I want to sign up
If you are not yet registered, click here to continue.
Avaible Pieces
Sort
Display
1a

Alfredo VOLPI “Dança, 1932”. Óleo sobre cartão Ass. inf. esquerdo Ex-coleção Lily Marinho Reproduzido no livro "Arte Brasileira" na coleção Lily Marinho, em página inteira, pág. 60/61. Exposição no Museu Nacional (21/04 a 17/06/2007, Brasília/DF) Reproduzido no catálogo do leilão da coleção realizado em maio de 2008 organizado por Soraia Cals e Evandro Carneiro. Medidas: 34 x 40 cm. Com moldura: 70 x 76 cm.

Bid
R$ 250.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 250.000,00 (BRL)
Cotações
$ 50,000.00 (USD)
$ 45,000.00 (EUR)
$ 9.122.500,00 (ARS)
Cotações
$ 50,000.00 (USD)
$ 45,000.00 (EUR)
$ 9.122.500,00 (ARS)
2

TARSILA DO AMARAL Óleo sobre tela Medidas: 49 x 35 cm. Com moldura: 69,5 x 56 cm. "Retrato de Velho, 1919" Catalogado no Raisonné: P009, volume 1, página 66, coleção particular de São Paulo. Assinatura C.I.D.

Bid
R$ 450.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 450.000,00 (BRL)
Cotações
$ 90,000.00 (USD)
$ 81,000.00 (EUR)
$ 16.420.500,00 (ARS)
Cotações
$ 90,000.00 (USD)
$ 81,000.00 (EUR)
$ 16.420.500,00 (ARS)
3

Portinari CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEO Título: “Auto Retrato” Medida: 19 x 15,5 cm Técnica: Desenho a nanquim e bico-de-pena/papel Ano: 1957 No verso, autenticação e inscrições de Maria Portinari "DN 493" e "N° 977" Atestado De Autenticidade Do Projeto Portinari N° 418. Observações: A assinatura do artista foi estampada em conformidade com os incisos I a IV do artigo 25 da Lei nº 5.988, de 14/12/73 (Lei do Direito Autoral), e também em conformidade com a prática internacional.Cândido Portinari nasceu em Brodowski, no estado de São Paulo em 30 de dezembro de 1903 dois dias antes de 1904, o não da eclosão da Revolta da Vacina, contra a vacinação obrigatória, na cidade do Rio de Janeiro. Semelhante a Picasso, começa a pintar aos 9 anos e, torna-se um dos maiores pintores da história tendo a O.N.U. abdicado de uma Tapeçaria da Guernica pelos painéis Guerra e Paz de Portinari. Em 1920 com quinze anos, matricula-se na Escola Nacional de Belas-Artes e em 1928 com apenas 24 anos conquistou o Prêmio de Viagem à Europa. Em 1922 recebe Menção Honrosa por um retrato, provavelmente de seu amigo Ezequiel Fonseca Filho. Em 1927 com Retrato do Dr. Antônio Ferreira dos Santos recebe a Grande Medalha de Prata da XXXIV Exposição Geral de Belas Artes da Escola Nacional de Belas Artes. Possibilitando, em 1928, na XXXV Exposição Geral de Belas Artes ganhar o Prêmio de Viagem à Europa, com mais um retrato o de Olegario Mariano Em Paris, mora momentaneamente, em Montparnasse, reduto de artistas, porém, muda-se para o Hôtel du Dragon na mesma rua da Académie Julien, que frequenta e, no ano de 1930, percebe sua vocação: “Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor…” Antonio Callado escreve no magnifico livro de Portinari: “...arte que ensina os brasileiros a amarem mais sua terra...” Retorna em 1931 e, põe-se a retratar com cores fortes a pobreza, as dificuldades, a dor do povo, da cultura, da flora, da fauna e da história. Pintando em 1934 “Despojados” - a obra de temática social. Neste ano, a primeira instituição pública adquire obra, “Mestiço”, pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 1935, no Instituto de Ar

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
4

Pablo Picasso Título: “Deux Femme au Mirroir” Medida: 42 x 32 cm Técnica: Água-tinta sobre papel Rives Excepcional trabalho Ano: 1966 Observações: Parte do portfólio Sables Mouvant. Publicado por Louis Broder, Paris, impresso pelo Atelier Crommelynck, Paris. Baseada no último poema de Reverdy, Sable Mouvant (Areia Movediça). Picasso ilustrou o poema com uma série de 10 aquatintas com o tema “Pintor e Modelo”, um gênero quase independente na obra de Picasso. Acompanha o livro.

Bid
R$ 18.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 18.000,00 (BRL)
Cotações
$ 3,600.00 (USD)
$ 3,240.00 (EUR)
$ 656.820,00 (ARS)
Cotações
$ 3,600.00 (USD)
$ 3,240.00 (EUR)
$ 656.820,00 (ARS)
5

MARIA MARTINS (1894-1973) Título: “Composição surrealista” Medida: 17 x 15 cm Técnica: Ponta seca e Água tinta Ano: 1940

1 bid
Bid
R$ 4.000,00 (BRL)
1 bid
Valor do lote
R$ 4.000,00 (BRL)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
6

Portinari CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEOTítulo: “Retrato de Murilo Mendes” Medida: 34 x 25 cm Técnica: Desenho a grafite e sépia sobre papel Ano: 1931 Observações: Estudo para a pintura “Retrato de Murilo Mendes”. No verso, a obra “Mulher, Cabeças e Objetos”, (1931), desenho a grafite/papel. Com expertiseCândido Portinari nasceu em Brodowski, no estado de São Paulo em 30 de dezembro de 1903 dois dias antes de 1904, o não da eclosão da Revolta da Vacina, contra a vacinação obrigatória, na cidade do Rio de Janeiro. Semelhante a Picasso, começa a pintar aos 9 anos e, torna-se um dos maiores pintores da história tendo a O.N.U. abdicado de uma Tapeçaria da Guernica pelos painéis Guerra e Paz de Portinari. Em 1920 com quinze anos, matricula-se na Escola Nacional de Belas-Artes e em 1928 com apenas 24 anos conquistou o Prêmio de Viagem à Europa. Em 1922 recebe Menção Honrosa por um retrato, provavelmente de seu amigo Ezequiel Fonseca Filho. Em 1927 com Retrato do Dr. Antônio Ferreira dos Santos recebe a Grande Medalha de Prata da XXXIV Exposição Geral de Belas Artes da Escola Nacional de Belas Artes. Possibilitando, em 1928, na XXXV Exposição Geral de Belas Artes ganhar o Prêmio de Viagem à Europa, com mais um retrato o de Olegario Mariano Em Paris, mora momentaneamente, em Montparnasse, reduto de artistas, porém, muda-se para o Hôtel du Dragon na mesma rua da Académie Julien, que frequenta e, no ano de 1930, percebe sua vocação: “Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor…” Antonio Callado escreve no magnifico livro de Portinari: “...arte que ensina os brasileiros a amarem mais sua terra...” Retorna em 1931 e, põe-se a retratar com cores fortes a pobreza, as dificuldades, a dor do povo, da cultura, da flora, da fauna e da história. Pintando em 1934 “Despojados” - a obra de temática social. Neste ano, a primeira instituição pública adquire obra, “Mestiço”, pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 1935, no Instituto de Ar

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
7

Portinari CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEO Título: “Nonna de Jardinópolis” Medida: 27 x 22 cm Técnica: Desenho a nanquim, bico-de-pena/papel Ano: 1956 Observações: Ilustração no. 4 do livro “Retrato de Portinari”, de Antonio Callado. Atestado De Autenticidade Do Projeto Portinari N° 1302.Cândido Portinari nasceu em Brodowski, no estado de São Paulo em 30 de dezembro de 1903 dois dias antes de 1904, o não da eclosão da Revolta da Vacina, contra a vacinação obrigatória, na cidade do Rio de Janeiro. Semelhante a Picasso, começa a pintar aos 9 anos e, torna-se um dos maiores pintores da história tendo a O.N.U. abdicado de uma Tapeçaria da Guernica pelos painéis Guerra e Paz de Portinari. Em 1920 com quinze anos, matricula-se na Escola Nacional de Belas-Artes e em 1928 com apenas 24 anos conquistou o Prêmio de Viagem à Europa. Em 1922 recebe Menção Honrosa por um retrato, provavelmente de seu amigo Ezequiel Fonseca Filho. Em 1927 com Retrato do Dr. Antônio Ferreira dos Santos recebe a Grande Medalha de Prata da XXXIV Exposição Geral de Belas Artes da Escola Nacional de Belas Artes. Possibilitando, em 1928, na XXXV Exposição Geral de Belas Artes ganhar o Prêmio de Viagem à Europa, com mais um retrato o de Olegario Mariano Em Paris, mora momentaneamente, em Montparnasse, reduto de artistas, porém, muda-se para o Hôtel du Dragon na mesma rua da Académie Julien, que frequenta e, no ano de 1930, percebe sua vocação: “Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor…” Antonio Callado escreve no magnifico livro de Portinari: “...arte que ensina os brasileiros a amarem mais sua terra...” Retorna em 1931 e, põe-se a retratar com cores fortes a pobreza, as dificuldades, a dor do povo, da cultura, da flora, da fauna e da história. Pintando em 1934 “Despojados” - a obra de temática social. Neste ano, a primeira instituição pública adquire obra, “Mestiço”, pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 1935, no Instituto de Ar

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
8

Portinari CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEO Título: “Retrato do Pintor Cardoso Júnior” Medida: 41 x 25 cm Técnica: Desenho a nanquim e bico-de-pena/papel Ano: 1957 Sem assinatura mas com atestado de autenticidade do Projeto Portinari N° 1308.Cândido Portinari nasceu em Brodowski, no estado de São Paulo em 30 de dezembro de 1903 dois dias antes de 1904, o não da eclosão da Revolta da Vacina, contra a vacinação obrigatória, na cidade do Rio de Janeiro. Semelhante a Picasso, começa a pintar aos 9 anos e, torna-se um dos maiores pintores da história tendo a O.N.U. abdicado de uma Tapeçaria da Guernica pelos painéis Guerra e Paz de Portinari. Em 1920 com quinze anos, matricula-se na Escola Nacional de Belas-Artes e em 1928 com apenas 24 anos conquistou o Prêmio de Viagem à Europa. Em 1922 recebe Menção Honrosa por um retrato, provavelmente de seu amigo Ezequiel Fonseca Filho. Em 1927 com Retrato do Dr. Antônio Ferreira dos Santos recebe a Grande Medalha de Prata da XXXIV Exposição Geral de Belas Artes da Escola Nacional de Belas Artes. Possibilitando, em 1928, na XXXV Exposição Geral de Belas Artes ganhar o Prêmio de Viagem à Europa, com mais um retrato o de Olegario Mariano Em Paris, mora momentaneamente, em Montparnasse, reduto de artistas, porém, muda-se para o Hôtel du Dragon na mesma rua da Académie Julien, que frequenta e, no ano de 1930, percebe sua vocação: “Vou pintar aquela gente com aquela roupa e com aquela cor…” Antonio Callado escreve no magnifico livro de Portinari: “...arte que ensina os brasileiros a amarem mais sua terra...” Retorna em 1931 e, põe-se a retratar com cores fortes a pobreza, as dificuldades, a dor do povo, da cultura, da flora, da fauna e da história. Pintando em 1934 “Despojados” - a obra de temática social. Neste ano, a primeira instituição pública adquire obra, “Mestiço”, pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 1935, no Instituto de Ar

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
9

Diego Rivera (Atribuído) Sem Título Medida: 31 x 38 cm Técnica: Mista

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
10

Portinari “Retrato de João Candido com Cavalo” Medidas: 117,5 x 112 cm. Panneau em tinta gráfica Série produzida para Cândido Portinari, pela Adriática Têxtil. A obra geradora, em óleo, data de 1941.

Bid
R$ 6.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 6.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
11

BRECHERET Victor. BRONZE. Importante obra desse artista maior. Peça denominada Torso masculino em rico bronze patinado medindo 25 x 21 x 35 cm. Assinada e codificada sob o número 433340. Essa peça trata-se da terceira de uma série de até seis exemplares. Importante peça para grandes acervos e coleções. Acompanha certificado emitido pela Sra. Sandra Brecheret Pellegrini.

Bid
R$ 38.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 38.000,00 (BRL)
Cotações
$ 7,600.00 (USD)
$ 6,840.00 (EUR)
$ 1.386.620,00 (ARS)
Cotações
$ 7,600.00 (USD)
$ 6,840.00 (EUR)
$ 1.386.620,00 (ARS)
12

MARIA MARTINS (1894-1973) Título: “Sombras - Anunciação” Medida: 22 x 18 cm. Técnica: Tiragem em bronze cinzelado e patinado, escultura. Sombras/Anunciação - O original, medindo: 79x80x47 cm.; foi produzido em 1952 em gesso, representa a visita do Anjo da Anunciação a Virgem Maria, e é patrimônio da UNESP. MARIA MARTINS (1894-1973) foi uma mulher à frente de seu tempo, escultora, desenhista, gravadora e escritora. Casada com o diplomata brasileiro Carlos Martins Pereira e Sousa (1884-1965), viveu muitos anos na Europa onde iniciou os seus estudos em pintura e escultura. Em 1939, muda-se com Carlos Martins para Washington D.C. Posteriormente, aluga um apartamento em Nova York onde estuda escultura com Jacques Lipchitz (1891 - 1973), realizando trabalhos em bronze. Em 1941, faz sua primeira exposição individual, na Corcoran Art Gallery, em Nova York. Conhece André Breton (1896 - 1966), que a apresenta a artistas europeus ligados ao movimento surrealista e ao dadaísmo, como Michel Tapiè (1909 - 1987), André Masson (1896 - 1987), Yves Tanguy (1900 - 1955), Max Ernst (1891 - 1976) e Marcel Duchamp (1887 - 1968). Em 1948, muda-se para Paris, onde seu ateliê torna-se local de encontro de intelectuais e artistas. Volta definitivamente ao Brasil em 1950. Colabora na organização das primeiras Bienais Internacionais de São Paulo e na fundação do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro - MAM/RJ. Sombras/Anunciação foi produzida em 1952 em gesso, as esculturas representam a visita do Anjo da Anunciação a Virgem Maria.

Bid
R$ 22.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 22.000,00 (BRL)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
Cotações
$ 4,400.00 (USD)
$ 3,960.00 (EUR)
$ 802.780,00 (ARS)
13

EBERHARD ENCKE (1881-1936) "TILL EULENSPIEGEL", personagem do folclore medieval alemão e da Ópera de Richard Strauss. Escultura em bronze. Assinada e numerada: Fec-06. Medidas: 32,5 x 18,5 x 7 cm. BIOGRAFIA: EBERHARD FERDINAND ENCKE (27 de outubro de 1881 em Neubabelsberg, Potsdam, Brandenburg - 22 de outubro de 1936 em Bad Nauheim, Hessen) Escultor e medalhista, filho do conhecido escultor Erdmann Encke (1843-1896), primeiro estudou em Munique e em Berlim antes de ir para Roma (1906-1908), mas acabou voltando para Berlim. Após a Primeira Guerra Mundial, ele criou principalmente monumentos de guerra. Ele também esculpiu os dois pugilistas na Fehrbellinerplatz em Berlim-Wilmersdorf e na Praça da Prefeitura em Hamburgo-Harburg. Seu monumental grupo Rosselenker ( Steeds Steerer) na antiga Embaixada da Alemanha em São Petersburgo foi destruída em 1914. As duas estátuas apresentadas para os concursos de arte em 1928, que eram esculturas de bronze de aproximadamente 2,35 m de altura de dois jogadores de futebol no parque público Jungfernheide na cidade de Berlim-Siemens, foram fundido em 1942 como importante material de guerra para armas pelo Reich alemão. Entre seus trabalhos finais estavam esculturas esportivas, incluindo os dois grupos de corredores de 4 m de altura para os Jogos Olímpicos de Verão de 1936. Ele morreu em 1936 durante uma estadia em um spa em Bad Nauheim. No final da Segunda Guerra Mundial, sua casa, incluindo seu inventário, seu estúdio e suas obras de arte, foi saqueada ou destruída por vandalismo. FONTES: http://www.olympedia.org/athletes/920611 https://de.wikipedia.org/wiki/Eberhard_Encke https://www.friedenau-aktuell.de/exkurs-klein-carrara/eberhard-encke/ MONUMENTOS DO ESCULTOR NA ALEMANHA: Relevo portal na Mannesmann House em Düsseldorf, 1912 Decoração da fachada do edifício central do edifício administrativo da Continental AG , Hanôver, por volta de 1913 Eleitor Friedrich I de Brandenburg , fonte memorial em Treuenbrietzen , 1913; Monumento derretido na Segunda Guerra Mundial. Rosse liderando Dioscuri no prédio da Embaixada da Alemanha em São Petersburgo , 1912 (destruído em 1914) Pugilistas da Fehrbelliner Platz em Berlim-Wilmersdorf , grupo de bronze em tamanho real, premiado com a Medalha de Ouro da Prússia de Arte em 1912, colocado no vizinho Preußenpark por volta de 1923 , perdido [2] Pugilistas para a praça da prefeitura em Harburg ad Elbe (hoje Hamburgo-Harburg , Harburger Rathausstraße), 1913, segundo elenco do grupo de esculturas em Berlim-Wilmersdorf Figuras e relevo de empena para o crematório no cemitério de Wilmersdorf Duas figuras de coelho nos trilhos da ponte Hasensprung em Berlim -Grunewald, década de 1920 Memorial de guerra para os caídos do XXII. Corpo de Reserva na Primeira Guerra Mundial, Berlim-Wilmersdorf, 1924 Memorial de guerra para os mortos do Regimento de Granadeiros Kaiser Franz Garde, Berlim-Kreuzberg , 1924 Outros memoriais de guerra em Minden , Bunzlau e Zeuthen antigo monumento VDI ( Alexisbad , agora em frente à casa VDI em Düsseldorf ) e placa (na assembleia geral em Colônia 1931) para o 75º aniversário da VDI, 1931 Grupos escultóricos "The Pursuit of Olympic Victory Prize" para os Jogos Olímpicos de Verão de 1936 , Pariser Platz. COTAÇÕES: Vendido por £ 11.312 (R$ 71.266): https://www.bonhams.com/auctions/25323/lot/38/?category=list DO PERSONAGEM: De acordo com o livro do ano 1515 (vide foto anexa) EULENSPIEGEL nasceu em Kneitlingenn (Baixa Saxônia) perto de Brunswickpor volta de 1300. Como um vagabundo, andarilho ele viajou pelo Sacro Império Romano, especialmente o norte da Alemanha, mas também os Países Baixos, Boêmia e Itália. Diz-se que ele morreu em Mölln, Schleswig-Holstein, perto de Lübecke Hamburgo, de Peste Negra em 1350. (...) O sobrenome de EULENSPIEGEL se traduz em "espelho-coruja"; e o frontispício do livro de 1515, bem como sua suposta lápide, o representa como um Rébus composto por uma coruja e um espelho de mão. Tem sido sugerido que o nome é na verdade um trocadilho com uma frase em "baixo alemão" que se traduz como "limpar a bunda". FONTE: https://en-m-wikipedia-org.translate.goog/wiki/Till_Eulenspiegel?_x_tr_sl=en&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=pt-BR&_x_tr_pto=sc

Bid
R$ 7.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 7.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,400.00 (USD)
$ 1,260.00 (EUR)
$ 255.430,00 (ARS)
Cotações
$ 1,400.00 (USD)
$ 1,260.00 (EUR)
$ 255.430,00 (ARS)
14

BRUNO GIORGI Escultura em bronze Título: ORFEU, 1954. Medidas com a base: 82 x 28 cm.

Bid
R$ 6.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 6.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
30

ARNALDO MECOZZI (1876-1932) "o Batismo de Cristo, por São João Batista" Desenho aquarelado Ass. Inf. Dir. Datado: 1922 Medidas: 40 x 24 cm. Com moldura: 58 x 42 cm. BIOGRAFIA: Affreschista de linguagem académica e ligada ao purismo tardio, coloca-a entre os representantes da tradição decorativa romana. Nasceu em 14 de setembro de 1876 e faleceu em 19 de maio de 1932. Estudou em Roma, na Regia Accademia di Belli Arti. Estudou restauração, nas oficinas do Vaticano e trabalhou na decoração e restauração de obras do Palácio Castelgandolfo. Depois de formado, foi trabalhar no atelier de Attilio Palombi no período em que pintou a capela polonesa, com episódios dos mais ilustres santos poloneses, na igreja romana de San Gioacchino in Prati. Trabalhou com o ilustre Cesare Mariani, acadêmico e presidente da Accademia di San Luca, que atuou sobretudo em Roma, onde foi o maior Affreschista do final do século XIX na Italia e trabalhou em inúmeros palácios e igrejas. Lecionou por catorze anos, entre 1898 a 1912, no Nobile Collegio di Mondragone. Na Italia pintou, entre outros: A igreja paroquial de Rocca Priora, A abside e o Presbitério da Catedral de Pescina e, uma série de afrescos, na igreja Santa Maria Dell'Assunta, construída no século XV em Roma, de onde seus afrescos foram perdidos numa reforma mal fadada. Transferiu-se para o Brasil, em 1912, fazendo frequentemente visitas breves ao seu país. Já na capital de São Paulo, imediatamente, ganhou destaque e tornou-se requisitado para pintar afrescos em inúmeras igrejas, dentre elas: Os altares laterais da Igreja da Consolação em 1918: Fuga para o Egito, São José e o Menino e A Morte de São José. Santuário do Sagrado Coração de Maria, em Higienópolis, realizadas entre os anos de 1929 e 1934. A Matriz do São Bom Jesus do Brás tem, em suas paredes e no teto, afrescos com cenas bíblicas, de Arnaldo Mecozzi, Carlos Oswald e Waldemar Cordeiro. Artistas muito renomados à época o que gerou o tombamento pela resolução n 26 da Conpresp datada de 2014. Sua maior obra foi a Catedral de Nossa Senhora do Desterro em Jundiaí onde realizou toda a decoração interna deste enorme e bem elaborado templo. Feito raro à época pois o comum seria contratar vários artistas, dividindo as áreas, como feito entre Mecozzi, Oscar Pereira e Calixto em Santos. Teatro Colégio Anchieta tem seu interior ricamente decorado com afrescos pintados por Mecozzi e esta localizado no centro de Nova Friburgo. Arnaldo Mecozzi morreu de infarto fulminante, em 19 de maio de 1932, em plena atividade, pintando a antiga Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Santos que também possui, em seu interior, pinturas de Benedito Calixto e Oscar Pereira da Silva. Foi notável sua fé em que a arte poderia revitalizar uma hagiografia que estava em declínio com a propagação do protestantismo.

Bid
R$ 1.800,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 1.800,00 (BRL)
Cotações
$ 360.00 (USD)
$ 324.00 (EUR)
$ 65.682,00 (ARS)
Cotações
$ 360.00 (USD)
$ 324.00 (EUR)
$ 65.682,00 (ARS)
31

ARNALDO MECOZZI (1876-1932) "OS QUATRO EVANGELISTAS" 1) S. MARCOS - Evangelista, ladeado por seu símbolo: O Leão. 2) S. Lucas - Evangelista, ladeado por seu símbolo: O Touro. 3) S. Matthaeus - Evangelista, ladeado por seu símbolo: O anjo. 4) S. Johannes - Evangelista, ladeado por seu símbolo: A águia. LOTE COM (4) Desenhos originais aquarela e bico de pena, 1926. Projeto para os Afrescos da Paróquia Imaculado Coração de Maria, Rua Jaguaribe, Vila Buarque, São Paulo. * Med. 30 x 22,3 cm. Com moldura: 44,3 x 36 cm. Obra com moldura nova e protegida por Vidro Museológico, padrão usado na Galeria Paiva Frade, antirreflexo MIROGARD eficiente eliminação de reflexo e protetor contra a luz ultravioleta. BIOGRAFIA: Affreschista de linguagem académica e ligada ao purismo tardio, coloca-a entre os representantes da tradição decorativa romana. Nasceu em 14 de setembro de 1876 e faleceu em 19 de maio de 1932. Estudou em Roma, na Regia Accademia di Belli Arti. Estudou restauração, nas oficinas do Vaticano e trabalhou na decoração e restauração de obras do Palácio Castelgandolfo. Depois de formado, foi trabalhar no atelier de Attilio Palombi no período em que pintou a capela polonesa, com episódios dos mais ilustres santos poloneses, na igreja romana de San Gioacchino in Prati. Trabalhou com o ilustre Cesare Mariani, acadêmico e presidente da Accademia di San Luca, que atuou sobretudo em Roma, onde foi o maior Affreschista do final do século XIX na Italia e trabalhou em inúmeros palácios e igrejas. Lecionou por catorze anos, entre 1898 a 1912, no Nobile Collegio di Mondragone. Na Italia pintou, entre outros: A igreja paroquial de Rocca Priora, A abside e o Presbitério da Catedral de Pescina e, uma série de afrescos, na igreja Santa Maria Dell'Assunta, construída no século XV em Roma, de onde seus afrescos foram perdidos numa reforma mal fadada. Transferiu-se para o Brasil, em 1912, fazendo frequentemente visitas breves ao seu país. Já na capital de São Paulo, imediatamente, ganhou destaque e tornou-se requisitado para pintar afrescos em inúmeras igrejas, dentre elas: Os altares laterais da Igreja da Consolação em 1918: Fuga para o Egito, São José e o Menino e A Morte de São José. Santuário do Sagrado Coração de Maria, em Higienópolis, realizadas entre os anos de 1929 e 1934. A Matriz do São Bom Jesus do Brás tem, em suas paredes e no teto, afrescos com cenas bíblicas, de Arnaldo Mecozzi, Carlos Oswald e Waldemar Cordeiro. Artistas muito renomados à época o que gerou o tombamento pela resolução n 26 da Conpresp datada de 2014. Sua maior obra foi a Catedral de Nossa Senhora do Desterro em Jundiaí onde realizou toda a decoração interna deste enorme e bem elaborado templo. Feito raro à época pois o comum seria contratar vários artistas, dividindo as áreas, como feito entre Mecozzi, Oscar Pereira e Calixto em Santos. Teatro Colégio Anchieta tem seu interior ricamente decorado com afrescos pintados por Mecozzi e esta localizado no centro de Nova Friburgo. Arnaldo Mecozzi morreu de infarto fulminante, em 19 de maio de 1932, em plena atividade, pintando a antiga Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Santos que também possui, em seu interior, pinturas de Benedito Calixto e Oscar Pereira da Silva. Foi notável sua fé em que a arte poderia revitalizar uma hagiografia que estava em declínio com a propagação do protestantismo. *REFERÊNCIA: https://www.descubrasampa.com.br/2018/11/paroquia-imaculado-coracao-de-maria.html

Bid
R$ 4.400,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.400,00 (BRL)
Cotações
$ 880.00 (USD)
$ 792.00 (EUR)
$ 160.556,00 (ARS)
Cotações
$ 880.00 (USD)
$ 792.00 (EUR)
$ 160.556,00 (ARS)
33
Juarez Machado
Título: “Casal na Bicicleta”
Medida: 105 x 60 x 60 cm.
Técnica: Escultura em Metal
Bid
R$ 8.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 8.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,600.00 (USD)
$ 1,440.00 (EUR)
$ 291.920,00 (ARS)
Cotações
$ 1,600.00 (USD)
$ 1,440.00 (EUR)
$ 291.920,00 (ARS)
34
Juarez Machado
Intitulado: “Entre Momentos”
Medidas: 72,5 x 99,5 cm
Técnica: Óleo sobre tela
Ano: 1991, Paris.
Assinado no canto inferior direito e intitulado no verso
Bid
R$ 30.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 30.000,00 (BRL)
Cotações
$ 6,000.00 (USD)
$ 5,400.00 (EUR)
$ 1.094.700,00 (ARS)
Cotações
$ 6,000.00 (USD)
$ 5,400.00 (EUR)
$ 1.094.700,00 (ARS)
36
JUAREZ MACHADO (Joinville, SC 1941)
“Sem título”
Medidas: 100 x 70 cm.
Técnica mista sobre cartão (Pentimento)
Assinado no canto inferior direito
Bid
R$ 6.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 6.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
Cotações
$ 1,200.00 (USD)
$ 1,080.00 (EUR)
$ 218.940,00 (ARS)
37
JUAREZ MACHADO (Joinville, SC 1941)
Sem Título
Medida: 50 x 70 cm
Técnica: Litografia pintada à mão. (Pentimento)
Tiragem: 11/30
Ano: 2015
Bid
R$ 4.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.000,00 (BRL)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
45

RODOLFO AMOEDO (Salvador BA 1857 - Rio de Janeiro RJ 1941) "Retrato de jovem", 1920. Óleo sobre tela. 51 x 41 cm./62 x 52 cm. Assinado e datado no canto inferior direito, 1920. Passou por processo de limpeza e reforço das bordas para entelamento. No verso, apresenta etiqueta da CASA VIEITAS - CARLOS VIEIRA & C. (...) Em 1886, Artur Azevedo informou ao público que o Sr. VIEITAS havia inagurado uma nova sala para exposições na Rua da Quitanda: (...) O Sr. VIEITAS inaugurou, junto ao seu estabelecimento da rua da Quitanda, uma bonita sala para exposição de objetos de arte. A pintura encontrará ali talvez luz demais; os vidros pintados e o mosaico de várias cores, que reveste o assoalho, prejudicarão talvez o efeito artístico dos quadros, que nestas exposições naturalmente pedem singeleza de acessórios e de ornamentação. Daí a severidade, a modéstia - posso dizer assim - dos grandes museus da Europa.(..) FONTE: http://www.dezenovevinte.net/criticas/exposicoes_1880.htm (...) "Esse contexto artístico e social, dada a ausência de bibliografia recente sobre o assunto, pode ser em parte compreendido por meio da leitura dos artigos publicados na imprensa, que trataram da necessidade da organização de exposições de arte, deixadas de lado pela Academia por questões financeiras, e do papel na divulgação de obras de arte das aqui denominadas “galerias” tais como Casa de Wilde, Glace Elegante, Galeria Moncada, Salão Insley Pacheco e Casa Vieitas, entre outras. Desde a década de 1870, estas galerias eram mencionadas em periódicos como a Revista Illustrada como estabelecimentos que promoviam, embora de maneira irregular, a exibição de fotografias e também de pinturas." FONTE: http://www.dezenovevinte.net/criticas/exposicoes_1880.htm Rodolfo Amoedo (Salvador BA 1857 - Rio de Janeiro RJ 1941). Pintor. Muda-se para o Rio de Janeiro em 1868. Estuda no Liceu de Artes e Ofícios, com Victor Meirelles (1832 - 1903) e Antônio de Souza Lobo (1840 - 1909), em 1873. No ano seguinte, matricula-se na Academia Imperial de Belas Artes - Aiba e tem aulas com Agostinho da Motta (1824 - 1878), Victor Meirelles, Zeferino da Costa (1840 - 1915) e Chaves Pinheiro (1822 - 1884). Viaja para Paris em 1879, como pensionista da Aiba, e estuda na Académie Julian e na Ecole National Supérieure des Beaux Arts [Escola Nacional Superior de Belas Artes] de Paris, com os mestres Alexandre Cabanel (1823 - 1889) e Pierre Puvis de Chavannes (1824 - 1898). Retorna ao Brasil em 1887 e realiza sua primeira exposição individual no Rio de Janeiro, em 1888. Nesse ano é nomeado professor honorário de pintura histórica na Aiba e tem como alunos Baptista da Costa (1865 - 1926), Eliseu Visconti (1866 - 1944), Candido Portinari (1903 - 1962), Eugênio Latour (1874 - 1942) e Rodolfo Chambelland (1879-1967), entre outros. Torna-se vice-diretor em 1893, e professor catedrático honoris causa em 1931. Realiza trabalhos de decoração no Palácio Itamaraty, na Biblioteca Nacional, no Supremo Tribunal Federal e no Supremo Tribunal Militar, no Rio de Janeiro; no Museu do Ipiranga - atualmente Museu Paulista da Universidade de São Paulo - MP/USP, em São Paulo; e no Teatro José de Alencar, em Fortaleza. Após sua morte, parte de sua obra é doada ao Museu Nacional de Belas Artes - MNBA no Rio de Janeiro. Fonte: Itaú Cultural

Bid
R$ 13.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 13.000,00 (BRL)
Cotações
$ 2,600.00 (USD)
$ 2,340.00 (EUR)
$ 474.370,00 (ARS)
Cotações
$ 2,600.00 (USD)
$ 2,340.00 (EUR)
$ 474.370,00 (ARS)
46
HENRIQUE BERNARDELLI (Valparaíso, Chile 1858 - Rio de Janeiro RJ 1936)
Histórica obra em óleo sobre tela.
Assinado e localizado: ROMA. (C.1878 - 1886)*
"Virtù e nobiltà di mettere l'Ignoranza al volo" ca. 1743. d'Aprés Giovanni Battista Tiepolo.**
Selo da exposição Irmãos Bernardelli, 1952. M.N.B.A - Ministério da Educação e Saúde.
Medidas: 55,5 x 33 cm./ 70 X 46 cm.

**IMPORTANTE:
Devido ao formato da obra, percebe-se tratar de um esboceto. Sendo a única obra para teto citada no catálogo da exposição Galeria Irmãos Bernardelli no Museu Nacional de Bellas Artes, da qual consta na obra resquícios de carimbo. O projeto para o teto do prédio do Thesouro Nacional, posteriormente incorporado parcialmente em 1908 e definitivamente em 1912 a Escola Nacional de Belas Artes.
Como a antiga AIBA ficava no Becco das Bellas Artes, era vizinha do Thesouro, na avenida Passos, o
que facilitou a fusão dos dois edifícios.

Henrique realizou várias obras sob encomenda como: os famosos painéis da Biblioteca Nacional e o Theatro Municipal. Os afrescos das fachadas do prédio do Museu Nacional de Belas Artes.

**DA TEMÁTICA:"Virtude e Nobreza pondo a Ignorância em Fuga"
Um esboço para o teto do salão da Villa Cordellina em Montecchio Maggiore, perto de Vicenza, pintado para o advogado Carlo Cordellina em 1743. É provável que as figuras envolvidas sejam a VIRTUDE à esquerda, segurando uma coroa de louros, e a NOBREZA à esquerda direita, segurando uma estatueta. Eles são acompanhados por FAMA, tocando uma trombeta, e uma figura feminina vencida, provavelmente IGNORÂNCIA. A alegoria refere-se à clemência dos conquistadores representados nas decorações das paredes do salão: a 'Continência de Cipião' e a 'Família de Darins antes de Alexandre'. Os desenhos preparatórios estão na Biblioteca Pierpont Morgan, em Nova York, e no Musei Civici di Trieste.

**Da influência: "...Viaja para a ITÁLIA em 1878. Em ROMA, frequenta o ateliê de Domenico Morelli, com quem estuda até 1886. Volta ao Brasil no mesmo ano, realiza no Rio de Janeiro uma exposição individual que causa interesse e polêmica no meio local..."

FONTE: https://www-dulwichpicturegallery-org-uk.translate.goog/explore-the-collection/251-300/virtue-and-nobility-putting-ignorance-to-flight/?_x_tr_sl=en&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=pt-BR&_x_tr_pto=sc

REFERÊNCIA FOTOGRÁFICA ANEXA: https://artsandculture.google.com/asset/virtue-and-nobility-putting-ignorance-to-flight/EgHqSbN2xeV6EA
Bid
R$ 18.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 18.000,00 (BRL)
Cotações
$ 3,600.00 (USD)
$ 3,240.00 (EUR)
$ 656.820,00 (ARS)
Cotações
$ 3,600.00 (USD)
$ 3,240.00 (EUR)
$ 656.820,00 (ARS)
47

HENRIQUE BERNARDELLI (Valparaíso, Chile 1858 - Rio de Janeiro RJ 1936) ANFITRITE - CLICK AQUI E ASSISTA O VIDEO O.S.P. Datado: 1921 - Ass. Centro Inferior Medidas: 38 x 38 cm. Com moldura: 57,5 x 52,5 cm.HENRIQUE BERNARDELLI (1857 - 1936) Nascido no Chile, em 1857, mudou-se ainda criança para o Brasil, em 1865, quando seus pais, um violinista e uma bailarina, foram contratados pelo Imperador Dom Pedro II para serem preceptores das princesas imperiais. Em 1870 matricula-se na Academia Imperial de Belas Artes. Entre 1879 e 1888 vive e estuda na Europa. De volta ao Rio de Janeiro em 1888, o artista participou de inúmeras exposições: em 1889, da Exposição Universal de Paris, ganhando medalha de bronze com a tela Os Bandeirantes; em 1890 da Exposição Geral das Belas Artes; em 1893 da Exposição Universal de Chicago. Em 1891, torna-se professor de pintura na recém-inaugurada Escola Nacional de Belas Artes. Leciona na Escola até 1906, passando então a dar aulas particulares em seu atelier. Sua atuação como decorador merece destaque, tendo realizado trabalhos no Theatro Municipal, na Biblioteca Nacional e no Museu Nacional de Belas Artes. Em 1916 conquista uma das mais altas premiações que um artista plástico pode aspirar no Brasil: a Medalha de Honra. Foi membro do Conselho Superior de Belas Artes, para o qual prestou relevantes serviços. O Museu Nacional de Belas-Artes possui 120 obras suas, de diferentes épocas e técnicas. A Pinacoteca do Estado de São Paulo possui cerca de 344 desenhos, entre 41 aquarelas e vários óleos.

Bid
R$ 3.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 3.500,00 (BRL)
Cotações
$ 700.00 (USD)
$ 630.00 (EUR)
$ 127.715,00 (ARS)
Cotações
$ 700.00 (USD)
$ 630.00 (EUR)
$ 127.715,00 (ARS)
48

HENRIQUE BERNARDELLI (Valparaíso, Chile 1858 - Rio de Janeiro RJ 1936) Pintura narrativa em uma Banca de peixes, 1923. Óleo sobre tela Medidas: 158 x 76 cm. / 182 x 101 cm. Moldura Kaminagai, monogramada e pirogravada. BIOGRAFIA: Nascido no Chile, em 1857, mudou-se ainda criança para o Brasil, em 1865, quando seus pais, um violinista e uma bailarina, foram contratados pelo Imperador Dom Pedro II para serem preceptores das princesas imperiais. Em 1870 matricula-se na Academia Imperial de Belas Artes. Entre 1879 e 1888 vive e estuda na Europa. De volta ao Rio de Janeiro em 1888, o artista participou de inúmeras exposições: em 1889, da Exposição Universal de Paris, ganhando medalha de bronze com a tela Os Bandeirantes; em 1890 da Exposição Geral das Belas Artes; em 1893 da Exposição Universal de Chicago. Em 1891, torna-se professor de pintura na recém-inaugurada Escola Nacional de Belas Artes. Leciona na Escola até 1906, passando então a dar aulas particulares em seu atelier. Sua atuação como decorador merece destaque, tendo realizado trabalhos no Theatro Municipal, na Biblioteca Nacional e no Museu Nacional de Belas Artes. Em 1916 conquista uma das mais altas premiações que um artista plástico pode aspirar no Brasil: a Medalha de Honra. Foi membro do Conselho Superior de Belas Artes, para o qual prestou relevantes serviços. O Museu Nacional de Belas-Artes possui 120 obras suas, de diferentes épocas e técnicas. A Pinacoteca do Estado de São Paulo possui cerca de 344 desenhos, entre 41 aquarelas e vários óleos.

Bid
R$ 26.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 26.000,00 (BRL)
Cotações
$ 5,200.00 (USD)
$ 4,680.00 (EUR)
$ 948.740,00 (ARS)
Cotações
$ 5,200.00 (USD)
$ 4,680.00 (EUR)
$ 948.740,00 (ARS)
49

JURANDYR UBIRAJARA CAMPOS (São Paulo, 1912 - 1972) Composição com livros e cachimbo. O.S.T. Medidas: 35 x 45,5 cm. Com moldura: 52 x 62 cm. JURANDYR UBIRAJARA CAMPOS, foi um artista e desenhista publicitário em São Paulo que trabalhou em 1928 no New York Times e lá, nos Estados Unidos, conheceu o adido comercial do Consulado Brasileiro em Nova York Monteiro Lobato, e casou-se, em 1930, com Martha, sua filha. Em 1930, ilustrou a obra de Monteiro Lobato: O Pó de Pirlimpimpim, daí por diante foram inúmeras colaborações com seu sogro, dentre elas, Publicado originalmente em 1944, o Sítio do Picapau Amarelo e a releitura de Voltolino. Também Os Doze Trabalhos de Hércules igualmente de 1944. Paulistano, Jurandyr Ubirajara Campos nasceu em 1903 e faleceu aos 70 anos em 1972. Fugiu de casa no período da Gripe Espanhola com apenas 14 anos. Foi autodidata e criou anúncios, cartazes e folhetos publicitários, ilustrou livros e revistas, desenhou móveis, projetou casas e, em 1943, adotou a profissão de artista plástico. Entre 1920 e 1930, já havia se tornado reconhecido e requisitado pelas agências de publicidade, trabalhando na propaganda da General Motors no Brasil. Em seguida mudou-se para Buenos Aires, onde criou anúncios para agências, inclusive o do Automóvel Clube de Buenos Aires e, posteriormente, seguiu para os Estados Unidos onde trabalha no New York Times. Ao retornar para o Brasil trabalhou ilustrando para A Gazeta e O Estado de S. Paulo e, abriu seu próprio estúdio de publicidade criando capas, ilustrações para livros e campanhas para relevantes agências de publicidade. Em 1935, com Belmonte, ilustrou Geografia da Dona Benta, História das invenções de 1940 e Viagem ao céu de 1943. Ainda criou as ilustrações e capas do Almanaque do Biotônico Fontoura, e modernizou o folheto Jeca Tatuzinho, o caipira paulista. Incentivado por Monteiro Lobato abandonou suas atividades, e dedicou-se apenas a pintura em óleo sobre tela . Em 1947 estudou Cesaro Bernaldo de Quirós, em Buenos Aires, Argentina, e onde conquistou o 1º lugar no “Prêmio Autódromo San Martin”. Em 1948 O jornal O Estado de São Paulo publicou sobre sua exposição individual na Galeria Ita, a mais importante da capital: "...o apreciado pintor demonstra a segurança com que vai adquirindo o pleno domínio de sua arte, galgando-lhe, com admirável segurança, os setores mais complexos e difíceis…" Jurandyr, um dos maiores ilustradores do Sítio do Pica Pau Amarelo em 1950, tornou-se presidente do Salão Paulista de Belas Artes onde obteve os premios: 1941 Pequena Medalha de Prata 1943 Menção honrosa 1957 Pequena Medalha de Ouro 1967 Prêmio “Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo” 1968 2º Prêmio “Conselho Estadual de Cultura” 1969 Prêmio “Viagem ao País” 1972 Grande Medalha de Ouro (homenagem póstuma) e ainda prêmios: Medalha Cultural e Comemorativa do Jubileu de Prata Medalha Cultural e Comemorativa do Jubileu de Pérola. ASSISTA O VÍDEO: https://youtu.be/RrdrZtsetGw

Bid
R$ 2.700,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.700,00 (BRL)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 486.00 (EUR)
$ 98.523,00 (ARS)
Cotações
$ 540.00 (USD)
$ 486.00 (EUR)
$ 98.523,00 (ARS)
50
LEOPOLDO GOTUZZO (Pelotas, RS 1887 - Rio de Janeiro, RJ 1983) -
"Paisagem" - Rio de Janeiro, 1975.
Óleo sobre tela, consta de estudo no verso: "Pão de açúcar".
Assinado frente e verso.
Medidas: 65 x 50 cm./86,5 x 71 cm.

BIOGRAFIA:
Filho de Caetano Gotuzzo, Italiano de Porto Fino Liguri e Leopoldina Netto Gotuzzo.
Primeiros estudos no Colégio Gonzaga, onde recebeu distinção em desenho.
Em 1909, estudou em e desfrutou dos principais museus.
Em 1911, participou ao lado de Antônio Parreiras, Lucio de Albuquerque, Georgina de Albuquerque, Manoel Madruga e outros, da decoração do Pavilhão Brasileiro da Exposição Internacional de Turim
Em 1914, aos 27 anos, iniciou seu trabalho independente em Madri, onde expos seu primeiro trabalho: "Madrileña". Enviou, de lá, obras ao Salão Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro e recebeu Menção de Honra. No Salão seguinte do Salão Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro a recebeu a Medalha de Bronze.
Ainda na Espanha, em Segóvia, pinta paisagens e decide transferir-se para Paris, de onde desloca-se para pintar paisagens em Montigny-sur-Loing, Barbizon e Fontainebleau.
Em 1918, de Paris, envia obras ao Salão Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro e, recebe Medalha de Prata.
Em 17 de Março de 1918, há bombardeios sobre Paris e, o artista decide voltar ao Brasil. Enquanto aguarda abertura de fronteira, pinta os Pireneus Orientais.
Ao voltar para a America do Sul, desembarca em Montevidéu e acaba chegando a Pelotas em Novembro.
No ano de 1920, muda-se para o Rio de Janeiro, monta atelier para pintar marinhas, paisagens e figuras.
Em 1922, ano da efervescente Exposição Internacional em comemoração dos 100 anos da Independência, recebeu, do Salão Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro a cobiçadíssima Medalha de Ouro.
Em 1923, aos 36, anos realiza sua segunda exposição em Pelotas, e uma exposição em Porto Alegre. Ainda em 1923, no salão Nacional de Belas Artes, destaca-se com a obra:“O Antigo forte do Leme”, quadro publicado em cromo na revista “Iluminação Brasileira”.
No ano de 1925 junto com o amigo Osório Belém, frequenta o Curso Livre de Modelo Vivo da Sociedade Brasileira de Belas Artes.
Em 1927, regressa à Europa e fixa-se em Portugal.
Em 1928, participa da Exposição Íbero Americana de Sevilha.
Em 1929, em Lisboa participa do importante Salão Silva Porto, e viaja para a França onde pinta na Bretanha e expõe na Galeria Mona Lisa.
No final do ano de 1930, volta ao Brasil, carregado de obras que pintou em Portugal e na França. E em 1931, participa do Salão Revolucionário, nome que fica conhecida a 38ª Exposição Geral de Belas Artes, realizada na direção de Lucio Costa da Escola Nacional, quando o Salão, pela primeira vez, contou com modernos e modernistas.
Em 1933 O Governo do Rio Grande do Sul, adquire a obra: “Almofada Amarela” para a Biblioteca Pública de Porto Alegre.
Nos idos de 1935 Expõe no Centenário Farroupilha em Pelotas e Porto Alegre.
Em 1939 no Salão Paulista recebe a Grande Medalha de Prata.
Participa do Grande Prêmio do Primeiro Salão de Belas Artes de Porto Alegre, promovido pelo Instituto de Belas Artes, fundado por Libindo Ferrás, para comemorar o Cinquentenário da República.
Em 1940, Expõe Pavilhão Brasileiro da Exposição do Mundo Português.
Em 1949, Gotuzzo torna-se patrono da Escola de Belas Artes de Pelotas.
Em 1950 participou da Exposição “Um Século de Pintura Brasileira: 1850-1950” no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, que posteriormente circulou os estados de Pernambuco, Paraíba e Bahia.
Em 1955, aconteceu o Salão de Arte Leopoldo Gotuzzo, uma homenagem em vida.
Radicado no Rio de Janeiro pintou e expôs até após os 80 anos de idade.
Faleceu aos 96 anos de idade em 1983 e, em 1986, foi inaugurado o Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo em Porto Alegre.
Bid
R$ 4.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 4.000,00 (BRL)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
Cotações
$ 800.00 (USD)
$ 720.00 (EUR)
$ 145.960,00 (ARS)
51
Gustavo Dall'Ara (Gustavo Giovanni Dall'Ara- Rovigo, Itália 1865 - Vargem Alegre RJ 1923).
Título: “Menina”
Medida: 67 x 53 cm
Técnica: Lápis e carvão s/ papel
Ano: 1906
Bid
R$ 8.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 8.000,00 (BRL)
Cotações
$ 1,600.00 (USD)
$ 1,440.00 (EUR)
$ 291.920,00 (ARS)
Cotações
$ 1,600.00 (USD)
$ 1,440.00 (EUR)
$ 291.920,00 (ARS)
52
BONADEI, ALDO (1906-1974)
Retrato de sua irmã Inês, lendo. 1926
Óleo sobre cedro
Ass. centro inferior, dat. 1926. Com cachê da Galeria Grifo.
Medidas: 26 cm./31,5 cm. de diâmetro. Com moldura: 63,5 x 63,5 cm.
Bid
R$ 7.500,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 7.500,00 (BRL)
Cotações
$ 1,500.00 (USD)
$ 1,350.00 (EUR)
$ 273.675,00 (ARS)
Cotações
$ 1,500.00 (USD)
$ 1,350.00 (EUR)
$ 273.675,00 (ARS)
53

Antônio Bandeira Título: Sem Título Medida: 16 x 10 cm Edição Mario de La Parra Técnica: Aquarela sobre papel Ano: 1951

Bid
R$ 2.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 2.000,00 (BRL)
Cotações
$ 400.00 (USD)
$ 360.00 (EUR)
$ 72.980,00 (ARS)
Cotações
$ 400.00 (USD)
$ 360.00 (EUR)
$ 72.980,00 (ARS)
54

Antonio Bandeira Figura Aquarela s/ papel ass. inf. direito Carimbo das obras adquiridas no Leilão do espólio do artista em 69, autenticado MAM - RJ Leilão TNT 09 de Dezembro de 2014.


Medidas: 27 x 21 cm. Com moldura: 55 x 49 cm.

Bid
R$ 17.000,00 (BRL)
be the first to bid
Valor do lote
R$ 17.000,00 (BRL)
Cotações
$ 3,400.00 (USD)
$ 3,060.00 (EUR)
$ 620.330,00 (ARS)
Cotações
$ 3,400.00 (USD)
$ 3,060.00 (EUR)
$ 620.330,00 (ARS)
institutes
support
Contact
Horário de Atendimento: das 12:30h às 17:30h, das 19:00h às 22:00h e em plantão durante os leilões.
Phone iArremate: (35) 99935-4693
E-mail: sac@iarremate.com
Where are we
R. Heitor Modesto, 28 - Estação
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
© iArremate - Portal de Arte (2013-2023) - powered by PPSW
All rights reserved. No part of this web page may be reproduced in any way or by any means without the prior written consent of iarremate.com.
The unauthorized use or copying of any content of this site, including user accounts or products offered will result in permanent account cancellation.