I want to sign up
If you are not yet registered, click here to continue.
languages
log in
subscribe
Catalog
Notice
Terms of Use
Payments and Withdrawals
Gallery Sala Russia - Escritório de Arte
Next auction: - - -
Gallery contacts
Phone: 55 (11) 3073-0295 / 55 (11) 98571-8572
Email: salarussia@gmail.com
The Gallery
There are no pieces in the current auction.
The list below shows the past auctions.
Auctioned Pieces
Sort
1
NINO CAIS - Obra da série "Le Théatre" de 2011. Colagem e relevo sobre pagina de libreto antigo do Teatro Francês. 31 X 21cm. Montado em caixa de acrílico.
1
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura em papel de arroz para o romance 'Irmãos Karamazov' de Dostoiévski editado na década de 50 com tradução de Rachel de Queiroz. ME: 20,5 x 18cm, MI: 10x7cm. Montado em sanduíche de paspatur vazado medindo 27x24cm.
Axl von Leskoschek foi um pintor, gravador e professor austríaco e um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e moderno e para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
1
3NÓS3 - VI INTERVENÇÃO - Catálogo documental com fotos, desenhos, conceito, cronologia e Clipping de jornais e revistas da epóca sobre a INTERVENÇÂO VI de 1980 na Avenida Paulista e Rua da Consolação. 10 paginas medindo 21 x 21,5cm.
1
PAULO BRUSCKY - Cartaz ARTE VACINA CONTRA TÉDIO de Paulo Bruscky e Daniel Santiago. Obra produzida para a abertura da Casa da Cultura em Recife no ano de 1976 e para a 1o. Circuito Nacional de Performance FUNARTE/SP em 1986. "Vacina Contra o Tédio" também participou da exposição ARTE DE PERNAMBUCO na Embaixada do Brasil em Londres em 2015. Assinado pelos dois artistas no canto inferior direito. Dimensões: 65 x 47 cm.
2
JESÚS RAFAEL SOTO: Escultura "Miroir d Artistes" com impressão serigrafica em pexiglass e espelho. Editada por Editions Stéphane Klein and TAT Arts Fondation Pompidou, Paris 2005. Tamanho: 50,17cm x 50,17cm x 5,08cm. Tiragem: 39/99. Obra apresenta uma pequena fratura em uma das quinas.Verificar na imagem extra.
2
NINO CAIS - Obra da série "Le Théatre" de 2011. Raspagem sobre capa de libreto antigo do Teatro Francês. 31 X 21cm. Montado em caixa de acrílico
2
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura em papel de arroz para o romance 'Irmãos Karamazov' de Dostoiévski editado na década de 50 com tradução de Rachel de Queiroz. ME: 18 x 20,5cm, MI: 7x10cm. Montado em sanduiche de paspatur vazado medindo 25x27cm.
Axl von Leskoschek (1889-1976) foi um pintor, gravador e professor austríaco e um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e moderno e para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
2
RAFAEL FRANÇA - Cartaz com diagrama da obra TELEVISION SETS. Dimensões: 32,5 x 21,5. 1980.
Um dos integrantes do grupo 3NÓS3, junto com Hudinilson Jr e Mario Ramiro, Rafael França desenvolveu obras utilizando circuitos internos e uma série de televisores interligados que reproduz uma figura geométrica. Esses televisores recebiam, por circuito fechado, a imagem de um elemento geométrico que ocupava quase a totalidade da tela de cada um deles. Segundo o artista, a ideia estava muito ligada à ideia de escultura, ou seja, de como usar o televisor como objeto escultórico, como uma grande lâmpada. Rafael França foi um precursor das experiências que aproximam arte e tecnologia no Brasil e um dos primeiros a apontar caminhos para a organização de idéias plásticas e acústicas, dentro de projetos de vídeo instalações.
2
WALDEMAR CORDEIRO - "Derivadas de uma imagem" - "Transformação em grau 1", realizada juntamente com o físico Giorgio Moscati é considerada uma das primeiras obras de arte geradas por computador feitas no Brasil (1968) e esta impressão em offset de 1969 é assinada a lápis por ambos. Tamanho: 61 x 44,5cm. Ed. 29/300.

Protagonista das nossas vanguardas, Waldemar Cordeiro foi um dos principais teóricos e praticantes de arte concreta brasileira. Em 1968 foi um dos primeiros dos nossos artistas a usar um computador - um IBM 360/44 do Departamento de Física da USP - para criar imagens.
Obra presente em museus nacionais, como o Mac de Sao Paulo e Victoria and Albert em Londres.
3
SÉRGIO CAMARGO - Relevo-protótipo - "Convite". Escultura em madeira monocromada sobre placa de Eucatex. Tamanho: 25x25cm. Ano: 1972. Executado para a exposição de Sérgio Camargo na antiga galeria Collectio, em São Paulo. Esta obra está montada em chassis de madeira pintada de branco totalizando 2cm de profundidade - vide fotos extras. Ex-coleção Mônica Filgueiras. Com etiqueta da galeria. O projeto gráfico do catálogo da exposição foi de Willys de Castro e apenas 750 exemplares foram acompanhados deste protótipo de madeira para colecionadores da época. Segue junto à obra o material gráfico e de suporte da época com descrição e data - vide fotos extras.
3
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura em papel de arroz para o romance 'Irmãos Karamazov' de Dostoiévski editado na década de 50 com tradução de Rachel de Queiroz. ME: 18 x 20,5cm, MI: 10x6,5cm. Montado em sanduíche de paspatur vazado medindo 27x24,5cm.
Axl von Leskoschek foi um pintor, gravador e professor austríaco e um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e moderno e para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
3
HUDINILSON JR - "QUAL A SEQUENCIA" da série "Posição Amorosa". Tamanho aberto: 35 x 21,5 cm - fechado: 17,5 x 21,5 cm. Ano: 1981. Xerox com carimbos e data. Com forte ligação com a Arte Postal, esta obra interativa pedia uma resposta por escrito da "sequência" da imagem e que a fosse enviada para o artista. Muito provavelmente para uma subsequente compilação das reposta que resultaria em outras obras a partir desta interferência do observador.
3
PAULO BRUSCKY - Arte Postal. 1977. Obra consta de duas lâminas com carimbo, furos contornados com hidrocor. Edição de 200, este o exemplar 82. Dimensões: 23 x 18cm. Assinado e numerado com canto inf. direito.
3
WALDEMAR CORDEIRO - "Derivadas de uma imagem" - "Transformação em grau Zero", realizada juntamente com o físico Giorgio Moscati é considerada uma das primeiras obras de arte geradas por computador feitas no Brasil (1968) e esta impressão em offset de 1969 é assinada a lápis por ambos. Tamanho: 61 x 44,5cm. Ed. 26/300.

Protagonista das nossas vanguardas, Waldemar Cordeiro foi um dos principais teóricos e praticantes de arte concreta brasileira. Em 1968 foi um dos primeiros dos nossos artistas a usar um computador - um IBM 360/44 do Departamento de Física da USP - para criar imagens.
Obra presente em museus nacionais, como o Mac de Sao Paulo e Victoria and Albert em Londres.
4
ANNA BELLA GEIGER - Gravura em metal. 56 x 38cm. "Ponto Central". Tiragem: 12/60. Ano: 1971. Com moldura e paspatur: 75 x 60cm. Ass. e datado a lápis pela artista no canto infeiror direito. ACID.
4
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura rara em papel e arroz para o romance 'Os Demônios' de Dostoiévski com tradução de Rachel de Queiroz. Edição de 1962. ME com moldura: 33 x 27cm, MI: 16 x 10cm. Moldura de madeira com paspatur.
Axl von Leskoschekfoi um pintor, gravador e professor austríaco, um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e modernos da literatura brasileira e portuguesa e para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
4
3NÓS3 - Folder com votos de Ano Novo. Dimensão aberto: 35 x 21,5cm - fechado: 11 x 21,5cm. Ano: 1980. Com carimbo do em ambos os lados.
4
3NÓS3 - Envelope com carimbo contento arquivo documental em 15 reproduções xerográficas, 17,5 x 12,5, de 1979 da primeira intervenção do grupo, formado por HUDINILSON Jr. (1957-2013), MÁRIO RAMIRO (1957) e RAFAEL FRANÇA (1957-1991). Intitulada ENSACANENTO, 68 estátuas públicas da cidade têm as cabeças ensacadas durante a madrugada, como O Monumento às Bandeiras do escultor ítalo-brasileiro Victor Brecheret. No dia seguinte, os artistas se revezaram em ligações para a imprensa e simulavam vizinhos indignados com a intervenção de vândalos e questionam os jornais sobre as ações. A intervenção do grupo fazia alusão à prática comum durante os interrogatórios, em que as cabeças de presos políticos eram cobertas com sacos, induzindo ao sufocamento, e garantindo o anonimato dos envolvidos.
5
ANNA BELLA GEIGER-Gravura em metal da série Viscerais: "Fígado e outros órgãos". Ano: 1968. P.A. Tamanho: 80x60cm. Com moldura e paspatur: 83 x 66cm. Ass. e datado a lápis pela artista no canto infeiror direito. ACID.
5
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura rara em papel e arroz para o romance 'Os Irmãos Karamázov' de Dostoiévski com tradução de Rachel de Queiroz. Editado na década de 50. ME com moldura: 32,5 x 26,5cm, MI: 15,5 x 9,5cm. Moldura de madeira com paspatur.
Axl von Leskoschek foi um pintor, gravador e professor austríaco, um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e modernos da literatura brasileira e portuguesa e para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
5
HUDINILSON JR - Xerox Action da série "Exercício de me ver". Tamanho: 20 x 33 cm. Com carimbo no verso "XEROX ACTION - Exercício de me ver - Hudinilson Jr. São Paulo - SP"
A série documentava o artista reproduzindo seu corpo nu em máquina xerox, performance realizada na exposição Arte Xerox, em 1984, na Pinacoteca do Estado de São Paulo. A histórica mostra teve curadoria do próprio Hudinilson com o argentino Leon Ferrari.
5
"3NÓS3 - Envelope com carimbo contendo arquivo documental em 12 laminas xerográficas, 25 x 19cm, da intervenção "CONECÇÃO" 13/05/1981 pelo grupo 3NÓS3 que era formado por Hudinilson Jr, Mario Ramiro & Rafael França. A instalação consistiu na instalação de vinte metros de um filme plástico vermelho, com quatro metros de largura, saindo do cone de ventilação dos túneis das Av. Rebouças com a Av. Dr. Arnaldo e que se entendia até a calçada na Av. Rebouças na cidade de São Paulo. As imagens foram registradas por: Alex Flemming, Bia Caldana e Myrian Peixoto."
6
WILLYS DE CASTRO- Serigrafia em formato especial 50 x 50cm de 1975 com tiragem limitada e rara de 8, sendo este o exemplar 8/8. Assinada, datada e especificada "Formato Especial" a lápis pelo próprio artista. A edição maior foi fechada para a antiga ArteGlobal no formato 70x50cm mas com uma tiragem comercial de 100 exemplares.
6
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura rara em papel e arroz para o romance 'Os Demônios' de Dostoiévski com tradução de Rachel de Queiroz. Edição de 1962. ME com moldura: 33 x 26,5cm, MI: 16 x 10cm. Moldura de madeira com paspatur.
Axl von Leskoschek foi um pintor, gravador e professor austríaco, um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e modernos da literatura brasileira e portuguesa, como para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
6
HUDINILSON JR - Xerox Action da série "Exercício de me ver". Tamanho: 21,5 x 35,5 cm. Neste exemplar, original, o artista imprimiu através de mimeógrafo o seguinte texto no verso: "ATENÇÃOATENÇÃOATENÇÃO......permitida toda e qualquer publicação/divulgação desta imagem, podendo-se reduzi-la, ampliá-la inverte-la.....desde que, quando publicada, seja me enviada pelo menos uma cópia - publique e responda - ATENÇÃOATENÇÃOATENÇÃO........"

Esta série documentava o artista reproduzindo seu corpo nu em máquina xerox, performance realizada na exposição Arte Xerox, em 1984, na Pinacoteca do Estado de São Paulo. A histórica mostra teve curadoria do próprio Hudinilson com o argentino Leon Ferrari. Algumas eram escolhidas dentro desta leitura, também, de Arte Postal.
7
VIK MUNIZ - “Principia”, 1997/2002, objeto. Composto por aparelho de madeira e couro com visor estereoscópico e 8 fotografias P&B. Tamanho: 27,6 x 18,1 x 32,3cm. Tiragem: 94/100. Assinado atrás de uma das fotografias. Acompanha um folheto explicativo da obra editado pelo MAM-SP
7
AXL LESKOSCHEK (1889-1976) - Xilogravura rara em papel e arroz para o romance 'O Adolescente' de Dostoiévski com tradução de Lêdo Ivo. Edição de 1962. ME com moldura: 29,5 x 28cm, MI: 11 x 10cm. Moldura de madeira com paspatur.
Axl von Leskoschek foi um pintor, gravador e professor austríaco, um dos maiores nomes da xilogravura austríaca e europeia. Diante da ameaça do nazismo, mudou-se para o Brasil em 1940, após curto período na Suíça. Aqui permaneceu por oito anos e influenciou a linguagem da gravura no mercado editorial local, no qual executou ilustrações para clássicos e modernos da literatura brasileira e portuguesa, como para as edições brasileiras de romances de Dostoiévski, num total de mais de duzentas xilogravuras. Considerado o pai da moderna gravura brasileira, ensinou e influenciou grandes nomes da nossa arte; como Oswaldo Goeldi, Ivan Serpa, Fayga Ostrower, Renina Katz, Edith Behring dentre muitos outros.
7
HUDINILSON JR - "FALO" da série "Posição Amorosa". Tamanho: 33 x 21,5 cm. Ano: 1981. Xerox com carimbos e data.
7
ROSÂNGELA RENNÓ - Edição de artista do livro-objeto Menos valia [leilão], numerado e assinado 248/300. Acompanha um cd com o áudio do leilão, que complementa a proposta da obra. Obra completa, porém já aberta. Este livro-objeto histórico representa o registro completo (visual e áudio) da mostra em 2010 quando Rosângela Rennó apresentou Menos valia [leilão] na 29ª Bienal Arte de São Paulo. A instalação reunia 73 objetos comprados em mercados de pulgas em diversos países e um anúncio de que todos os itens seriam leiloados ao fim do evento. O livro conclui a obra ao apresentar outros elementos que são parte da proposta de Rennó, como as fotos do leilão, da sala após a venda e as histórias dos objetos de cada lote. Menos valia [leilão] aborda questões como a memória afetiva e atribuição de valor, além de provocar reflexões sobre o mercado de arte.
7
IANELLI, Arcangelo- Pastel s/papel. 1976. 32 x 23 cm. Com moldura. Ass. inf. dir. Com certiificado de Katia Ianelli.
Contact
Phone: (35) 99948-4697
E-mail: suporte@iarremate.com
Where are we
Pça Ismael de Souza, 11, sala 9H - Estação
São Lourenço - MG
CEP: 37470-000
© iArremate - Portal de Arte (2013-2020) - powered by PPSW
All rights reserved. No part of this web page may be reproduced in any way or by any means without the prior written consent of iarremate.com.
The unauthorized use or copying of any content of this site, including user accounts or products offered will result in permanent account cancellation.