizou a primeira exposição em Goa. Em 1977, criou os primeiros cartões para tapeçaria e formou, em conjunto com outros dois artistas, o grupo G.I.P. No ano de 1997 recebeu, em Paris, a Medalha de Prata Mérite et Dévouemant Français e no ano seguinte recebeu a Medalha de Bronze Arts-Sciences-Lettres, atribuída na mesma cidade.
Está representado em coleções nacionais e internacionais.
Bid
R$ 400,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 400,00 (BRL)
Cotações
$ 72.00 (USD)
$ 60.00 (EUR)
$ 7.004,00 (ARS)
Cotações
$ 72.00 (USD)
$ 60.00 (EUR)
$ 7.004,00 (ARS)
198h
GUSTAVO ROSA(São Paulo, 1946-2013)
23x23/30x30/36x36cm
Lote com 3 pratos em porcelana printada: homem, cachorro, cachorro.
Bid
R$ 600,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 600,00 (BRL)
Cotações
$ 108.00 (USD)
$ 90.00 (EUR)
$ 10.506,00 (ARS)
Cotações
$ 108.00 (USD)
$ 90.00 (EUR)
$ 10.506,00 (ARS)
200
SAN GENARO- BUSTO RELICÁRIO DO SANTO BISPO DE NÁPOLES
ITÁLIA SÉCULO XVIII.
ESCULTURA EM COBRE, Cabeça e Anjos em bronze maciço.
MEDIDAS: 36 x 29 x 23 cm.
RESERVA FRONTAL: Cena da decapitação em frente ao Imperador Diocleciano em 305 d.C.
CAPA:presa por arremate com pedraria,VERSO: “O olho que tudo vê”, no triângulo, representação da GNOSE, criação do mundo por DEUS.
BASE: …… ladeada por dois anjos


A ORIGEM DO BUSTO RELICÁRIO : O Rei Carlos II, contratou três ourives franceses para fazer um busto - relicário que guardasse a cabeça e sangue do Santo. 
Concluído em 1305, foi exposto para veneração pública. Carlos II, Filho do conquistador de Nápoles em 1.266, Carlos I, estabeleceu um governo que duraria quase 200 anos.
O presente deu início à tendência: Papas, imperadores, reis, chefes de Estado, aristocratas e pessoas comuns doariam oferendas votivas ao santo. 
“O TESOURO DE SAN GENARO” consta atualmente de 21.000 objetos, uma coleção tão valiosa que eclipsa até mesmo as jóias da coroa do Reino Unido.

O MILAGRE: 17 de agosto de 1389, a primeira ocorrência registrada do sangue ressequido de 1.000 anos que se liquefez milagrosamente quando foi erguido durante uma procissão. A população pedia ao Santo que ajudasse a acabar com a fome que estava devastando a cidade. “O MILAGRE DE SAN GENARO”, como ficou conhecida a LIQUEFAÇÃO , tornou-se um ritual regular. Até hoje, três vezes por ano, o arcebispo de Nápoles celebra uma missa durante a qual as ampolas são expostas com seu conteúdo seco e pulverulento e, em seguida, exibidas novamente quando o conteúdo se torna líquido.
Bid
R$ 4.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.500,00 (BRL)
Cotações
$ 810.00 (USD)
$ 675.00 (EUR)
$ 78.795,00 (ARS)
Cotações
$ 810.00 (USD)
$ 675.00 (EUR)
$ 78.795,00 (ARS)
201
Dominique ALONZO (French, active 1910 to 1930)
BRONZE ORMOLU E MARFIM
"MENINO NO TRAVESSEIRO"
6X18X12 cm.
BIOGRAFIA: foi aluno de Alexandre Falguière. Ele foi um artista francês conhecido pela escultura e expôs várias vezes no Salon des Artistes Français em Paris 1912-1926.
Bid
R$ 1.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.500,00 (BRL)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
202
Georges OMERTH (act.1895-1925)
BRONZE ORMOLU E MARFIM
"POCKETS II"
17x8x8 cm. Sobre base circular mármore
Reproduzido na Enciclopédia ABAGE, figura 593. Tomo 3.
BIOGRAFIA: As datas de vida de Omerth não são conhecidas na literatura. Foi aluno do escultor Albert-Ernest Carrier-Belleuse , atuou como artista de 1895 a 1925 e expôs nos salões da Société des Artistes Français de Paris.
Omerth fez inúmeras figuras e estatuetas de crianças, mulheres e homens nos estilos clássico, Art Nouveau e Art Déco , a maioria para o Éditeur d'art (editor de arte) e escultor Edmond Etling . Ele usou materiais como bronze, criselefantino , marfim, zinco e porcelana de biscoito .


Bid
R$ 3.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.000,00 (BRL)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 450.00 (EUR)
$ 52.530,00 (ARS)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 450.00 (EUR)
$ 52.530,00 (ARS)
203
Dominique ALONZO (French, active 1910 to 1930)
BRONZE E BISCUIT Plaqueta: "FIANÇAILLES", base originalmente oca em Petit.
*Uma asa pombo quebrada.
26X14X14 cm.
BIOGRAFIA: foi aluno de Alexandre Falguière. Ele foi um artista francês conhecido pela escultura e expôs várias vezes no Salon des Artistes Français em Paris 1912-1926.
Bid
R$ 2.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.500,00 (BRL)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
Cotações
$ 450.00 (USD)
$ 375.00 (EUR)
$ 43.775,00 (ARS)
204
Joseph D'ASTE ( Nápolis, 1881 - 1945)
Bronze maciço
"CRIANÇAS BRINCANDO",
Base mármore: 30x42x18 cm.
BIOGRAFIA: Giuseppe D'Aste ou Joseph d'Aste, é um escultor de origem italiana nascido em Nápoles em 1881 e falecido em 1945, que trabalhou principalmente na França, mais precisamente em Paris. Joseph d'Asté mudou-se para Paris por volta de 1900 e expôs no Salon des artistes français em 1905. Seus grupos escultóricos, que muitas vezes representam crianças, em sua maioria retratam crianças em cenas da vida rural e popular. Um desses grupos, 'Paysans et enfants', criado entre 1850 e 1909, está incluído nas coleções do Musée d'Orsay. Joseph d'Asté esteve ativo até 1935.
Traduzir
Bid
R$ 7.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 7.800,00 (BRL)
Cotações
$ 1,404.00 (USD)
$ 1,170.00 (EUR)
$ 136.578,00 (ARS)
Cotações
$ 1,404.00 (USD)
$ 1,170.00 (EUR)
$ 136.578,00 (ARS)
205
Rudolph KÜCHLER (Austrian, 1867-1954)
BRONZE DORÉE
"EVA"
47X16X14 cm, sobre base bloco mármore oval

BIOGRAFIA: Küchler estudou na Academia de Arte de Viena de 1883 a 1890 e depois trabalhou em Berlim, onde fez esculturas arquitetônicas para o Hotel Esplanade , o teatro em Nollendorfplatz e para casas particulares. Em Hamburgo, ele fez esculturas como decoração de fachada para o Berlin Hotel Excelsior .
Em nome de Julius Menadier , diretor do Gabinete de Moedas e Medalhas de Berlim , ele projetou medalhas comemorativas para a Primeira Guerra Mundial de 1914 a 1917 . [1] [2]
Outras obras de Küchler foram (seleção):

Busto de Heinrich Heine , encomendado por Elisabeth da Áustria-Hungria
Esgrimista , figura de bronze, início do século 20
Eva , figura de bronze (nua), por volta de 1900
Ferreiro , figura de bronze
Portador de jarro
Guerreiro , por volta de 1890
A vida é trabalho
Hermes , Bronzefigur
Porta-lança com coroa de louros
Garota nua em Art Nouveau
Mulher com flores , figura de bronze
Os banhistas , figura de bronze, 1898
Bid
R$ 4.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.000,00 (BRL)
Cotações
$ 720.00 (USD)
$ 600.00 (EUR)
$ 70.040,00 (ARS)
Cotações
$ 720.00 (USD)
$ 600.00 (EUR)
$ 70.040,00 (ARS)
206
MEDNAT ( France, 1890-1920 )
BRONZE E BISCUIT,
Plaqueta: "A LA MER".
Assinatura e Selo de fundição.
24,5x13x11 cm.

Bid
R$ 1.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.500,00 (BRL)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
Cotações
$ 270.00 (USD)
$ 225.00 (EUR)
$ 26.265,00 (ARS)
208
Clement ROUSSEAU (1872-1950)
BRONZE E MARFIM "PATISSIER"
Bronze maciço com resquício de douração
32x16x12 cm.,
Sobre base mámore verde.
três outras esculturas do mesmo autor reproduzidas fotograficamente no livro ART DECO, BRYAN CATLEY, página 285.
Bid
R$ 4.200,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.200,00 (BRL)
Cotações
$ 756.00 (USD)
$ 630.00 (EUR)
$ 73.542,00 (ARS)
Cotações
$ 756.00 (USD)
$ 630.00 (EUR)
$ 73.542,00 (ARS)
institutes
support
Contact
Horário de Atendimento: das 12:30h às 17:30h, das 19:00h às 22:00h e em plantão durante os leilões.
Phone iArremate: (35) 99935-4693
E-mail: sac@iarremate.com
Where are we
Pça Ismael de Souza, 11, sala 9H - Estação
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
Plantão durante o pregão
Telefone: (35) 99948-4697
E-mail: suporte@iarremate.com
© iArremate - Portal de Arte (2013-2021) - powered by PPSW
All rights reserved. No part of this web page may be reproduced in any way or by any means without the prior written consent of iarremate.com.
The unauthorized use or copying of any content of this site, including user accounts or products offered will result in permanent account cancellation.