Quero me cadastrar
Se você ainda não está cadastrado, clique aqui para continuar.
Galeria Paiva Frade
Leiloeiro: Alexandre Paiva Frade
CARNAVAL 4 NOITES-presencial e on-line.
02, 03, 04 e 05 de Março de 2019 às 21:30hs
Descrição
IMPORTANTE: Esse leilão será apregoado em três parceladas, pagamentos por modalidade VENDA DIGITADA NO CARTÃO. Para desconto no depósito À VISTA, entre em contato: (35) 3332 4150. No caso de arrematação os valores deverão ser quitados,em até 72 horas, após recebimento do E-MAIL DE COBRANÇA. O não cumprimento do prazo previsto, Leiloeiro dará por desfeita a venda e, por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrará sua comissão e a dos organizadores. DÚVIDAS POR FAVOR CONTATE: (35) 3332- 4150
Ordenar
Exibir
1
ARMANDO VIANNA(Rio de Janeiro, 1897 —1991)
24x14 cm. Aquarela.
Rodas, 1946
BIOGRAFIA: Fez seus estudos na Escola Nacional de Belas Artes, onde teve como professores Rodolfo Amoedo e Rodolfo Chambelland, e no Liceu de Artes e Ofícios sob orientação dos professores Eurico Alves e Stefano Cavalaro.
Realizou obras a óleo e aquarela, praticando uma pintura tradicional e realista, calcado no desenho e no colorido fiel. Paisagens, nus, flores e pintura religiosa constituem a parte preponderante de sua produção. Realizou decorações no Palácio do Catete e no Palácio da Guerra, e nas igrejas de São Jorge e de Nossa Senhora do Rosário, no Rio de Janeiro.
Pintor eclético, no decorrer de sua longa carreira acabou por evoluir do academicismo ao impressionismo, com algumas incursões pelo modernismo cubista.
Amigo de Sílvio Pinto e José Pancetti, professor de um sem número de artistas hoje consagrados, faleceu aos 94 anos ainda trabalhando.
Um livro da Editora Pinakotheke foi publicado contendo dados referentes à sua vida e obra.
FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Armando_Viana
Lançar
3x 200,00
seja o primeiro a lançar
3x 200,00
2
Seis flutes para champagne em demi-cristal moldado, acrescida defilamento espiral em fio verde. Importado. 190 ml. Altura:23 cm.
1 lance
Lançar
3x 40,00
1 lance
3x 40,00
3
BRUNO GIORGI-
70x50 cm.
Gravura. Assinada e limitada 16/100.
Lançar
3x 50,00
seja o primeiro a lançar
3x 50,00
4
Antigo conjunto para toilette em cristal europeu, lapidação manual chanfrada e canelada. Tampos arredondados em metal prateado. Consta de porta-escovas, dois perfumeiros e dois potes para cremes. Marcas não constam. Alturas: 18, 11 e 5 cm.
Lançar
3x 150,00
seja o primeiro a lançar
3x 150,00
5
Estatueta figurando menina e cãozinho saltitante em porcelana estilo Lladró. Delicada policromia azul claro. Importado. Medidas: 16x7 cm.
6
OSWALDO TEIXEIRA (Rio de Janeiro RJ 1905 - idem 1974).
Retrato do colega Orózio Belém.
24x14 cm.
desenho original.
BIOGRAFIA: Oswaldo Teixeira do Amaral (Rio de Janeiro RJ 1905 - idem 1974). Pintor, professor, crítico e historiador de arte. Estuda no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro com Argemiro Cunha e Eurico Moreira Alves e na Escola Nacional de Belas Artes - Enba com Rodolfo Chambelland e Baptista da Costa. Em 1924, com a tela Pescador Brasileiro, recebe o prêmio de viagem ao exterior, concedido pela 31ª Exposição Geral de Belas Artes, viaja no ano seguinte para a Europa, e conhece Portugal, Espanha, França e Itália. Leciona desenho na Enba e no Instituto Nacional de Educação entre 1932 e 1937. Neste ano, assume o cargo de diretor do Museu Nacional de Belas Artes - MNBA no Rio de Janeiro, onde permanece até 1961. Publica o livro Getúlio Vargas e a Arte no Brasil em 1940 e escreve o prefácio do livro História da Pintura no Brasil de Reis Júnior em 1944. Seu trabalho é exposto em importantes mostras do MNBA, como Exposição de Pintura Religiosa, em 1943, Um Século de Pintura Brasileira, em 1952, e O Trabalho na Arte, em 1958.Ganha uma retrospectiva na Galeria Grupo B, no Rio de Janeiro, em 1973, organizada pelo crítico Roberto Pontual. Até o final da vida, exerce a atividade de professor de pintura e desenho em várias instituições, inclusive no Instituto de Belas Artes.
FONTE:http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa706/oswaldo-teixeira
Lançar
3x 200,00
seja o primeiro a lançar
3x 200,00
7
MANUFATURA REAL DE VIENA - Ânfora porcelana austríaca. Magistral pintura na assinada F. KOLLER, figurando Apolo e Afrodite. Fundo azul real, ornatos em pintura a ouro com alto relevo, alças simétricas. Século XIX, marca reproduzida no handbook de marcas e patentes J.P.Cushion, página 9. Consta pequeno restauro na base. Medidas: 49 X 27 X 27 cm.
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
8
Antigo oratório erudito, estilo Neoclássico. Brasil, século XIX. Madeira nobre maciça, recortada, entalhada e dourada. Medidas: 46 x 30 x 19,5 cm.
1 lance
Lançar
3x 900,00
1 lance
3x 900,00
9
Seis taças para vinho em Demi-cristal moulée, pé de balaustre. bojo canelado e orla laureada. Importado. 280 ML. Altura:22 cm.
10
Karel Bohacek (Czech, 1886-1928)
MEDIDAS: 24 x 29 cm.
TÉCNICA: Óleo sobre cartão
TEMÁTICA: Vilarejo nevado.
MOLDURA: sob medida, madeira laqueada e folha ouro.
Lançar
3x 500,00
seja o primeiro a lançar
3x 500,00
11
Adolf Rheinert (Düsseldorf, 1879 – 1956)
“O pintor do Baixo Reno”
TEMÁTICA: Naufrágio
MEDIDAS: 24 x 30 cm.
TÉCNICA: O.S.M.
MOLDURA: de época.

Rheinert, Adolf nasceu em 1879 e faleceu em 1956 na cidade de Düsseldorf. Pintor de paisagens foi aluno de Eugen Kampf, pintou principalmente paisagens litorâneas, e muitas vezes vilas holandesas repletas de figuras de marinheiros e mulheres esperando o retorno dos pescadores.
Lançar
3x 700,00
seja o primeiro a lançar
3x 700,00
12
BACCARAT- FRANCE- Modelo: PICCADILLY- (1960-1991)-(6) Taças para licor, lapidação "Diamond". Marca da Cristallerie ao fundo. Altura:8 cm.
13
ORÓZIO BELÉM(Sabará, 1903 — Rio de Janeiro, 14 de setembro de 1985)
24X14 cm.
Desenho original.
"Preto Velho", 1949.
BIOGRAFIA:Matriculou-se como aluno livre na Escola Nacional de Belas Artes, em 1922, e aí teve como mestres Batista da Costa, Rodolfo Amoedo e Rodolfo Chambelland. Entre seus colegas, estavam alunos que, tempos depois, viriam a destacar-se no cenário artístico brasileiro, tais como Cândido Portinari, Oswaldo Teixeira, Lula Cardoso Aires, Manuel Santiago e Orlando Teruz
Foi professor do Instituto de Belas Artes do Rio de Janeiro e teve um sem número de alunos particulares em seu ateliê.
Obra:
A tela de sua autoria intitulada Cidade maravilhosa pertence ao acervo do Museu Nacional de Belas Artes.
O tema mais freqüente de sua obra é a paisagem, mas destacou-se, também, como retratista de tipos populares, especialmente de negros velhos e outras figuras humildes do povo.
Individuais:
A principal exposição individual deu-se em 1983, por ocasião da comemoração de seus oitenta anos, na Galeria Maria Augusta, no Rio de Janeiro.
Principais coletivas:
Salão Nacional de Belas Artes - em 1923; em 1924, com Menção Honrosa; em 1925, com Medalha de Bronze; em 1942, com Medalha de Prata; em 1945, com Prêmio de Viagem ao Estrangeiro; em 1953, com Prêmio de Viagem ao País; e em 1968.
Salão Paulista de Belas Artes - em 1939, com Medalha de Prata.
Por ocasião de sua viagem à Europa, em decorrêcia do prêmio obtido no Salão Nacional, expos com êxito, na Espanha e em Portugal.
FONTE:https://pt.wikipedia.org/wiki/Orózio_Belém
Lançar
3x 200,00
seja o primeiro a lançar
3x 200,00
14
BENIGNO
Med: 50 x 61 o.s.t.
"Mont St. Michel-França", 2014.
15
Suporte para travessa em silverplated, orla vazada, pés no formato de conchas e alças. Eberle, década de 1970. Consta vidro refratário: 46x24 cm.
16
Gonzales, Enrique Atalaya
MEDIDAS: 15 x 5 cm.
TÉCNICA: O.S.M.
TEMÁTICA: O Encontro
MOLDURA: sob medida, madeira laqueada e folha ouro.
_____Enrique Atalaya González, nasceu em uma casa na freguesia de Santo André, 02 de maio de 1851, e morreu em Paris, em 26 de junho de 1913. Começou sua formação em Murcia, logo transferindo-se para Madri, onde foi aluno de Germán Hernández Amores. Em 1876 participou da "Exposição Nacional de Belas Artes". Em 1900 adquiriu nacionalidade francesa, facilitada por seu destaque na "Exposição Universal de Paris" do mesmo ano, passando a viver na capital francesa ate sua morte.
A importante obra, de sua autoria, "Enamorados en una reja", figura o Museu do Prado.
Figura na Enciclopedia do Museu do Prado, e no raro livro "Pintores españoles em Paris (1850-1900)"
El Diario de Murcia, de 14 de Agosto de 1889, informou que foi um dos pintores espanhóis presentes na Exposição Universal em Paris, onde foi premiado com uma Menção Honrosa.
Também será El Diario de Murcia que o 21 de setembro de 1899, dedicou um extenso comentário para lembrar o nome de Enrique Atalaya tinha acabado de receber do governo francês "a mais alta distinção, o famoso pintor de aquarela foi nomeado Cavaleiro da Legião de Honra.
Em 2003, ao completar 90 anos de seu falecimento, Enrique Atalaya recebe uma exposição postura realizada no Palácio de Almudí, intitulada: "Do Costumismo para Pós-impressionismo". Na apresentação Martín Páez Burruezo cita no catálogo da exposição: "é, talvez, o mais interessante e, merece reconhecimento da qualidade artística e justa homenagem a um artista que fez sua carreira em Paris (...)"
Assinatura reproduzida no livro SIGNATURES AND MONOGRAMS, 1800-1990-JOHN CASTAGNO na página 22.
Lançar
3x 600,00
seja o primeiro a lançar
3x 600,00
17
HÉLIOS SEELINGER( Rio de Janeiro, 1878- 1965)
21x14 cm.
Desenho original, 1946.
"Tristezas não pagam dívidas...Vamos, Carnaval taí, calor 40 graus a sombra."

BIOGRAFIA- Helios Aristides Seelinger (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,m 1878 - idem 1965). Pintor, desenhista, caricaturista. Forma-se na Escola Nacional de Belas Artes (Enba) entre 1891 e 1896, e freqüenta também o ateliê dos irmãos Henrique Bernardelli (1858-1936) e Rodolfo Bernardelli (1852-1931). Aconselhado por Henrique, parte para a Alemanha em 1897, onde permanece até 1900. Freqüenta a Academia Azbe e a Academia de Munique e é aluno do pintor Franz von Stuck (1863 - 1928). Retorna ao Brasil em 1901 e no ano seguinte realiza uma exposição individual na redação da revista O Malho, com boa parte da produção realizada em Munique. A partir de 1902, participa das Exposições Gerais de Belas Artes, e é premiado diversas vezes. Em 1903, conquista o prêmio de viagem ao exterior com o quadro Boêmia, no qual retrata intelectuais do meio carioca, como Gonzaga Duque (1863-1911), Fiúza Guimarães, Luis Edmundo (1878 - 1961), João do Rio (1881 - 1921) e Rodolfo Chambelland (1879-1967). Na segunda viagem à Europa, orientado novamente por Bernardelli, fixa-se em Paris, onde realiza estudos de aperfeiçoamento com Jean-Paul Laurens (1838 - 1921). Após o fim de sua pensão, retorna algumas vezes à Europa para estadas em Paris e em outras capitais até às vésperas da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), quando se estabelece definitivamente no Rio de Janeiro. Por volta de 1907, trabalha como assistente do pintor Eliseu Visconti (1866-1944) em Paris. Em 1911, realiza pinturas decorativas para o Clube Naval, no Rio de Janeiro. Faz freqüentes viagens a São Paulo e Porto Alegre, para expor ou comercializar suas obras. Atua como ilustrador e caricaturista em publicações como O Malho, Leitura para Todos, Careta, Fon Fon, entre outras. É por vários anos funcionário do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), no Rio de Janeiro, que em 1943 organiza exposição retrospectiva do artista, em comemoração de seu quinqüenário artístico.
FONTE:http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21462/helios-seelinger
Lançar
3x 200,00
seja o primeiro a lançar
3x 200,00
18
Geo Fürst (German, 1888-1964)
MEDIDA: 8 x 10 cm.
TÉCNICA: O.S.M.
TEMÁTICA: Carroça
MOLDURA: de época.
BIOGRAFIA: Geo Fürst (cujo nome era, na verdade, Johann). Nascido em 1888, Fürst, chegou a Malta, muito provavelmente, aos 20 anos. Algum tempo antes do início da Primeira Guerra Mundial, ele foi contratado como secretário do cônsul alemão. Fürst viria a se tornar um pintor bastante experiente e, em 1922, já estava vendendo seus quadros de forma constante, em Munique. Ao retornar a Malta, Fürst passa a pintar algumas marinhas, navios e cenas do cotidiano.
Armado com uma "câmera Agfa standard", se torna fotógrafo tirando milhares de fotos das quais publicou três livros com temas das vistas de Malta, As publicações se tornaram best sellers. A edição de 1934 vendeu 15.000 exemplares, e a seguinte 20 mil.
Em função da fotografia, pintou pouco, o que torna sua obra rara.
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
19
Royal Dux Bohemia ( 1853-1900 )
Despojador para toillete figurando menina com bola em faiança Tcheca.
Pintura em sfumatto tons verde-terrosos.
Med: 40 x 40 x 20 cm.
http://www.collectorscircle.com/bohemian/porcelain/marks_table2.html
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
20
BACCARAT- FRANCE- Modelo: PICCADILLY- (1960-1991)-(6) Taças para vinho do Porto ou Brandy, lapidação "Diamond". Marca da Cristallerie ao fundo. Altura:11,5 cm.
21
Seis taças para vinho branco em cristal italiano, pés em cores sortidas. 250 ml. Altura: 20 cm..
22
Antiga poncheira em cristal da BOHEMIA, República Tcheca. Completa: (12) canecos e concha. Lapidação manual: ramos, correntes, frisos e estrelado ao fundo. Década de 1940. Consta de dois delicados bicados no interior da boca. Medidas:34x24x24 cm.
Lançar
3x 400,00
seja o primeiro a lançar
3x 400,00
23
AURÉLIO D'ALINCOURT (Rio de Janeiro RJ 1919 - idem 1990)
24x14 cm.
Desenho original.
"Ao amigo Odilon", 1946.
BIOGRAFIA: foi um pintor, ilustrador e professor brasileiro.Inicia a carreira em 1942, tendo como orientadores Oswaldo Teixeira e Carlos Chambelland. Viaja para a França (Paris) em 1952, matriculando-se na Académie de la Grande Chaumière. De volta ao Rio de Janeiro começa a colaborar como ilustrador para a revista O Cruzeiro, entre os anos de 1957 e 1960. Naquele mesmo período, d’Alicourt se torna professor de pintura no Instituto de Belas Artes.
Em 1991, foi publicada a obra "Aurélio d'Alincourt", da autoria de Jorge Longuiño, sobre o artista e a sua obra.
Em 2016, algumas das suas telas foram escolhidas para integrar a exposição "Quinze Versões do Modernismo", em Recife, enquanto pintor representativo do movimento modernista no Brasil.
FONTE:https://pt.wikipedia.org/wiki/Aurélio_d%27Alincourt
1 lance
Lançar
3x 100,00
1 lance
3x 100,00
24
Antigo Buffet DEMI-LUNE em madeira de lei, tampo em grosso mármore verde. Duas gavetas e duas portas no frontão, com prateleira interna. Duas portas nas laterais com prateleira interna. Espelho em cristal bisotado com sinais de idade. Medidas: 168x156x61 cm.
Lançar
3x 1.200,00
seja o primeiro a lançar
3x 1.200,00
25
Simone Ribeiro ( São Lourenço, 1971 )
29x42 cm. Original em aquarela
Fonte Vichy - São Lourenço, MG
Lançar
3x 150,00
seja o primeiro a lançar
3x 150,00
26
Seis flutes para champagne em demi-cristal moldado, acrescida defilamento espiral em ton azul. Importado. 190 ml. Altura:23 cm.
Lançar
3x 40,00
seja o primeiro a lançar
3x 40,00
27
BUREAU-BOOKCASE estilo Inglês REGENCY, madeira maciça e folhado de rádica nas reservas, frisos em metal dourado. Duas bandas de porta inferiores. Gabinete com tampo reclinável, tendo no seu interior quatro gavetinhas e uma portinha. Parte superior com duas bandas de portas com envidraçadas, sobre par de gavetas. Apresenta no ápice pequeno espelho incrustado na madeira. Guarnições em bronze. Medidas: 230x95x48cm.
Lançar
3x 1.200,00
seja o primeiro a lançar
3x 1.200,00
28
ARMANDO VIANNA(Rio de Janeiro, 1897 —1991)
24x14 cm. desenho original.
Figura feminina, 1946
BIOGRAFIA: Fez seus estudos na Escola Nacional de Belas Artes, onde teve como professores Rodolfo Amoedo e Rodolfo Chambelland, e no Liceu de Artes e Ofícios sob orientação dos professores Eurico Alves e Stefano Cavalaro.
Realizou obras a óleo e aquarela, praticando uma pintura tradicional e realista, calcado no desenho e no colorido fiel. Paisagens, nus, flores e pintura religiosa constituem a parte preponderante de sua produção. Realizou decorações no Palácio do Catete e no Palácio da Guerra, e nas igrejas de São Jorge e de Nossa Senhora do Rosário, no Rio de Janeiro.
Pintor eclético, no decorrer de sua longa carreira acabou por evoluir do academicismo ao impressionismo, com algumas incursões pelo modernismo cubista.
Amigo de Sílvio Pinto e José Pancetti, professor de um sem número de artistas hoje consagrados, faleceu aos 94 anos ainda trabalhando.
Um livro da Editora Pinakotheke foi publicado contendo dados referentes à sua vida e obra.
FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Armando_Viana

1 lance
Lançar
3x 100,00
1 lance
3x 100,00
29
BACCARAT- FRANCE- Modelo: PICCADILLY- (1960-1991)-(6) Taças para vinho branco, lapidação "Diamond". Marca da Cristallerie ao fundo. Altura:13 cm.
Lançar
3x 250,00
seja o primeiro a lançar
3x 250,00
30
ALBANO (Albano Agner de Carvalho, Curitiba PR 1899 - Niterói RJ 1992)
24X14 cm.
Desenho original, aquarelado e quadrinha, 1937.
BIOGRAFIA_Estuda desenho com Alfredo Andersen entre 1912 e 1914. Emprega-se como aprendiz na litografia na Gráfica Progresso, recebendo orientação de Schroeder. Em 1929, vai para o Rio de Janeiro e trabalha como litógrafo do Serviço Geográfico Militar, fazendo mapas e cartas gerais. Em Niterói, leciona no Colégio Metropolitano e, ao lado de seu filho Adolpho Xavier de Carvalho, cria uma escola de arte. Tem suas obras reproduzidas nas capas das revistas Shell e O Lusitano por vários anos.
FONTE:http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa22192/albano-agner-de-carvalho
Lançar
3x 150,00
seja o primeiro a lançar
3x 150,00
Contato
Telefone: (35) 99948-4697
E-mail: suporte@iarremate.com
Onde estamos
Rua dos Andradas, n.240, sl.8
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
© iArremate - Portal de Arte (2013-2018) - powered by PPSW
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta página da web pode ser reproduzida de nenhum modo, ou por qualquer meio, sem a prévia autorização por escrito de iarremate.com.
O uso ou cópia não autorizada de qualquer conteúdo deste site, incluíndo contas de usuários ou produtos oferecidos resultará no cancelamento permanente da conta.